Arcebispo de Brasilia será cardeal

dom-sergio
Dom Sérgio da Rocha é arcebispo de Brasília – Foto do Google

O GLOBO | Em um anúncio surpresa neste domingo, o Papa Francisco anunciou que elevará 17 prelados à função de cardeais. Dentre eles, está o brasileiro Dom Sérgio da Rocha, arcebispo de Brasília e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Além disso, 13 desta lista têm menos de 80 anos e, por isso, são elegíveis para entrar no conclave que no futuro escolherá o próximo chefe do Vaticano.

O pontífice escolheu religiosos de cinco continentes, seguindo a sua tradição de nomear cardeais dos mais distantes e periféricos cantos do mundo — oferecendo mais representatividade a África, Oceania, Ásia e América do Sul do que à Europa, que por muito tempo dominou o Colégio Cardinalício.

Leia mais sobre esse assunto em O Globo

Anúncios

Novos Santos na Igreja

(ACI).- Na próxima terça-feira, 15, o Papa Francisco presidirá o consistório para a canonização de cinco beatos entre os quais destacam a Madre Teresa de Calcutá, o menino mexicano José Sánchez del Rio e o Padre Brochero da Argentina.

5santosconsistoriomarzo2016

[Madre Teresa, Beato José Sánchez del Rio, Padre Brochero, Elizabeth Hesselblad e o Beato polonês Estanislau de Jesus Maria]

Segundo informação divulgada na manhã de hoje pela Sala de Imprensa da Santa Sé, os outros dois beatos cuja canonização será votada nesse dia são o polonês Estanislau de Jesus Maria e Mary Elizabeth Hesselblad.

 

O Consistório se realizará às 10h no Palácio Apostólico do Vaticano, logo depois da celebração da hora tercia presidida pelo Santo Padre.

Neste dia, será definida a data da canonização destes beatos.

No dia 18 de dezembro do ano passado, o Vaticano anunciou a aprovação do milagre atribuído a Madre Teresa, a cura inexplicável de um homem brasileiro que tinha abscessos cerebrais.

O Beato mexicano José Sánchez del Rio foi um menino cristero, que morreu mártir da perseguição religiosa no México durante a segunda década do século XX.

A cura de um bebê mexicano, para quem “humanamente já não havia esperança de vida”, foi o milagre aprovado pelo Santo Padre em 21 de janeiro.

O Pe. José Gabriel do Rosário Brochero será o próximo santo Argentino. Em 2013, o Papa Francisco disse: “Deixemos que o Padre Brochero entre hoje na casa do nosso coração e nos convide a oração, ao encontro com Jesus, que nos liberta de ataduras para sair nas ruas e procurar os irmãos”.

A Beata Elizabeth Hesselblad foi uma luterana que se converteu ao catolicismo na Suécia, a quem os judeus consideram “Justa entre as Nações” – um título que poderia equiparar-se à canonização nessa religião – por ter salvado muitos perseguidos durante a Segunda Guerra Mundial.

Estanislau de Jesus e Maria (cujo nome original era Juan Papczynski) foi um sacerdote e fundador dos Clérigos Marianos da Imaculada Conceição da Bem-aventurada Virgem Maria, primeira congregação masculina polonesa. Foi beatificado no domingo, 16 de setembro de 2007, no santuário Mariano de Lichen (Polônia).

Sexta-feira inicia a novena de São Sebastião

São Sebastião rogai por nós!!

Dia 11/01, sexta-feira, começa aqui no O Anunciador a Novena em Devoção a São Sebastião. Vamos rezar juntos para que São Sebastião, homem como nós, mas que viveu o evangelho aqui na terra tornando-se santo possa nos ensinar a imitar Cristo com tamanho amor e nos guiar a santidade junto a Jesus.

São Sebastião, rogai por nós.

O que você faria hoje se o mundo fosse acabar amanhã?

Jéssica Marçal – Da Redação Canção Nova

O que você faria hoje se o mundo fosse acabar amanhã? Segundo especulações mais recentes, o mundo irá acabar daqui a aproximadamente duas semanas, no dia 21 de dezembro.

O fim do mundo é um assunto que preocupa muita gente e causa diversas reações: medo, agitação, ansiedade, indiferença. Tais comportamentos podem variar de acordo com a filosofia de vida de cada pessoa, com sua crença.

Os católicos, por exemplo, acreditam no fim dos tempos, que se refere à segunda vinda de Cristo, o que não significa que o mundo vai acabar.

“Nós acreditamos que, com a segunda vinda de Cristo, acontecerá céus novos e terra nova, onde nós viveremos com Cristo. Fim do mundo é a morte, fim deste mundo. Só que nós acreditamos que nós somos apenas peregrinos neste mundo, o nosso lugar é o céu”, comentou o padre Arlon Cristian da Costa, da Comunidade Canção Nova.

Assim sendo, o sacerdote lembrou que a Igreja não acredita que o mundo vai acabar no dia 21 de dezembro. O padre Demétrio Gomes, Diretor do Instituto Filosófico e Teológico do Seminário São José, na arquidiocese de Niterói (RJ), explicou que, a partir da Revelação, sabe-se que o mundo não é definitivo, o que significa que ele terá o seu fim. Porém, não se sabe quando isso vai acontecer.

“O próprio Filho do Homem disse que nós não sabemos nem o dia e nem a hora em que isso acontecerá. Então desde o início dos séculos sempre apareceram falsos profetas que anunciaram o fim do mundo e, como era de se esperar, todas essas previsões deram por água abaixo, continua sendo válido aquilo que o Senhor disse a seus discípulos”.

Comportamento humano diante do fim do mundo

Várias são as hipóteses levantadas para o fim do mundo, mas o que costuma ser comum é o comportamento do homem frente a essa possibilidade. Normalmente, as pessoas tendem a se preocupar com o aspecto material, querendo realizar tudo aquilo que elas não puderam fazer. O lado espiritual, por sua vez, nem sempre é contemplado.

Para o padre Adilson Ribeiro dos Santos, coordenador do grupo de psicólogos católicos da arquidiocese do Rio, as pessoas são fruto do tempo presente e hoje elas estão inseridas em um mundo consumista, que colocam desejos passageiros e que deixam as pessoas em um ritmo frenético. Dessa forma, passam a querer adquirir tudo a todo custo.

Viver uma situação dessas, segundo o padre, vai causando um esvaziamento de si mesmo, uma falta de princípio de valores e deixa o homem angustiado e ansioso. “Dentro do campo do comportamento humano, é o que resulta nesse consumismo desenfreado”.

Rompimento com os valores

Diante da hipótese da proximidade do fim do mundo, é possível o surgimento de desejos que a pessoa não alimentaria em sua vida, talvez por ir contra suas crenças e comportamentos mais enraizados.

Segundo padre Adilson, as pessoas vivem a partir de normas e, tomando como exemplo o campo religioso, elas se adequam a essas regras porque desejam viver a experiência com Deus. No entanto, o mundo também provoca desejos.

“O tempo presente também vai te provocando outras coisas que você, às vezes, deixa de fazer e, vendo que o fim do mundo está prestes a acontecer, às vezes brota também o desejo de viver essas situações que estão em desacordo com a fé”.

O padre enxerga essa questão como uma certa imaturidade, um fenômeno que ele chama de “adultossência”. Isso seria o fato de que a pessoa está em uma fase em que deveria ser madura, mas não é.

“Por você, emocionalmente e psicologicamente, ainda não estar bem assentado e desenvolvido no processo humano, você acaba regredindo e tendo comportamentos às vezes impulsivos e aí vai se deixando influenciar por aqueles que estão à sua volta”, disse.

Preparação espiritual

E se por um lado o fim do mundo desperta a vontade de satisfazer desejos humanos, mesmo os mais improváveis e surpreendentes, por outro coloca em questão o aspecto espiritual.

A partir da passagem bíblica presente em Ato dos Apóstolos (1, 4-8), o teólogo e professor Felipe Aquino comentou que a Igreja entende que Deus não quer que a gente faça especulações sobre quando Jesus vai voltar, principalmente no sentido de marcar datas.

“O que a Igreja recomenda mesmo, e inclusive nesse tempo do Advento se insiste, é que a gente esteja preparado. Assim como a gente deve estar preparado para a primeira vinda dele no Natal, a gente deve estar preparado para a sua segunda vinda”.

Padre Demétrio lembrou que tudo o que gera temor em relação ao futuro não é do espírito cristão, uma vez que o Senhor é o “Príncipe da Paz” e não quer gerar essa má ansiedade no coração de seus filhos.

“Ele quer sim que nós, esperando sua vinda gloriosa, esperando o fim desse mundo passageiro e o começo de uma nova criação, nós estejamos a todo momento preparados através de uma contínua purificação e conversão para que quando Ele venha encontre em nós a imagem de seu Filho, homens e mulheres restaurados pelo Cristo e Ele, identificando o seu Filho em cada um de nós, nos acolherá para vivermos eternamente com Ele no céu. Essa deve ser a nossa atitude”.

SSVP promove 9º Vinde e Vede em Governador Valadares

No próximo domingo, dia 26/08, Governador Valadares estará na rota dos vicetinos. A cidade sedia a 9ª edição do tradicional Vinde e Vede. Este ano o tema será:”Como é bom ser vicentino. Vamos aos pobres.” A animação da festa ficará por conta de Eros Biondini e banda Ad Gloriam.  A entrada é franca.

Dia de oração pelo Sacerdote

“Maria, humilde serva do Altíssimo,
o Filho que geraste, tornou-te serva da humanidade.
A tua vida foi serviço humilde e generoso:
Foste serva da Palavra quando o Anjo
Te anunciou o projecto divino da salvação.
Foste serva do Filho, dando-lhe a vida
e permanecendo aberta ao seu mistério.
Foste serva da Redenção,
‘estando’ corajosamente aos pés da Cruz,
ao lado do Servo e Cordeiro sofredor,
que se imolava por nosso amor.
Foste serva da Igreja no dia de Pentecostes
e com tua intercessão continuas a gerá-la em cada crente,
também nestes nossos tempos difíceis e angustiosos.
A Ti, jovem filha de Israel,
que conheceste a inquietação do coração juvenil
diante da proposta do Eterno,
olha com confiança os jovens do terceiro milénio.
Torna-os capazes de acolher o convite de teu Filho
a fazer da vida um dom total para a glória de Deus.
Fá-los compreender, que servir a Deus, sacia o coração,
e que só no serviço de Deus e do seu reino,
realizam-se segundo o divino projecto,
e a vida se transforma num hino de glória à Santíssima Trindade.
Amen.”

Papa João Paulo II