Arquivo da tag: Praça São

Ativista do Femen simula aborto e urina em frente ao altar de igreja em Paris

As palavras “344 cadelas” se referem às mulheres que assinaram pedido para descriminalizar o aborto
As palavras “344 cadelas” se referem às mulheres que assinaram pedido para descriminalizar o aborto

Uma ativista feminista do Femen simulou na última sexta-feira (20) um aborto em frente ao altar da Igreja La Madeleine, em Paris. Depois da simulação ela urinou no altar. Algumas pessoas relatam que no dia 21 também houve uma ação similar na Praça São Pedro.

A ativista, com os seios expostos, foi até o altar na manhã da última sexta-feira (20) no momento que cerca de dez integrantes de um coral ensaiavam para as missas em preparação ao natal. De acordo com o padre, a jovem depositou um pedaço de fígado de boi representando um feto antes de urinar nas escadas do altar.

A ativista, diga-se consagrada ao demônio deixou a igreja sem pronunciar uma única palavra.

344 cadelas

Segundo o fotógrafo da AFP, as palavras “344 cadelas” estavam escritas em sua barriga, em referência ao manifesto das 343 mulheres que assinaram na França um pedido pela descriminalização do aborto e pela legalização da interrupção voluntária da gravidez em abril de 1971. Em suas costas estava escrito “Christmas is aborted” (O Natal está abortado).

Caso de polícia

Uma investigação policial foi iniciada depois que o padre apresentou uma queixa contra a ativista.

Praça São Pedro

Na quinta-feira, uma ucraniana do Femen tirou sua camisa na Praça São Pedro, no Vaticano, para protestar contra a condenação do aborto pela Igreja Católica.

“Christmas is canceled, Jesus is aborted” (“O Natal está cancelado, Jesus foi abortado”, teria gritado ele várias vezes, com os seios à mostra exibindo a mesma frase pintada com letras coloridas.

com informações de Bíblia Católica

Igreja celebra memória litúrgica de João Paulo II, futuro santo

João Paulo II faleceu aos 84 anos e foi beatificado seis anos após sua morte
João Paulo II faleceu aos 84 anos e foi beatificado seis anos após sua morte

Nesta terça-feira, 22, a Igreja celebra a memória litúrgica do beato João Paulo II. A data coincide com o início de seu ministério petrino, em 22 de outubro de 1978. Neste ano, a celebração ganhou um tom especial, já que fiéis em todo o mundo vivem a expectativa pela canonização do beato, que será em 27 de abril de 2014.

Karol Jozef Wojtyla foi eleito Papa em 16 de outubro de 1978. Com um dos pontificados mais longo da história – quase 27 anos como Sucessor de Pedro – o Papa polaco cativou fiéis em todo o mundo com sua simpatia.

Seu pontificado foi marcado por intensas atividades. Pode-se citar a conclusão da redação do Código de Direito Canônico, reformulado com base no Concílio Vaticano II, e a redação e promulgação do Catecismo da Igreja Católica (CIC). Em termos de número, visitou 129 países, escreveu 14 encíclicas, proclamou 476 santos e 1.318 beatos.

Uma atenção especial foi dedicada por João Paulo II à juventude. Em 1984, no Encontro Internacional da Juventude com o Papa, na Praça São Pedro, ele entregou aos jovens a Cruz, que seria um dos principais símbolos da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), instituída por ele mesmo em 1985.

O Pontífice também enfrentou momentos difíceis. Em 13 de maio de 1981, foi vítima de um atentado na Praça São Pedro. O tiro que o atingiu submeteu-o a uma delicada cirurgia com extração de parte do intestino. Em julho de 1992, precisou de uma nova internação hospitalar, desta vez para retirar um pequeno tumor também no intestino. Em 1994, em consequência de uma queda, fraturou o fêmur.

Após 84 anos de vida e quase 27 à frente da Igreja católica, João Paulo II morreu em 2 de abril de 2005. Ele foi beatificado em 1º de maio de 2011 em cerimônia presidida pelo então Papa Bento XVI na Praça São Pedro.

Texto Canção Nova