Arquivo da tag: venezuela

Assaltante morre após donos de loja começaram a orar

Bandido morre quando em oração casal menciona que o Sangue de Cristo tem poder.
Bandido morre quando em oração casal menciona que o Sangue de Cristo tem poder.

Alguém duvida do poder da oração? Esse fato inusitado para muitos aconteceu na Venezuela. Cristãos protestantes, ao serem assaltados elevaram suas preces a Deus. Em consequência o bandido morreu na hora. Veja a matéria do blog do jornal O Globo:

/////////////////////////////////////

Os donos de uma loja em Valle de la Pascua (Venezuela) disseram que um dos homens que assaltava o estabelecimento comercial teve um infarto fulminante quando eles começaram a rezar.

Os proprietários, que são protestantes, recorreram à oração enquanto dois assaltantes recolhiam sapatos da loja. Um deles contou, segundo o site “Noti Pascua”, que, quando disseram “o sangue de Cristo tem poder”, um dos ladrões caiu no chão e morreu na hora. O incidente, ocorrido no dia 7/1, teria sido registrado por câmera de segurança.

A vítima do infarto foi identificada como Ronner Eduardo Muñoz Arrieta, de 24 anos. O comparsa fugiu com a arma do morto.

Legistas ainda não apresentaram o laudo com a causa da morte.

Aqui, foto do bandido morto

Governo da Venezuela modifica oração do Pai Nosso para “Chávez Nosso”

(ACI).- “Chávez nosso que estais no céu… santificado seja o vosso nome”, é parte da “oração do delegado” –versão chavista do Pai-Nosso- que foi lançada ontem pelo Governo venezuelano durante um curso com os membros do partido oficialista para pedir “a intercessão” do falecido ex-presidente.

O fato ocorreu durante o III Congresso do Partido Socialista Unido da Venezuela (PUSV) e o I curso para o desenho ideológico, realizado em um teatro de Caracas onde esteve presente o presidente Nicolás Maduro. A oração foi lida pela delegada María Estrella Uribe, representante pela região de Táchira.

A manipulação do Pai-Nosso recebeu o rechaço do vice-presidente da Conferência Episcopal Venezuelana (CEV), Dom Roberto Lückert. Em declarações à União Radio assinalou que se trata de “uma paráfrase do Pai-Nosso em uma versão tão ofensiva” que é “um abuso, uma manifestação de mediocridade e falta de criatividade para fazer uma oração”.