Arquivo da tag: aniello

Arquidiocese de BH celebra o início das obras da Catedral Cristo Rei

nuncio BHGraças aos gestos concretos de solidariedade e doação, um momento histórico foi vivido durante o dia 7 de abril – Domingo da Misericórdia: o início das obras de edificação da Catedral Cristo Rei. A solenidade começou com Missa campal, presidida pelo Núncio Apostólico no Brasil, dom Giovanni D’Aniello, e concelebrada pelo arcebispo dom Walmor Oliveira de Azevedo, bispos-auxiliares, além de sacerdotes da arquidiocese de Belo Horizonte. O evento estendeu-se até a tarde de domingo, com momentos de oração e atividades voltadas para as famílias, como brincadeiras para as crianças, exames de pressão arterial e salão de beleza.

Durante a Missa, dom Giovanni D’Aniello, que pela primeira vez visitou a arquidiocese de Belo Horizonte, falou com alegria dessa experiência e agradeceu a dom Walmor pela oportunidade. “Durante as visitas, testemunhei como esta Igreja oferece aos carentes a esperança de Cristo Ressuscitado”, sublinhou. O Núncio disse que vai apresentar ao Papa Francisco a força das comunidades de fé da Arquidiocese de Belo Horizonte. “Contarei que aqui tem uma comunidade forte, viva, que vai sustentar com orações o seu ministério petrino”.

Ao recordar das importantes iniciativas de inclusão social e ajuda aos mais necessitados que conheceu na Arquidiocese, dom Giovanni D’Aniello ressaltou que a Catedral Cristo Rei reunirá as diversas pastorais, os meios de comunicação e o Memorial Arquidiocesano. Lembrou que uma semana antes do Domingo da Misericórdia, os fiéis testemunham o nascimento da Igreja, por meio da Páscoa, para dizer, referindo-se à Catedral, que no dia 7 de abril de 2013 todos testemunharam o início de uma igreja, fonte de comunhão.

Inspirado pela Liturgia do Dia, o Núncio Apostólico explicou que a comunhão e a solidariedade são leis universais e ensinou que Cristo é o ponto de referência. “Em Cristo, se constrói a comunhão, sacramento que coloca o homem em comunhão com Deus e, consequentemente, com outros homens”. Dom Giovanni concluiu sua homilia manifestando o desejo que de que a Catedral Cristo Rei, brevemente, torne-se lugar para a vivência da comunhão fraterna. “Que Nossa Senhora da Piedade nos ampare”, suplicou.

Ao se despedir dos fiéis, dom Giovanni D’Aniello citou a seguinte frase de Santo Agostinho: “tarde te conheci, tarde te amei”. Em seguida, a adaptou para homenagear a capital mineira: “Belo Horizonte, tarde te conheci, tarde te amei”. Foi bastante aplaudido pelos cerca de 5 mil fiéis que acompanharam a Celebração Eucarística.

Após a celebração, o arcebispo dom Walmor Oliveira de Azevedo abençoou os operários que trabalharão nas obras da Catedral Cristo Rei e seus equipamentos. Dom Walmor afirmou que a Catedral Cristo Rei “será a casa de homens e mulheres de Deus”. Lembrou-se daqueles que ajudaram e ajudam a Arquidiocese de Belo Horizonte nesta caminhada rumo à Catedral. “São muitos nomes que estão no coração de Deus, da nossa Arquidiocese e no nosso”.

O Arcebispo sublinhou que a Catedral Cristo Rei acolherá especialmente os pobres e sofredores, “para que a Igreja continue a importante tarefa de fazer, de todos, discípulos e discípulas de Deus”. Depois, pediu a proteção de Nossa Senhora da Piedade, Padroeira de Minas Gerais, e a condução de São José, patrono das obras da Catedral, para os trabalhos de edificação.

Diversas autoridades participaram da solenidade. O governador de Minas, Antonio Anastasia, disse que a Catedral Cristo Rei será lugar de fé e esperança. Dirigindo-se ao Núncio Apostólico, pediu que leve uma saudação especial ao Papa Francisco e o convide para que visite Minas Gerais. Já o prefeito da capital, Márcio Lacerda, ressaltou a importância da Catedral Cristo Rei “para que a fé, a solidariedade e a fraternidade sejam vividas de modo ainda mais intenso”.

“Preparai o caminho”: começa contagem regressiva para a JMJ Rio 2013

Preparai01Na noite desta sexta-feira, 27 de julho, o Comitê Organizador Local (COL) da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) iniciou a contagem regressiva para o evento que receberá milhões de jovens de todo o mundo, no Rio de Janeiro, em julho de 2013. O show “Preparai o Caminho” reúne neste final de semana os grandes nomes da música católica, momentos de pregações, celebrações e testemunhos no ginásio do Maracanãnzinho, na capital carioca.

A abertura do “Preparai o Caminho” contou com a presença do Núncio Apostólico no Brasil, dom Dom Giovanni d’Aniello, e do presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, cardeal Raymundo Damasceno Assis, além do presidente do COL e arcebispo do Rio de Janeiro, dom Orani João Tempesta.Para dom Giovanni, que presidiu a missa de abertura do evento, a preparação para a JMJ tem um sentido de descoberta. “Conhecendo o Brasil como já conheço, sei que o que virá no próximo ano será muito maior”. Ele também partilhou da satisfação em estar pessoalmente em uma Jornada pela primeira vez. “Sempre acompanhei de longe. Se Deus me permitir, essa será minha primeira Jornada”.

Após a Missa, dom Orani fez a abertura da campanha de arrecadação de recursos para a JMJ, com a presença da madrinha da campanha, a atriz Myriam Rios. Com o nome de “Compartilhe a sua Fé”, a campanha vai recolher doações através de conta bancária (Bradesco: agência 0814 – Conta Corrente 80001-5). “Muita gente tem me falado que quer contribuir. A partir de hoje, contamos com a participação e colaboração daqueles que já podem ajudar a JMJ”, afirmou o arcebispo.

Para Myriam Rios, é de grande importância a doação das pessoas para que a Jornada aconteça e alertou que todos os recursos irão para a organização da estrutura da JMJ. “Estamos pedindo para fazer também uma doação financeira, dentro da possibilidade de cada um, com o objetivo de ajudar na estrutura física para que se possa ter uma acolhida bastante calorosa e organizada dos milhares de jovens de todo o mundo aqui no Rio”, explicou.

Neste sábado, o tema das reflexões do “Preparai o caminho” será o compartilhamento, convidando cada jovem para discernir e compartilhar o seu dom e o seu tempo para a JMJ acontecer. As atividades começam com a acolhida da imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida. No domingo, o tema será a acolhida, lembrando que os brasileiros acolherão de norte a sul do país os jovens do mundo inteiro.