Os Reis Magos

O historiador inglês São Bedas (673-735) foi o primeiro a citar os nomes e descrever os três Reis Magos. Cada um deles representa uma raça: a branca, a amarela e a negra. O africano Baltazar, com cerca de 30 anos, o asiático Gaspar, com 15 anos, e o europeu Melchior (ou Belchior), com aproximadamente 40 anos, foram os primeiros a visitar o Menino Jesus, e lhe ofereceram presentes: mirra (resina extraída da árvore de mesmo nome), em sinal de sua humanidade; incenso, para representar a divindade do Menino Jesus; e ouro, em homenagem à sua realeza. No Brasil, as primeiras imagens dos Reis Magos chegaram de Portugal, em 1752, destinadas ao Forte dos Reis Magos, no Rio Grande do Norte.

Fonte: Portal do Padre Reginaldo Manzotti

E ainda é Natal!

Queridos irmãos e irmãs em Cristo Jesus, paz e bem!

Primeiramente gostaria de pedir desculpas por não ter postado nada no dia 24 e 25, véspera e natal de nosso Senhor Jesus Cristo. No entanto, destaco que ainda estamos no Natal. Tempo de felicidade extrema, afinal Jesus habitou entre nós.

Aproveito o ensejo, para desejar a todos vocês, assíduos leitores, UM FELIZ NATAL!

Paz e muita saúde!

Cartão de feliz natal
Feliz Natal!

 

 

Morre Dom Evaristo Arns

arcebispo-emerito-de-sao-paulo-dom-paulo-evaristo-arns-1433243255801_956x500
Dom Paulo Evaristo Arns em sua missa de Ação de Graças pelos 50 anos de ordenação episcopal | Agência Estado | Uol Notícias

GLOBO | Faleceu nesta quarta-feira (14) o cardeal Dom Paulo Evaristo Arns, Arcebispo Emérito da Arquidiocese de São Paulo. Ele estava internado no Hospital Santa Catarina em decorrência de uma broncopneumonia. Arns tinha 95 anos.

D. Paulo foi internado no dia 28 de novembro para tratar de problemas pulmonares. Com o passar do dia o estado de saúde piorou e ele teve de ir para a UTI por causa de dificuldades na função renal. Segundo o hospital, Arns morreu às 11h45 por falência múltipla dos orgãos.

O velório de D. Paulo será na Catedral da Sé, no Centro de São Paulo, e deve durar 48 horas. Ele deve ser sepultado na cripta da catedral.

O comunicado da morte de Arns foi feito em nota divulgada pela Arquidiocese de São Paulo. O arcebispo metropolitano, Dom Odilo Scherer, afirmou em nota que Arns “entregou sua vida a Deus, depois de tê-la dedicado generosamente aos irmãos neste mundo”.

“Comunico, com imenso pesar, que no dia 14 de dezembro de 2016 às 11h45, o Cardeal Paulo Evaristo Arns, Arcebispo Emérito de São Paulo, entregou sua vida a Deus, depois de tê-la dedicado generosamente aos irmãos neste mundo.

Louvemos e agradeçamos ao “Altíssimo, onipotente e bom Senhor” pelos 95 anos de vida de Dom Paulo, seus 76 anos de consagração religiosa, 71 anos de sacerdócio ministerial, 50 de episcopado e 43 anos de cardinalato.

Glorifiquemos a Deus pelos dons concedidos a Dom Paulo, e que ele soube partilhar com os irmãos. Louvemos a Deus pelo testemunho de vida franciscana de Dom Paulo e pelo seu engajamento corajoso na defesa da dignidade humana e dos direitos inalienáveis de cada pessoa.

Agradeçamos a Deus por seu exemplo de Pastor zeloso do povo de Deus e por sua atenção especial aos pequenos, pobres e aflitos. Dom Paulo, agora, se alegre no céu e obtenha o fruto da sua esperança junto de Deus!

Convido todos a elevarem preces de louvor e gratidão a Deus e de sufrágio em favor do falecido Cardeal Dom Paulo Evaristo Arns. Convido também a participarem do velório e dos ritos fúnebres, que serão realizados na Catedral Metropolitana de São Paulo”.

Santa Luzia, rogai por nós!!

Hoje, dia 13 de Dezembro, comemoramos o dia de Santa Luzia. Por isso conheçamos sua história:

Santa Luzia, como se lê nas Atas, pertencia a uma família rica de Siracusa. A mãe dela, Eutíquie, ficou viúva e havia prometido dar a filha como esposa a um jovem concidadão. Luzia, que tinha feito voto de conservar-se virgem por amor a Cristo, obteve que as núpcias fossem adiadas, também porque a mãe foi atingida por uma grave doença. Devota de santa Águeda, a mártir de Catânia, que vivera meio século antes, Luzia quis levar a mãe enferma em visita à tumba da Santa. Desta peregrinação a mulher voltou perfeitamente curada e por isso concordou com a filha dando-lhe licença para seguir a vida que havia escolhido; consentiu também que ela distribuísse aos pobres da cidade os bens do seu rico dote. O noivo rejeitado vingou-se acusando Luzia de ser cristã ao procônsul Pascásio. Ameaçada de ser exposta ao prostíbulo para que se contaminasse, Luzia deu ao procônsul uma sábia resposta: “O corpo se contamina se a alma consente.”

O procônsul quis passar das ameaças aos fatos, mas o corpo de Luzia ficou tão pesado que dezenas de homens não conseguiram carregá-lo sequer um palmo. Um golpe de espada pôs fim a uma longa série de sofrimentos, mas mesmo com a goela cortada, a jovem continuou a exortar os fiéis a antepor os deveres para com Deus àqueles para com as criaturas, até que os companheiros de fé, que faziam um círculo em volta dela, selaram o seu comovente testemunho com a palavra Amém.

Testemunham-lhe a antiga devoção, que se difundiu muito rapidamente não só no Ocidente, mas também no Oriente. O episódio da cegueira, ao qual ordinariamente chamam a atenção as imagens de Santa Luzia, está provavelmente vinculado ao nome: Luzia (Lúcia) derivada de lux (= luz), elemento indissolúvel unido não só ao sentido da vista, mas também à faculdade espiritual de captar a realidade sobrenatural. Por este motivo Dante Alighieri, na Divina Comédia, atribui a Santa Lúcia ou Luzia a função de graça iluminadora.

Santa Luzia, rogai por nós e pelos nossos. Amém.

por Marquione Ban

imagens da Internet

5 curiosidades sobre Nossa Senhora de Guadalupe

https://www.facebook.com/plugins/video.php?href=https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2Funiversitariosimaculada%2Fvideos%2F484711631738583%2F&show_text=1&width=560

https://www.facebook.com/plugins/video.php?href=https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2Funiversitariosimaculada%2Fvideos%2F484711631738583%2F&show_text=0&width=560

 

Morre bispo emérito, Dom Lelis Lara, da Diocese de Itabira/Fabriciano 

Ontem, 8, dia da Imaculada Conceição, faleceu Dom Lelis Lara, bispo emérito da Diocese de Itabira/Fabriciano. Ele morreu aos 90 anos após ser internado com pneumonia no hospital Unimed da cidade de Fabriciano. Veja a nota sobre o velório da Diocese.

——–

O velório de Dom Lelis Lara será iniciado nesta sexta-feira, 09 de dezembro, na Co-Catedral em Coronel Fabriciano.

Por convocação de Dom Marco Aurélio, Bispo Diocesano, o clero diocesano se reunirá na Co-Catedral amanhã, dia 10, às 9h, para rezar a Santa Missa de Corpo Presente e prestar as últimas homenagens.

Veja a programação do velório:

Sexta-feira

10h – Chegada do corpo na Co-Catedral
19h – Santa Missa

Sábado

9h – Missa do Clero na Co-Catedral
12h – Translado para o Colégio Angélica
15h – Oficio dos Mortos
18h – Terço
23h – Retorno para Co-Catedral

Domingo

9h – Missa das Exéquias (Co-Catedral)
11h – Translado para o Cemitério Vale da Saudade (Sonja)

 

Fonte: Departamento de Comunicação – Diocese de Itabira-Coronel Fabriciano
Foto: Pascom – Paróquia São Sebastião – Cel. Fabriciano

Hoje é dia de Nossa Senhora da Imaculada Conceição

8 de Dezembro
Mais do que memória ou festa de um dos santos de Deus, neste dia estamos solenemente comemorando a Imaculada Conceição de Nossa Senhora, a Rainha de todos os santos.
Esta verdade, reconhecida pela Igreja de Cristo, é muito antiga. Muitos padres e doutores da Igreja oriental, ao exaltarem a grandeza de Maria, Mãe de Deus, usavam expressões como: cheia de graça, lírio da inocência, mais pura que os anjos.

A Igreja ocidental, que sempre muito amou a Santíssima Virgem, tinha uma certa dificuldade para a aceitação do mistério da Imaculada Conceição. Em 1304, o Papa Bento XI reuniu na Universidade de Paris uma assembleia dos doutores mais eminentes em Teologia, para terminar as questões de escola sobre a Imaculada Conceição da Virgem. Foi o franciscano João Duns Escoto quem solucionou a dificuldade ao mostrar que era sumamente conveniente que Deus preservasse Maria do pecado original, pois a Santíssima Virgem era destinada a ser mãe do seu Filho. Isso é possível para a Onipotência de Deus, portanto, o Senhor, de fato, a preservou, antecipando-lhe os frutos da redenção de Cristo.
Rapidamente a doutrina da Imaculada Conceição de Maria, no seio de sua mãe Sant’Ana, foi introduzido no calendário romano. A própria Virgem Maria apareceu em 1830 a Santa Catarina Labouré pedindo que se cunhasse uma medalha com a oração: “Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós”. 
No dia 8 de dezembro de 1854, através da bula Ineffabilis Deus do Papa Pio IX, a Igreja oficialmente reconheceu e declarou solenemente como dogma: “Maria isenta do pecado original”.
A própria Virgem Maria, na sua aparição em Lourdes, em 1858, confirmou a definição dogmática e a fé do povo dizendo para Santa Bernadette e para todos nós: “Eu Sou a Imaculada Conceição”. 
Nossa Senhora da Imaculada Conceição, rogai por nós!

O que é realmente a ideologia de gênero e como ela age? Bispo responde

RIO DE JANEIRO| ACI – Ao constatar que a presença da ideologia de gênero está se fazendo cada vez mais forte nas escolas e universidades, nos meios de comunicação e em diversos outros locais, o Bispo auxiliar da Arquidiocese do Rio de Janeiro, Dom Antônio Augusto Dias Duarte, esclareceu o que é de fato tal ideologia, a qual classificou como ditadora e tirânica.

“Presente em todas as partes e denominando-se a si mesmo como um progresso cultural, pedagógico e jurídico, a Ideologia de Gênero não permite nenhuma outra visão diferente da sexualidade humana”, assinalou o Prelado em recente artigo publicado no site da Arquidiocese.

Dom Antônio observou como esta ideologia está presenta no cinema, com filmes que abordam a diversidade sexual; também nas escolas e universidades, que organizam “simpósios, concursos e debates sobre os direitos sexuais e os novos arranjos familiares”, além das cartilhas para ensino fundamental “tratando de gênero e de relacionamentos amorosos entre crianças do mesmo sexo”; ou mesmo nas “inúmeras atividades, organizadas por órgãos ligados ao mundo jurídico, ao segmento formativo de professores e ao espaço da mídia nacional”.

Com isso, sublinhou, “percebe-se como essa ideologia adquiriu nesse início do século XXI um caráter onipresente e onisciente”.

Para proliferar na sociedade, os ideólogos de gênero utilizam “estratégias bem planejadas e aplicadas nos três grandes campos de formação da opinião pública – educação, mídia e entretenimento”.

Com isso, “querem desconstruir a identidade do homem e da mulher, com um objetivo bem determinado: a formação de uma sociedade sem casamentos, sem família natural, sem distinção de idades, sem respeito à natureza humana, sem educação para a maturidade sexual e, finalmente, a criação de um mundo polimórfico no sexo”.

Sobre o polimorfismo sexual, que “é o alvo principal da Ideologia de Gênero”, o Bispo explicou que se trata da defesa de que “não há mais homem nem mulher desde a sua concepção, mas sim indivíduos humanos, que prescindindo de sua natureza biológica e física, têm a liberdade de escolherem a sua identidade sexual, a que quiserem, de darem a orientação sexual que viverão, de combinarem, sem restrições éticas, as formas de relacionamentos sexuais que mais lhe apetecerem”.

Nesse cenário, pontuou, o mais perigoso é a defesa de “que todas essas ‘novas formas’ de ser pessoa” devem “ser reconhecidas públicas e legalmente numa ‘sociedade evoluída’”.

Dessa forma, Dom Antônio esclareceu que o que realmente está acontecendo com a ideologia de gênero não é apenas uma revolução sexual, uma revolta contra o machismo dominador de mulheres ou libertinagem da sexualidade humana.

“A Ideologia de Gênero – explicou – pretende ser, e dá todas as provas demonstrativas dessa sua pretensão, o que todas as ideologias desconstrutivas querem ser: ditadora, tirânica, dominadora do pensamento e da liberdade humana”.

Segundo o Prelado, os ideólogos de gênero “cederam diante da tentação mais presente na história da humanidade: a tentação de serem os árbitros do bem do mal”.

“A Ideologia de Gênero não só destrói a família, não só desrespeita a dignidade do homem e da mulher, mas não dá espaço para a consciência humana julgar, com imparcialidade, o que é o bem e o mal em matéria da sexualidade humana”, ressaltou.

Diante disso, Dom Antônio Augusto apontou que “o caminho para esclarecer e imunizar as inteligências das crianças e dos jovens, da classe política e dos professores, do povo e dos formadores da opinião pública começa pelo empenho constante dos pais e das pessoas de boa vontade em favor da formação extensa e profunda no conceito de natureza do homem e da mulher, do valor da paternidade e da maternidade, da grandeza e do papel social do casamento e da família, da necessidade de uma sociedade realmente humanizada e humanizadora”.

Por fim, o Bispo indicou que a afirmação bíblica “Deus criou homem e mulher…” é “o ponto de partida para se viver, com sabedoria e liberdade, a identidade sexuada e a orientação que dela se origina, e dar a luz que esclarecerá a inteligência das pessoas, que buscam conhecer quem são e quais suas dimensões mais valiosas”.

Olhar para frente sempre.

​*#minisermao* (11/11/16)

 Diante de certas urgências vá em frente sem olhar para trás, pois a vitória depende da determinação. Lembre-se daquilo que disse Jesus: “Se alguém põe a mão no arado e olha para trás, não é digno de mim.” Claro, o agricultor que está arando a terra, se ele olhar para trás perde o rumo, perde o prumo. Em outra ocasião Jesus disse: “Lembrem-se da mulher de Lot, Deus deu uma ordem ‘Quando estiver caindo enxofre sobre a cidade de Sodoma, vão embora, mas não olhem para trás.’ E aquela mulher olhou para trás.” E diz a bíblia que ela virou uma estátua de sal. Ficamos salgados quando vivemos de memórias, quando vivemos olhando para trás, para nossas histórias e feitos já conquistados. Olhe enfrente e siga com determinação.

(Lc 17,26-37)

Pe. Joãozinho,scj.

Arcebispo de Brasilia será cardeal

dom-sergio
Dom Sérgio da Rocha é arcebispo de Brasília – Foto do Google

O GLOBO | Em um anúncio surpresa neste domingo, o Papa Francisco anunciou que elevará 17 prelados à função de cardeais. Dentre eles, está o brasileiro Dom Sérgio da Rocha, arcebispo de Brasília e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Além disso, 13 desta lista têm menos de 80 anos e, por isso, são elegíveis para entrar no conclave que no futuro escolherá o próximo chefe do Vaticano.

O pontífice escolheu religiosos de cinco continentes, seguindo a sua tradição de nomear cardeais dos mais distantes e periféricos cantos do mundo — oferecendo mais representatividade a África, Oceania, Ásia e América do Sul do que à Europa, que por muito tempo dominou o Colégio Cardinalício.

Leia mais sobre esse assunto em O Globo

São Francisco de Assis, rogai por nós!

​Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz.

Onde houver ódio, que eu leve o amor;
Onde houver ofensa, que eu leve o perdão;
Onde houver discórdia, que eu leve a união;
Onde houver dúvida, que eu leve a fé;
Onde houver erro, que eu leve a verdade;
Onde houver desespero, que eu leve a esperança;
Onde houver tristeza, que eu leve a alegria;
Onde houver trevas, que eu leve a luz.

Ó Mestre, Fazei que eu procure mais
Consolar, que ser consolado;
compreender, que ser compreendido;
amar, que ser amado.
Pois é dando que se recebe,
é perdoando que se é perdoado,
e é morrendo que se vive para a vida eterna

Papa: cristãos se olhem no espelho antes de julgar

Esse papa é mesmo inspirado pelo Espírito Santo.

Ide e Anunciai

2016-06-20 Rádio Vaticana

Cidade do Vaticano (RV) – Antes de julgar os outros, devemos olhar no espelho para ver como somos. Foi a exortação do Papa na missa matutina na Casa Santa Marta. O Pontífice sublinhou que aquilo que distingue o juízo de Deus do nosso não é a onipotência, mas a misericórdia.

O juízo pertence somente a Deus; por isso, se não quisermos ser julgados, nós também não devemos julgar os outros. Concentrando-se na leitura do Evangelho do dia, o Papa observou que ‘todos nós queremos que no Dia do Juízo, o Senhor nos olhe com benevolência, que se esqueça das coisas feias que fizemos na vida’.

Jesus nos chama de hipócritas quando julgamos os outros

Por isso, ‘se você julga continuamente os outros – advertiu – será julgado com a mesma medida’. “O Senhor – prosseguiu – nos pede para nos olharmos no espelho”:

“Olha no espelho… mas não…

Ver o post original 413 mais palavras

Santo Antônio, rogai por nós

Neste dia, celebramos a memória do popular santo – doutor da Igreja – que nasceu em Lisboa, em 1195, e morreu nas vizinhanças da cidade de Pádua, na Itália, em 1231, por isso é conhecido como Santo Antônio de Lisboa ou de Pádua. O nome de batismo dele era Fernando de Bulhões y Taveira de Azevedo.

Reze a Trezena Aqui

Ainda jovem pertenceu à Ordem dos Cônegos Regulares, tanto que pôde estudar Filosofia e Teologia, em Coimbra, até ser ordenado sacerdote. Não encontrou dificuldade nos estudos, porque era de inteligência e memória formidáveis, acompanhadas por grande zelo apostólico e santidade. Aconteceu que em Portugal, onde estava, Antônio conheceu a família dos Franciscanos, que não só o encantou pelo testemunho dos mártires em Marrocos, como também o arrastou para a vida itinerante na santa pobreza, uma vez que também queria testemunhar Jesus com todas as forças.

Ao ir para Marrocos, Antônio ficou tão doente que teve de voltar, mas providencialmente foi ao encontro do “Pobre de Assis”, o qual lhe autorizou a ensinar aos frades as ciências que não atrapalhassem os irmãos de viverem o Santo Evangelho. Neste sentido, Santo Antônio não fez muito, pois seu maior destaque foi na vivência e pregação do Evangelho, o que era confirmado por muitos milagres, além de auxiliar no combate à Seita dos Cátaros e Albigenses, os quais isoladamente viviam uma falsa doutrina e pobreza. Santo Antônio serviu sua família franciscana através da ocupação de altos cargos de serviço na Ordem, isto até morrer com 36 anos para esta vida e entrar para a Vida Eterna.

Santo Antônio, rogai por nós!

Reze a Trezena Aqui

sto antonio jardim santo

Foto da semana

Olha essa foto. Ela marca o encontro bonito do Frei Evaristo, nomeado bispo da Prelazia do Marajó, Maranhão, Dom Azcona, que era o bispo de lá, se recuperando bem Graças a Deus.

image

Não sei quem tirou a foto, mas chegou até mim pelo whtas app. Se alguém souber o autor deixe nos comentários.

Desagravo e Consagração ao Coração de Jesus

Hoje é dia de dedicarmos ao Sagrado Coração de Jesus. Façamos o nosso ato de desagravo e consagração  a Ele:

image

Oh! Coração clementíssimo de Jesus, pelo qual prometeu o Eterno Pai que ouviria sempre nossas orações: eu me uno convosco para oferecer a vosso Eterno Pai este meu pobre e mesquinho coração, contrito e humilhado em seu divino acatamento, e desejoso de reparar completamente as ofensas, em especial as que vós recebeis continuamente na Eucaristia, e principalmente as que eu, por minha desgraça, também tenho cometido.
Quisera, Divino Coração, lavar com lágrimas e apagar com sangue de minhas veias as ingratidões com que todos temos pagado vosso terno amor.
Junto minha dor, ainda que tão leve, com aquela angústia mortal que vos fez no horto suar sangue à vista de nossos pecados.
Oferecendo meu coração, Senhor, a vosso Eterno Pai, unido com vosso amabilíssimo Coração.
Dando-lhe infinitas graças pelos grandes benefícios que nos faz continuamente, e complete com vosso amor essa nossa ingratidão e esquecimento.
Concedei-me a graça de apresentar-me sempre com grande veneração ante o acatamento de vossa divina Majestade, para ressarcir de algum modo as irreverências e ultrajes que em vossa presença me atrevi a cometer, e que de hoje em diante me ocupe com todo meu empenho em atrair com palavras e exemplos muitas almas para que vos conheçam e tenham as delícias de Vosso Coração.
Desde este momento me ofereço e dedico todo a dilatar a glória deste sacratíssimo e dulcíssimo Coração.
Vos elejo por objeto santo de todos os meus afetos e desejos, e desde agora para sempre constituo Nele minha perpétua morada, reconhecendo-lhe, adorando-lhe e amando-lhe com todas as minhas forças, o Coração de meu amabilíssimo Jesus, de meu Rei e soberano dono, Esposo de minha alma, Pastor e Mestre, verdadeiro Amigo, amoroso Pai, Guia seguro, firmíssimo Amparo e Bem-aventurança. Amém

40 anos do grupo de Jovens Judic

O Grupo de Jovens Judic é muito importante para mim. Posso dizer que toda a minha jornada dentro da igreja começou lá. Quando ainda criança, minha irmã mais velha me levava às reuniões e eu me sentia parte desse grupo. Do grupo ingressei na Pastoral da Reflexão, onde consegui firmar mais ainda minha fé. Mas, a luz de Deus fagulhou inicialmente com mais força foi no Judic – Juventude Dinâmica Cristã.

O grupo é um dos mais velhos da cidade de Ipatinga, e o mais antigo da paróquia em que participo. Foram muitas gerações tocadas pelo amor de Deus. Parabéns Judic!