Comunidade “evangélica” inteira se converte ao Catolicismo

A história abaixo é um tando quanto antiga. De 2001, mas vale a pena ler e conhecer o que ex-protestantes pensam sobre a Igreja e sua origem. O texto está publicado no blog O Fiel Católico. Leia:

O ex-pastor Alex Jones levou toda a sua comunidade para Igreja Católica

Em todo o mundo, cada vez mais protestantes e “evangélicos” retornam à Igreja Católica. Conheça a história do Pastor Alex e de sua comunidade evangélica.

ACONTECEU NOS ESTADOS Unidos. A “Igreja Cristã Maranatha” ficava na Av. Oakman, Detroit.

Tudo começou quando o pastor Alex Jones, 58 anos, passou a trocar o culto pentecostal por uma espécie de réplica da Missa. No domingo, 4 de junho de 2006, durante a celebração da Unidade Cristã e da Ascensão do Senhor, os líderes da congregação decidiram (por 39 votos a favor e 19 contra) dar os passos necessários para torná-la oficialmente católica. Uma história repleta de anseios, surpresas, amor e alegria.

“Eu pensava que algum espírito tinha se apossado dele”, disse Linda Stewart, sobrinha do pastor Alex. “Pensava que, na procura pela verdade, ele tinha se perdido”. Linda considera o tio como um pai, ela que foi adotada por ele desde o falecimento do verdadeiro pai. A preocupação da moça começou quando seu tio trocou o estudo da Bíblia, que era feito sempre às quartas-feiras, pelo estudo dos primitivos Padres da Igreja.

Gradualmente a congregação foi deixando o culto evangélico e retornando à Santa Missa: ajoelhar-se, o Sinal da Cruz, o Credo de Niceia, a Celebração Eucarística: todos os 9 passos. Linda explica: “Aprendi que a Igreja Católica era a grande prostituta do Apocalipse e o Papa era o Anticristo. E Maria? De modo algum! Éramos felizes e seguíamos Jesus. Eu estava triste e pensava: ‘ele está maluco se pensa que vamos cair nessa!’”.

O começo de tudo se deu quando Jones ouviu, num programa de rádio chamado “Catholic Answers” (‘Respostas Católicas’), o debate entre o protestante David Hunt e o apologista católico Karl Keating. O católico fez a pergunta-chave:

“Em quem você acreditaria, no caso de um acidente, para saber o que aconteceu? Nos que estavam ali, como testemunhas oculares (Apóstolos), ou naquele que só apareceu depois de muitos anos (Lutero)?” O que era desde o princípio, o que ouvimos e vimos com nossos olhos, o que contemplamos e nossas mãos tocaram do Verbo da Vida. Porque a Vida se manifestou e nós a vimos; damos testemunho e anunciamos a Vida Eterna, que estava no Pai e se manifestou a nós; O que vimos e ouvimos, isso vos anunciamos, para que tenhais comunhão conosco: nossa comunhão é com o Pai e com o Filho, Jesus Cristo. Escrevemos estas coisas para que a vossa alegria seja completa.” (I João 1-4)

Keating acentuou que, para aprender a verdade sobre a Igreja Cristã, era necessário ler os Padres da Igreja Primitiva, isto é, aqueles que estiveram lá desde o começo da história. “Aquilo fazia sentido”, disse o pastor Jones: “Guardei no coração e ponderei; mas só vim a compreender tudo quando li os Padres da Igreja e conheci uma Cristandade que não tínhamos em nossa igreja”. “Percebi que o centro do culto dos primeiros cristãos não era somente a pregação e o louvor, mas a Eucaristia, como o Corpo e o Sangue de Cristo presente”, declarou ele ainda.

Continuar lendo “Comunidade “evangélica” inteira se converte ao Catolicismo”

Anúncios

Da série “Tunica de Jesus”: “pastor” lê errado a Bíblia e comete adultério com fiel. Onde chegamos?

Meu Deus! Quando vi isso no face achei que era piada e de mal gosto. Mas não. É verdade e tão verdade que repórter mostra ao “pastor” como é a leitura correta da palavra. Ah! e Deus revelou isso a ele e a ela. Tudo isso me lembrou piadas internas da igreja em cursos sobre como é importante que a leitura da Palavra seja feita por pessoas bem instruídas como é caso de quando os soldados tentam dividi a túnica de Jesus e conta a piada que alguém leu Tunica e afirmava que Cristo tinha esposa. (kkkk)

Esse é o trecho que o “pastor” leu:

O Senhor disse-me: Ama de novo a uma mulher que foi amada de seu amigo, e que foi adúltera, pois é assim que o Senhor ama os filhos de Israel, embora se voltem para outros deuses e gostem das tortas de uvas. (Oséias 3, 1)

Veja a matéria completa:

Pastor se converte à Igreja Católica depois de 20 anos no protestantismo

Pastor Adenilton Turquete se converte à Igreja Católica após 20 anos em igrejas evangélicas

COMPARTILHANDO A GRAÇA | Hoje faz exatamente 20 anos do meu batismo na Igreja Assembleia de Deus. Foi em 27 de Março de 1994, domingo, na igreja sede da Assembleia de Deus no Brás (Ministério em Madureira, hoje mais conhecida como AD Brás).

Foi um momento marcante em minha vida, eu estava vivendo uma linda experiência de conversão e aquele ato batismal era o cumprimento de uma decisão tomada poucos meses antes, quando aceitei a Jesus como meu Salvador. Sempre fui apaixonado pelo Evangelho desde criança, quando ganhei minha primeira Bíblia aos sete anos, poderia até ver isso como uma vocação sacerdotal.

Passados estes vinte anos eu vivo novamente a experiência da conversão, mas desta vez minha fé me trouxe de volta à Igreja Católica Apostólica Romana. 

No período em que estiva na Assembleia de Deus participei de grupos de mocidade, fui professor de Escola Bíblica Dominical e um cursei Teologia(Básico) pela EETAD, curso que deixei pela metade para viver o meu sonho de trabalhar em uma emissora de rádio.

Por um período de sete anos eu apresentei um programa chamado “Jovens Para Cristo” que era patrocinado pelos membros da igreja. Neste período eu trabalhei como funcionário desta emissora até o seu fechamento pela Anatel em 2002. Após o fechamento da emissora de rádio, passei por um período de depressão e me afastei da igreja.

Meses depois eu, por conta própria, decidi procurar uma igreja diferente para frequentar, um misto de vergonha e orgulho me impediu de retornar à minha antiga congregação. Deste tempo, até aqui, fui membro de três igrejas diferentes, passei por altos e baixos na minha fé. Apesar de sucessivas decepções, aconteceu a maior dádiva da minha vida, conheci a moça que hoje é minha esposa e mãe de meu filho. Deus me abençoou com uma família maravilhosa.

Nestes últimos anos desenvolvi diversas atividades ministeriais, especialmente voltadas para a evangelização de jovens, também ministrei cursos para formação de lideres e obreiros. Até que cheguei ao pastorado, fui pastor auxiliar pelo período de um ano e pastor titular por outro período de um ano em uma congregação que inaugurei junto ao ministério do qual fazia parte.

Pouco depois do nascimento de nosso filho, por motivos alheios à minha vontade, renunciei à direção da igreja que pastoreava e meses depois entendi que deveria abrir mão do ministério pastoral. Era dia 12 de Outubro de 2012 eu preguei o meu último sermão na igreja sede da igrea que congregava e sabia que não retornaria mais a um púlpito na condição de pastor.

Tudo que eu sempre almejei e alcancei, deixei pra trás, somente restou em meu coração a ardente paixão pelo Evangelho e minha vida consagrada a Cristo. Ao longo desta experiência muita dor, angústia e lágrimas derramadas.

Talvez, nesse ponto, você esteja se perguntando o motivo de atitudes tão drásticas, tão radicais. Tais motivos, claro existem, mas decidi não falar sobre tais assuntos no momento.

Continuar lendo “Pastor se converte à Igreja Católica depois de 20 anos no protestantismo”

Pastor se converte após ouvir mensagem do Papa Francisco

Ulf Ekman, pastor convertido ao catolicismo após ouvir mensagem do Papa
Ulf Ekman, pastor convertido ao catolicismo após ouvir mensagem do Papa

Esta semana, o Papa Francisco completou seu primeiro ano de pontificado. Como tem sido constante em seu mandato papal, ele “mitou” novamente.  Recentemente ele enviou um vídeo cordial aos líderes protestantes pentecostais que participavam de um encontro no estado do Texas (EUA).  Devido ao vídeo, um dos maiores líderes protestantes da Suécia se converteu ao catolicismo. O pastor, ou melhor, ex-pastor,  Ulf Ekman anunciou sua conversão diante mais de 3 mil fiéis.

“Nos demos conta de que nossos preceitos protestantes, em muitos casos, não têm nenhum fundamento”, afirma o pastor (Fonte: ACI).

Veja o vídeo

Veja o vídeo a partir do 7:06 até 20:32

A mensagem do vídeo

No vídeo, nitidamente gravado de improviso por pedido de alguém mais próximo e atenciosamente atendido pelo Papa, Francisco fala que devemos seguir a “gramática de Cristo”. “Amar a Deus sobre tudo e aos irmãos”. A mensagem não incluí, como muitos maldosos por aí estão dizendo, a aprovação do papa à doutrina protestante.

Devido essa mensagem o pastor sueco se converteu, mas o processo de conversão já havia começado antes. Há 10 anos ele vinha estudando o catecismo e a doutrina social da Igreja. O vídeo foi o empurrãozinho que faltava.

O novo católico

Ekman, que é um dos líderes cristãos mais influentes da Suécia, afirmou em entrevista que a unidade dos cristãos “tem consequências práticas”, e que não é suficiente que católicos e protestantes tenham um bom relacionamento. “É preciso que todos se reúnam em uma só Igreja!” Ao ser questionado se não era suficiente que amemos uns aos outros ele respondeu:

“Isso é o mesmo que dizem as pessoas que vivem juntas e não se casam! Mas Jesus não tem 20 mil esposas [aqui ele se refere às milhares de seitas protestantes], e sim uma relação interna e externa específica com uma Esposa”, disse, referindo-se à Igreja Católica.

“A Igreja é o Corpo de Cristo, uma entidade estruturada. É concreta, não é uma nuvem de gás. O Corpo é visível. O modelo é Jesus, que teve um Corpo visível durante 30 anos. Além do mais, como era no princípio? (…) Havia somente uma Igreja!”, enfatizou Ekman.

E concluiu:

“Nós precisamos do que Jesus colocou na Igreja Católica. Eu preciso dos sacramentos, eu preciso do Magistério, preciso do Papa, preciso da tradição que gerenciam. Eu preciso da Igreja para minha própria salvação”.

Pastor espanca e desfigura ex-mulher após fim de casamento em Cabo Frio

Mulher após agressão do ex-marido (Foto: Reprodução Inter TV)
Mulher após agressão do ex-marido
(Foto: Reprodução Inter TV)

Globo.comUm pastor evangélico foi preso e autuado por tentativa de homicídio depois de espancar a ex-mulher em Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio, na tarde de segunda-feira (11). A agressão aconteceu no bairro Jacaré e teria ocorrido depois de uma discussão. Jorge Quaresma, de 41 anos, agrediu Roseane Carvalho, de 26 anos, por não aceitar o término do relacionamento. Ela chegou a desmaiar, mas o agressor só foi contido depois que pessoas que estavam no local interromperam a ação e chamaram a polícia.

Jorge Quaresma e a ex-mulher, que trabalha como doméstica, foram casados durante dez anos e estavam separados há cerca de cinco meses. De acordo com a família da vítima, o homem nunca tinha tido ações agressivas com a mulher. O casal tem duas filhas, uma de 5 e outra de 8 anos. As meninas estavam no local do crime e viram a mãe sendo agredida pelo pai. Continue lendo….

Pastor Marcos Pereira é condenado a 15 anos por ter estuprado fiéis

POR RAFAEL SOARES | EXTRA | Preso desde o dia 8 de maio, em Bangu 2, no Complexo de Gericinó, na Zona Oeste do Rio, o pastor Marcos Pereira foi condenado a 15 anos de prisão no processo movido por seis fiéis que o acusam de estupro. A condenação partiu da 2ª Vara Criminal da Comarca de São João de Meriti, do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro.

Foto: Roberto Moreyra / Extra
Foto: Roberto Moreyra / Extra

Os crimes

Uma das vítimas contou que foi estuprada dos 14 aos 22 anos, e outras três disseram que também foram atacadas quando ainda eram menores de idade. As orgias aconteciam, segundo Márcio Mendonça, tanto na igreja quanto no apartamento do pastor, na Avenida Atlântica, em Copacabana, Zona Sul do Rio. Segundo os autos, o crime aconteceu no final de 2006. O imóvel custa R$ 8 milhões. Além de ser acusado por abuso sexual, o líder da igreja Assembleia de Deus dos Últimos dias, também é citado em um suposto envolvimento com tráfico de drogas, associação para o tráfico e lavagem de dinheiro.

Na época em que o pastor Marcos foi preso, o delegado Márcio Mendonça, titular da Delegacia de Combate às Drogas (Dcod) descreveu a dinâmica dos estupros: o pastor permanecia no gabinete dele e ligava para as vítimas, pedindo que elas tivessem um momento a sós com ele. Após fechar as portas, o pastor tentava convencer as vítimas a fazer sexo com ele. Quando elas reagiam, ele usava a força. Uma das seis vítimas afirmou que foi estuprada após o pastor ligar pedindo que ela levasse um café em sua sala. As vítimas eram fiéis da igreja, que iam até a Assembleia de Deus dos Últimos Dias, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, fazer um trabalho voluntário.

No dia 22 de maio, o EXTRA publicou escutas “picantes” do pastor com suas fiéis. Em uma das quatro conversas a que o EXTRA teve acesso com exclusividade, o pastor, antes de se despedir de uma fiel que falava com ele do seu celular de seu carro, avisa: “Tô com saudade do seu rabo”. Marcos foi preso no último dia 8 acusado de dois estupros de fiéis. A polícia ainda investiga se o pastor estuprou outras 20 mulheres que moravam na igreja.

Leia mais: http://extra.globo.com/casos-de-policia/pastor-marcos-pereira-condenado-por-estupro-9934380.html#ixzz2ei9UwWSV

Pastora luterana participou de conferência na ONU

A pastora luterana Cecília Castillo Nanjarí, da paróquia do ABCD (IECLB), participou, entre os dias 22 de fevereiro e 4 de março da 55ª Comissão sobre o Status da Mulher. O evento, realizado nas Nações Unidas, em Nova Iorque, reuniu líderes políticos, representantes da sociedade civil e organizações não governamentais do mundo inteiro para discutir temas como equidade de gênero, empoderamento das mulheres e assuntos relacionados.

Os debates foram focados no acesso e participação das mulheres e meninas à educação, treinamento, ciência e tecnologia, incluindo a promoção e acesso equitativo de mulheres ao pleno emprego e trabalho decente. Cecília, que é coordenadora continental da Pastoral de mulheres e Justiça de Gênero do Conselho Latino Americano de Igrejas (CLAI), foi uma das três representantes de igrejas da América Latina.

Fonte CONIC