Arquivo da tag: 25 anos da diocese de guanhães

Diocese de Guanhães celebra jubileu de prata

No próximo dia 1º de maio, a diocese de Guanhães (MG) celebra seu Jubileu de Prata. A programação vai ocupar todo o dia. A missa acontece na catedral São Miguel, em Guanhães. Em seguida haverá apresentação de grupos folclóricos regionais e ainda o rito de envio de dom Emanuel Messias de Oliveira, administrador diocesano de Guanhães, para sua nova missão como bispo da diocese de Caratinga (MG). Dom Emanuel esteve à frente da diocese por 13 anos.

A festividade jubilar se encerra com o show do cantor Bruno Caipira, de Ipatinga (MG).

No dia 1° de maio de 2010, numa celebração eucarística de Dedicação da Catedral, abriu-se oficialmente o Ano Jubilar da diocese de Guanhães. Desde então, foi organizada uma peregrinação com a imagem de São Miguel, padroeiro diocesano, por todas as paróquias da diocese; na mesma oportunidade, cada paróquia ficou responsável por confeccionar uma parte de uma colcha de retalhos, formando o rosto religioso e cultural do povo da região.

A diocese

Criada em 24 de maio de 1985 pela Bula Pontifícia “RECTE QUIDEM”, do papa João Paulo II, tendo seu território desmembrado da arquidiocese de Diamantina e das dioceses de Governador Valadares e Itabira-Fabriciano; a diocese de Guanhães foi instalada solenemente a 1º de maio de 1986, pelo então núncio apostólico no Brasil, dom Carlo Furno, que no mesmo dia, deu posse ao primeiro bispo de Guanhães, dom Antônio Felippe da Cunha.

A diocese de Guanhães localiza-se na região leste de Minas Gerais, pertence à Província Eclesiástica de Diamantina e ao Regional Leste 2 da CNBB (Espírito Santo e Minas Gerais). Geograficamente, limita-se com as dioceses de Governador Valadares, Itabira Coronel Fabriciano e Sete Lagoas, todas em Minas Gerais. Sua superfície é de 15.542,3 km² e tem uma população de aproximadamente 263.472 habitantes, distribuídos em 30 municípios, dos quais 27 são paróquias.