Novos Cardeais e uma nova ordem na cúpula da Igreja

O Papa Francisco anunciou nos primeiros dias de 2015 os nomes dos novos cardeais. O consistório será em fevereiro, dia 14. A lista tem 20 nomes, sendo 15 com idade de votar e ser votado em possível Conclave.

Com novos cardeais Francisco sinaliza mudanças leves na cúpula da Igreja
Com novos cardeais Francisco sinaliza mudanças leves na cúpula da Igreja

Com as escolhas atuais, o Papa mostra ao mundo uma reforma sutil na cúpula da Igreja. Dos 15 que podem eleger um papa apenas cinco são da Europa. Com a escolha, Francisco assinala a Igreja a importância da América Latina e Ásia com três novos cardeais e África e Oceania com dois novos cardeais.

Outros cinco arcebispos e bispos eméritos foram feitos cardeais, que conforme disse o Pontífice “se destacaram pela caridade pastoral no serviço da Santa Sé e à Igreja”.

Veja os nomes:

  1. Mons. Dominique Mamberti, Arcebispo titular de Sagona, prefeito do Supremo Tribunal da Signatura Apostólica
  2. Mons. Manuel José Macário do Nascimento Clemente, Patriarca de Lisboa (Portugal)
  3. Mons. Berhaneyesus Demerew Souraphiel, C.M., Arcebispo de Addis Abeba (Etiópia)
  4. Mons. John Atcherley Dew, Arcebispo de Wellington (Nova Zelândia)
  5. Mons. Edoardo Menichelli, Arcebispo de Ancona-Osimo (Itália)
  6. Mons. Pierre Nguyên V?n Nhon, Arcebispo de Hanóid (Vietnã)
  7. Mons. Alberto Suárez Inda, Arcebispo de Morelia (México)
  8. Mons. Charles Maung Bo, S.D.B., Arcebispo de Yangon (Myanmar)
  9. Mons. Francis Xavier Kriengsak Kovithavanij, Arcebispo de Bangkok(Tailândia)
  10. Mons. Francesco Montenegro, Arcebispo de Agrigento (Itália)
  11. Mons. Daniel Fernando Sturla Berhouet, S.D.B., Arcebispo de Montevidéu (Uruguai)
  12. Mons. Ricardo Blázquez Pérez, Arcebispo de Valladolid (Espanha)
  13. Mons. José Luis Lacunza Maestrojuán , O.A.R., Bispo de David (Panamá)
  14. Mons. Arlindo Gomes Furtado, Bispo de Santiago de Cabo Verde (Cabo Verde)
  15. Mons. Soane Patita Paini Mafi, Bispo de Tonga (Ilhas de Tonga)

Os cinco arcebispos e bispos eméritos que serão criados cardeais são:

  1. Dom José de Jesús Pimiento Rodríguez, Arcebispo emérito de Manizales (Colômbia);
  2. Dom Luigi De Magistris, Arcebispo de Nova, Pró-Penitencieiro Maior emérito (Itália);
  3. Dom Karl-Joseph Rauber, Arcebispo de Giubalziana, Núncio Apostólico; (Alemanha)
  4. Dom Luis Héctor Villalba, Arcebispo emérito de Tucumán (Argentina);
  5. Dom Júlio Duarte Langa, Bispo Emérito de Xai-Xai (Moçambique).

Um possível Conclave

O diretor da Sala de Imprensa do Vaticano, Padre Federico Lombardi, explicou à imprensa a eleição dos novos cardeais e recordou que em relação ao número de 120 eleitores para um eventual Conclave, consideraram-se “12 lugares ‘livres’ atualmente no Colégio ou nos próximos meses. O Papa passou um pouco deste número, mas se manteve muito perto dele, para que fosse respeitado substancialmente.”

Para o Pe. Lombardi, “o critério mais evidente é o da universalidade. Entre os novos cardeais eleitores estão representados 14 países diferentes, que atualmente não contavam com um cardeal e alguns nunca o tiveram. Contando com os eméritos, os países representados são 18″.

com informações de ACI Digital

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s