Arquivo da tag: Campanha

Vídeo pró-aborto de “Globais” é o segundo mais reprovado no Youtube

Não postei nada sobre esse vídeo aqui no blog até agora para não dar a eles nada de “ibope”, ao menos aqui. No entanto, não precisei falar nada sobre isso. Graças a Deus nosso povo está ficando mais consciente do absurdo que querem fazer com nossas crianças.  Receberam o que merecem.

E ninguém curtiu!
E ninguém curtiu!

FIDES PRESS | O vídeo “Meu Corpo, Minhas Regras”, um promocional abortista estrelado por atores globais, atinge uma meta histórica: É o segundo vídeo mais reprovado da história do YouTube. Com incríveis 85% de reprovação, o vídeo que foi escandalosamente defendido pela grande mídia  tem um índice enorme de rejeição. A marca foi atingida em apenas 10 dias.

Neste momento o vídeo perde apenas para o clipe da cantora norte americana Rebecca Black que teve uma taxa de 88% de deslike. No entanto, o vídeo se mostra um forte concorrente a tomar a posição do clipe da Rebecca.
Se tudo continuar nesse ritmo, poderemos em breve gritar junto a Galvão Bueno: Ééééééééé do Brasil.

Campanha de Vacinação contra gripe começa dia 15 de abril

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, anunciou nesta terça-feira, 26, o lançamento da 15ª Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe, que neste ano vai ser realizada entre 15 a 26 de abril, sendo 20 o dia de mobilização nacional.

Na campanha, serão vacinados os integrantes do grupo prioritário, formado por pessoas com 60 anos ou mais, crianças de seis meses a dois anos, indígenas, gestantes, mulheres no período de até 45 dias após o parto (em puerpério), pessoas privadas de liberdade, profissionais de saúde, além dos doentes crônicos, que este ano terão o acesso ampliado a todos os postos de saúde e não apenas aos Centros de Referência de Imunobiológicos Especiais (CRIEs).

O público-alvo representa aproximadamente 39,2 milhões de pessoas. A meta do Ministério da Saúde é vacinar 31,3 milhões de brasileiros, o que equivale a 80% do público-alvo. A campanha irá contar com 65 mil postos de vacinação e envolvimento de 240 mil pessoas, com a utilização de 27 mil veículos, entre terrestres, marítimos e fluviais. A ação é uma parceria entre as três esferas gestoras do Sistema Único de Saúde (SUS) – Ministério da Saúde e secretarias estaduais e municipais de saúde.

Serão distribuídas cerca de 43 milhões de doses da vacina, que protege contra os três subtipos do vírus da gripe que mais circularam no inverno passado (A/H1N1; A/H3N2 e influenza B). Para apoiar as ações de mobilização da população e de preparação das equipes de saúde da família, o Ministério da Saúde está enviando aos estados e municípios R$ 24, 7 milhões, recursos que serão repassados do Fundo Nacional de Saúde aos fundos estaduais e municipais.

Durante a apresentação da campanha, o ministro fez um apelo para que todos os integrantes do grupo prioritário se vacinem. “É importante que estas pessoas, com doenças cardíacas, pulmonares, obesos, transplantados renais ou que tenham alguma doença crônica associada, procurem os postos de vacinação e levem a prescrição”, explicou Padilha.

O ministro ressaltou ainda que neste ano, o Ministério da Saúde decidiu incluir também as mulheres em puerpério (45 dias após o parto) porque este grupo apresenta as mesmas condições de saúde das gestantes e também pelo fato de que, na amamentação, a vacina ajuda a proteger o bebê.

Prescrição 

Os doentes crônicos precisam apresentar prescrição médica no ato da vacinação. Pacientes já cadastrados em programas de controle das doenças crônicas do SUS, deverão se dirigir aos postos em que estão cadastrados para receberem a vacina. Se na unidade de saúde onde são atendidos regularmente não existir um posto de vacinação, os pacientes devem solicitar prescrição médica na próxima consulta.

O secretário de Vigilância em Saúde, Jarbas Barbosa, lembrou que a vacina é segura é a melhor arma para impedir doenças graves, internações ou mesmo óbitos por influenza. Segundo ele, durante os 60 anos que tem sido usada no mundo, esta vacina gerou conhecimento e segurança para os grupos indicados. “É mito aquela história de que a vacina pode causar gripe. O vírus usado é inativado, portanto não há transmissão da gripe pela vacina. As vezes, a pessoa já estava como vírus em incubação, já que existem vários outros circulando com quadro parecido, como o resfriado, que não é protegido pela vacina. Ela pode ter tido contato com alguém com resfriado”, ressaltou Barbosa.

O secretário explicou que não existe ainda uma vacina capaz de eliminar a transmissão da influenza, já que o vírus é mutável e tem muitos subtipos. “A influenza não é uma doença eliminável por vacina e nenhum país do mundo conseguiu isso. Na grande maioria, os casos são leves, mas em alguns grupos vulneráveis, podem ocorrer complicações, gerando outras doenças graves, como a pneumonia bacteriana. O objetivo da campanha não é eliminar a doença, mas prevenir e reduzir os casos graves e as internações e as mortes.

Campanha

No lançamento da Campanha de vacinação contra a gripe de 2013, o Ministério da Saúde também fará uma ampla divulgação das medidas de prevenção que as pessoas devem adotar para evitar a gripe, como lavar as mãos várias vezes ao dia, evitar contato com pessoas doentes e aglomerações, se estiver com sintomas da gripe, além de proteger a tosse e o espirro com lenços descartáveis.

Também é importante lembrar que mesmo pessoas vacinadas, ao apresentarem os sintomas da gripe – especialmente se são integrantes de grupos mais vulneráveis às complicações – devem procurar, imediatamente, o médico. A medida tem como objetivo possibilitar ao médico avaliar a necessidade de prescrever os antivirais específicos para a gripe, disponíveis de forma gratuita nas unidades da rede pública.

Os médicos também receberão informações sobre a necessidade de prescrever esses antivirais em determinadas situações, de acordo com o protocolo de tratamento da influenza, produzido pelo Ministério da Saúde. A vacina é um mecanismo importante para evitar casos graves e óbitos por gripe nos grupos mais vulneráveis.

Balanço

Na campanha do ano passado, 26 milhões de pessoas foram vacinadas o que representa 86,3% da população-alvo. O índice superou a meta de 80% prevista. Estudos demonstram que a vacinação pode reduzir entre 32% a 45% o número de hospitalizações por pneumonias e de 39% a 75% a mortalidade por complicações da influenza. O objetivo da vacinação é contribuir para a redução das complicações, internações e óbitos provocados por infecções da gripe.

Dia Mundial sem Tabaco

O Dia Mundial sem Tabaco foi instituído em 1987 pela Organização das Nações Unidas e se comemora no dia 31 de maio. Segundo a ONU, pelo menos 6 milhões de pessoas morrem todo ano, em decorrência do consumo contínuo do cigarro. A ideia da data é conscientizar sobre os perigos do uso do tabaco e as estratégias das companhias para seduzir os jovens a iniciar no tabagismo. Este ano, o tema da campanha é “A Interferência da Indústria do Tabaco”. As projeções dos órgãos internacionais dão conta de que, em 2030, serão oito milhões de mortes anuais em decorrência do tabagismo.

No Brasil, cerca de 18% da população fuma, segundo dados do Ministério da Saúde. Um estudo financiado pela Aliança de Controle ao Tabagismo (ACT) mostrou que, em 2011, gastou-se R$ 21 bilhões com o tratamento de doenças relacionadas ao fumo. Este valor equivale a 30% do orçamento do Ministério da Saúde e é 3,5 vezes maior do que foi arrecado pela Receita com produtos derivados ao tabaco no mesmo período.

O estudo demonstrou também que o tabagismo é responsável por 13% das mortes no país, num total de 130 mil óbitos anuais. Foram analisados dados provenientes de 15 doenças relacionadas. As quatro mais importantes são: doenças cardíacas, a doença pulmonar obstrutiva crônica, o câncer de pulmão e o acidente vascular cerebral.

Para o cardiologista do Vita Check-Up Center, Antonio Carlos Till, a conscientização dos males do tabagismo e a iniciativa do fumante são fundamentais para a eliminação do vício.

“Esses números mostram que é importante que o fumante se conscientize e procure ajuda. Há muitas formas de se livrar da dependência do tabagismo. Cessação abrupta, gradual, enfim, vários planos podem ser seguidos. Cabe ao fumante, que está realmente disposto a parar de fumar, encontrar a sua maneira, sabendo que ele dispõe de muitos recursos para ajudá-lo”, informou Till.

Texto Jornal do Brasil

Vacinação contra a gripe começa neste sábado

Cerca de 65 mil postos de saúde em todo o país abrem neste sábado, 5, para o início da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe. O horário de funcionamento será das 8h às 17h. A dose aplicada vai proteger também contra a influenza A(H1N1) – gripe suína.

Devem procurar os locais de vacinação idosos com mais de 60 anos, crianças de 6 meses a menores de 2 anos, grávidas em qualquer período da gestação, indígenas e profissionais de saúde. A meta é imunizar 24,1 milhões de pessoas até o dia 25 de maio.

Crianças que serão vacinadas pela primeira vez deverão tomar duas doses, com intervalo de 30 dias. Aquelas que já receberam uma ou duas doses da vacina no ano passado deverão receber apenas uma este ano. Os demais grupos deverão tomar dose única.

Em 2011, de acordo com dados do Ministério da Saúde, 25,134 milhões de pessoas foram vacinadas – 84% do público-alvo. No mesmo período, foi registrada uma redução de 64% nas mortes provocados pelo vírus Influenza H1N1. Ao todo, 53 óbitos foram confirmados. Também no ano passado, houve queda de 44% nos casos graves da doença, que totalizaram 5.230.

Menino com síndrome de down comove milhares no Facebook falando a favor da vida

Uma fotografia na qual se aprecia um sorridente menino com síndrome de down sustentando um pôster com um breve “resumo” de sua vida comoveu usuários do Facebook por seu tocante testemunho.

Na foto se aprecia ao pequeno sustentando um pôster que, em inglês, diz o seguinte:

“Talvez não seja perfeito
mas sou feliz.
Sou obra das mãos de Deus
Estou feito a sua imagem
E sou abençoado
Faço parte de 10 por cento de meninos
com Síndrome de Down
que sobreviveu o Roe vs.Wade” (decisão que despenalizou o aborto nos EUA).

Desde a sentença favorável ao aborto no caso Roe vs. Wade, 90 por cento das crianças com síndrome de down perecem no ventre materno por causa desta prática anti-vida.

A fotografia faz parte de uma campanha titulada “We can end abortion” (Podemos pôr fim ao aborto) promovida pelo site pró-vida LifeSiteNews.

Para ver a publicação original viste:

http://www.facebook.com/pages/We-cão-end-abortion/165284543530775#!/photo.php?fbid=232331486826080&set=pu.165284543530775&type=1&theater 

Fonte ACI Digital

Foto: (foto We can end abortion)

CHILE: A IGREJA LANÇA A QUARESMA DA FRATERNIDADE 2012

A Igreja católica no Chile lançou a campanha Quaresma da Fraternidade 2012, orientada a apoiar os jovens em situação de vulnerabilidade social. De 22 de fevereiro a 1º de abril, a campanha promove o lema “40 dias para mudar histórias de jovens necessitados”.

A iniciativa foi apresentada em coletiva de imprensa, nesta terça-feira (21), por Dom Ricardo Ezzati, arcebispo de Santiago e presidente da Conferência Episcopal do Chile, junto com o secretário executivo da campanha, Damián Cantón. Participaram no lançamento universitários do Programa Bolsas de Apoio e Formação, concedidas pela Fundação Puente, um dos projetos beneficiados pela iniciativa.

Dom Ezzati recordou que a quaresma é uma oportunidade propícia de preparar o espírito para o grande mistério que celebraremos na semana santa, a páscoa da ressurreição. “A Igreja nos convida a viver profundamente este período de reflexão, oração e conversão, com um modo de vida austero e simples, cultivando uma especial solidariedade para com as pessoas que sofrem e passam mais necessidades”. O arcebispo acrescentou que não se trata apenas de dar o que nos sobra, mas de praticar uma “cultura do doar”, de compartilhar os nossos bens com os marginalizados, para crescermos juntos com menos desigualdade.

O presidente da conferência episcopal chilena destacou que os bispos do país quiseram priorizar o foco da pastoral e da ação social da Igreja nos jovens com menos possibilidades de melhorar suas condições de vida.

Damián Cantón observa que os intensos protestos de rua realizados recentemente pelos estudantes do Chile evidenciaram que os segmentos juvenis são os que mais sofrem as situações de pobreza e de desigualdade existentes no país. “Não podemos nos resignar à constatação desta grave dívida social. Como Igreja, queremos contribuir, com a generosidade de todos os crentes, para mudar a história de vida de tantos jovens deixados de lado. Nós vimos os frutos esperançadores que esses projetos dão, e isso nos anima a reavivar o nosso empenho nesta Quaresma da Fraternidade”.

A generosa contribuição dos fiéis à campanha possibilita que os jovens mudem de fato a sua história. “Temos quarenta dias para ajudar, através das coletas nas paróquias, capelas e colégios. Também temos uma conta corrente específica para a campanha”, explicou o secretário executivo.

A Quaresma da Fraternidade 2012 pretende arrecadar um bilhão de pesos chilenos (cerca de 3,5 milhões de reais) para apoiar projetos em todo o país.

Do montante arrecadado, 30% se destina a projetos sociais. Desde o ano 2000, a campanha já financiou 421 projetos. Cantón explica que 82 iniciativas estão sendo executadas atualmente no Chile, o que permite trabalhar conjuntamente com 2.300 jovens.

Entre os projetos que receberam o apoio da Quaresma da Fraternidade, encontra-se a Fundação Puente, organização privada sem fins lucrativos fundada em 1996 pelo sacerdote diocesano Andrés Moro Vargas, que acolhe, apoia e forma jovens estudantes em situação de vulnerabilidade social. O programa beneficia mais de 170 jovens de 18 a 30 anos, que cursam uma faculdade ou fazem um curso técnico em Santiago, a fim de se tornarem profissionais íntegros.

A diretora do organismo, Carolina Farfán, afirma que o apoio da Quaresma da Fraternidade tem ajudado a “dar um melhor acompanhamento e formação aos jovens que participam do programa”.

Para mais informações (em espanhol): www.cuaresmadefraternidade.cl.

Links links links

Amanhã, dia 26, às 8h, acontecerá a abertura da Campanha da Fraternidade 2012 na Diocese de Itabira. O evento será na cidade de Coronel Fabriciano, onde haverá missa e um abraço no hospital Siderúrgica fechado a um ano. Veja o que a mídia regional está falando sobre o assunto:

Para você que busca formação sobre a Igreja e seus dogmas que tal acessar Catequisar. São vários artigos sobre a igreja e temas atuais como a quaresma, além de uma rádio muito boa.

Também é muito interessante o site de nossa diocese Itabira/Cel. Fabriciano. Lá estão todas as notícias de eventos que acontecem na diocese e seus regionais.

Acesse também:

Ecumenismo:

Se procura diversidade nos blogs católicos o melhor é acessar a União Católica. Nele vocês encontras uma multidão de links com blogs legais sobre a Igreja e que defendem a fé.

Histórico da Campanha da Fraternidade apresenta temas e objetivos de todas as campanhas feitas até 2011

A Campanha da Fraternidade começou a ser feita em 1964 aqui no Brasil. Para que não conhece os cartazes, temas e objetivos das campanhas, montamos uma apresentação recuperando esse histórico até o ano de 2011.

Confira:

Juventude contra a violência

“Experiências juvenis de luta contra a violência”. Este foi o tema da mesa redonda realizada no segundo dia do Seminário Nacional da Campanha Contra a Violência e o Extermínio de Jovens, que acontece em Salvador (BA), desde quinta-feira, 16. Promovido pelas Pastorais da Juventude do Brasil, o evento termina neste domingo, 19.

“A Campanha dá voz àqueles que não têm voz, porque estão mortos”, destacou o assessor da Pastoral da Juventude (PJ) na arquidiocese de Mariana (MG), padre Wander Torres Costa. Ele apresentou uma reflexão sobre a questão da violência e juventude, destacando as experiências da Igreja na luta em defesa da vida. Jovens de todo o país também apresentaram as ações de combate à violência contra o jovem que vêm sendo realizadas nos diversos estado.

As Pastorais da Juventude receberam a confirmação do apoio da Adveniat à Campanha. O apoio foi manifestado pelo representante da entidade para o Brasil, Norbert Bolte, que participa do Seminário. A Adveniat é um organismo da Conferência Episcopal da Alemanha que apóia projetos pastorais em toda a América Latina,

Outro apoio importante recebido pela Campanha veio do Canal Futura, que entrevistou ontem, 17, ao vivo, no programa Conexão, o coordenador nacional da Campanha, Felipe Freitas.

Para saber mais sobre a campanha acesse:

http://www.juventudeemmarcha.org/index.php

Fonte: CNBB

Imagem: internet