Habitantes de cidade remota no Nepal se salvam durante terremoto por estarem na missa

(ACI/EWTN Noticias).- A alguns dias atrás, dia 25, o Nepal era atingido por um terrível terremoto de 7,9 graus. Mais de 5 mil pessoas morreram. Em um cidade remota do país várias pessoas foram salvas por estarem na missa na hora do terremoto segundo informou o Santosh Kumar Magar, membro da Caritas.

O abalo sísmico aconteceu por volta do meio-dia e seu epicentro estava há 80 quilômetros de Katmandu, a capital do Nepal.

Santosh Kumar Magar comentou: “quando senti o terremoto saí da sala onde estava e vi duas ou três casas ao meu redor que estavam sendo destruídas. Alguns animais morreram quase ao mesmo tempo”.

“As pessoas se salvaram porque todos os habitantes desta região estavam reunidos para o programa da ordenação sacerdotal”, expressou.

O jovem assinalou ainda que aquela “foi uma experiência horrível, nunca passei por algo assim na minha vida. Foi a primeira vez que tive uma experiência tão terrível, não sei como explicá-la, eu estava enraivecido”.

Após o terremoto, Santosh voltou a Katmandu, capital do Nepal. “A maioria das casas dos povoados… algumas das casas haviam desabado, mas a maioria das casas estavam rachadas”, comentou.

“Todos os habitantes estavam saindo das casas e se reuniam no meio da estrada, gritando socorro”, recordou Santosh.

Existe cerca de 8 mil católicos no Nepal, são uma minoria dos cristãos que habitam no país. Entre uma população de quase 30 milhões de habitantes, os cristãos representam pouco mais de 1 por cento. Entretanto, a Cáritas Nepal é uma das organizações católicas que lidera os esforços por auxiliar as pessoas afetadas pelo terremoto.

Em um comunicado feito na manhã de hoje, 28, informou-se que o Papa Francisco enviará uma contribuição de 100 mil dólares à população do Nepal através do Pontifício Conselho Cor Unum no Vaticano.

“Essa doação, que será enviada à Igreja local, tem a finalidade de sustentar as obras de assistência que se desenvolvem a favor dos afetados pelo terremoto, esta doação é uma primeira e imediata expressão concreta dos sentimentos espirituais de proximidade e alento paterno do Papa às pessoas e aos territórios atingidos”, afirma a nota do Cor Unum.

Anúncios

2 comentários sobre “Habitantes de cidade remota no Nepal se salvam durante terremoto por estarem na missa

  1. Se for ver o que é 100 mil dolares para o tamanho da catastrofe do Nepal não?
    Mas, se considerarmos que lá existe 1% de católicos acho que na proporção está de bom tamanho. No mundo existem mais de 33.000 denominações de igrejas cristãos. Se cada uma enviar 100 mil dolares, está resolvido o problema de toda a população do Nepal. Fora o Budismo que lá é maioria.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s