Ainda sobre o Papa e os “coelhos católicos”…

familia_numerosaA declaração do Santo Padre, Papa Francisco, gerou polêmica. Novidade, tudo que ele diz vira polêmica. E muitas vezes nem é por causa da mídia, mas por nossa culpa mesmo.

Alguns católicos não concordam. Outros sim. E show de opiniões corre solto. Como todos dão opinião vou dar a minha. Na verdade, não é bem a minha, mas uma opinião igual a minha. Para aqueles que não concordam também vou colocar o melhor argumento contrário à ela.

OS COELHOS, OS FILHOS E A DECLARAÇÃO DO PAPA

Cristoph Schmidt, jornalista alemão, fez uma pergunta ao Papa que gerou muita polêmica. Nós postaremos o texto oficial, assim como está no site do Vaticano, e comentaremos em azul o que foi dito pelo Papa.

648706Cristoph pergunta: Santo Padre, antes de mais nada queria dizer-lhe muito obrigado por todos os momentos tão impressionantes desta semana. É a primeira vez que o acompanho e gostaria de lhe dizer mil vezes obrigado. A minha pergunta: O Santo Padre falou da multidão de crianças nas Filipinas, da sua alegria por haver assim tantas crianças. Mas, segundo as sondagens, a maioria dos filipinos pensa que o enorme crescimento da população filipina é uma das razões mais importantes para a pobreza imensa do país, já que, em média, uma mulher, nas Filipinas, dá à luz mais de três filhos na sua vida, e a posição católica relativamente à contracepção parece ser uma das poucas questões em que um grande número de pessoas nas Filipinas não está de acordo com a Igreja. Que pensa disto?

Resposta do Papa:

Creio que o número de três por família, mencionado pelo senhor, seja importante – de acordo com o que dizem os peritos – para manter a população. Três por casal. Quando se desce abaixo deste nível, acontece o outro extremo, como, por exemplo, na Itália onde ouvi dizer (não sei se é verdade) que, em 2024, não haverá dinheiro para pagar aos reformados. A diminuição da população. Por isso a palavra-chave para responder é esta expressão que usa sempre a Igreja, e eu também: «paternidade responsável». Como se consegue isto? Com o diálogo. Cada pessoa, com o seu pastor, deve procurar o modo como fazer esta paternidade responsável. Aquele exemplo, que mencionei há pouco, de uma mulher que esperava o oitavo filho e tinha sete com partos cesáreos: isto é uma irresponsabilidade. «Não! Eu confio em Deus». «Mas atenção! Deus dá-te os meios; sê responsável». Crêem alguns – desculpem a frase – que, para ser bons católicos, devem ser como coelhos. Não. Paternidade responsável. Isto é claro e por isso, na Igreja, há os movimentos matrimoniais, há os especialistas no assunto, há os pastores, e investiga-se. Eu conheço muitas e muitas soluções lícitas, que serviram de ajuda para o efeito. Mas fez bem em mo dizer. Há ainda outra coisa curiosa, que é diversa mas está relacionada com isto. Para as pessoas mais pobres, um filho é um tesouro. É verdade que aqui se deve ser prudente. Mas, para eles, um filho é um tesouro. Deus sabe como ajudá-los. Talvez alguns não sejam prudentes nisto, é verdade. Paternidade responsável. Mas é preciso também ver a generosidade daquele pai e daquela mãe que vêem em cada criança um tesouro.

Continue lendo esse texto aqui….

O texto que tem o melhor argumento contrário á minha opinião é esse:

A propósito dos católicos coelhos criticados pelo papa.

Fui abençoada com 6 filhos. Filhos que tive por 6 partos cesáreas. Meus partos cesáreas nunca foram por comodidade ou por medo da dor do parto natural. Pelo contrário. Sempre desejei dar à luz naturalmente, mas meu primeiro filho entrou em sofrimento fetal após 13 horas de trabalho de parto. Mecônio[i] e sangue fizeram com que o nascimento dele fosse uma emergência médica e a cesariana, inevitável para salvar a vida dele. Graças a Deus dei à luz num tempo onde a cirurgia cesariana foi uma opção. Apenas algumas décadas antes, estaríamos mortos, eu e meu filho. Apesar de um APGAR[ii] inicial bastante baixo, meu primogênito se recuperou e hoje é um rapaz inteligente, caseiro, bom filho.[Continue lendo aqui]

Sua opinião

E aí, como você essa nova declaração do Papa?

#ElMito: Francisco diz que católico não deve ter filhos “como coelhos”

E fica a dica!
E fica a dica!

Yahoo | A bordo do avião papal, 19 janeiro, o papa Francisco apelou nesta segunda-feira a uma “paternidade responsável”, e considerou um católico bom não deve se comportar “como coelhos”, em entrevista coletiva a bordo do avião que o levou de volta a Roma.

“Alguns acham, perdoem a expressão, que para ser bom e católico temos que ser como coelhos”, disse aos 70 jornalistas credenciados no voo papal que saiu de Manila.

Essa foi a resposta Francisco a uma pergunta sobre a controvérsia nas Filipinas sobre os problemas do controle de natalidade e o uso de contraceptivos, que a Igreja Católica não admite.

Francisco explicou que os especialistas aconselham “três por família” para manter a população.

“Quando é menos do que isso ficamos com problemas extremos, como poderia acontecer na Itália. Não sei se é verdade, mas em 2024 disseram que não haverá dinheiro para pagar os aposentados”, acrescentou.

Para evitar isso, sua resposta e a “resposta da Igreja” é a “paternidade responsável”.

Como exemplo ele contou a história de um encontro que teve há alguns meses com uma grávida de seu oitavo filho.

“Isso é uma irresponsabilidade! A resposta é a paternidade responsável e eu conheço muitas vias lícitas que ajudam”, declarou.

Sobre os filhos de famílias pobres, o papa destacou que para elas cada filho é “um tesouro a ser amado”. EFE