Papa Francisco escolhe a fraternidade como tema para o Dia Mundial da Paz 2014

foto News.va

(ACI/EWTN Noticias).- A Sala de Imprensa da Santa Sé informou que o Papa Francisco escolheu “a fraternidade” como tema para o 47º Dia Mundial da Paz, o primeiro de seu pontificado. Com este tema reitera seu chamado a superar uma “cultura do descartável” e promover a “cultura do encontro” para avançar na construção de um mundo mais justo e pacífico.

“A fraternidade é um dom que cada homem e mulher carrega consigo enquanto ser humano, filho de um mesmo Pai. E diante de tantos dramas que afetam a família dos povos —pobreza, fome, subdesenvolvimento, conflitos bélicos, migrações, contaminação, desigualdade, injustiça, crime organizado, fundamentalismos —, a fraternidade é fundamento e caminho para a paz”, assinala a Santa Sé em uma nota.

O texto adverte que “a cultura do bem-estar leva à perda do sentido da responsabilidade e da relação fraterna. Os demais, invés de serem nossos ‘semelhantes’, convertem-se em antagonistas ou inimigos, e frequentemente são coisificados. Não é estranho que os pobres sejam considerados um ‘lastro’, um impedimento para o desenvolvimento”.

“No máximo -denunciou-, são objeto de uma ajuda assistencialista ou compassiva. Não são vistos como irmãos, chamados a compartilhar os dons da criação, os bens do progresso e da cultura, a participar da mesma mesa davida em plenitude, a ser protagonistas do desenvolvimento integral e inclusivo”.

Por isso, “a fraternidade, dom e tarefa que vem de Deus Pai, convoca-nos a sermos solidários contra a desigualdade e a pobreza que debilitam a vida social, a atender a cada pessoa, em especial os mais frágeis e indefesos, a amá-los como a nós mesmos, com o mesmo coração de Jesus Cristo”.

“Em um mundo cada vez mais interdependente, não pode faltar o bem da fraternidade, que vence a difusão dessa globalização da indiferença, a qual se referiu em repetidas ocasiões o Papa Francisco. A globalização da indiferença deve ser substituída por uma globalização da fraternidade”.

Finalmente, recorda que “a fraternidade toca todos os aspectos da vida, incluída a economia, as finanças, a sociedade civil, a política, a investigação, o desenvolvimento, as instituições públicas e culturais. O Papa Francisco, no início de seu ministério, com uma Mensagem que está em continuidade com a de seus Predecessores, propõe a todos o caminho da fraternidade, para dar um rosto mais humano ao mundo”.

O Dia Mundial da Paz foi iniciado pelo Papa Paulo VI e se celebra no primeiro dia de cada ano. A mensagem escolhida se envia às Igrejas particulares e às chancelarias de todo o mundo “para destacar o valor essencial da paz e a necessidade de trabalhar incansavelmente para obtê-la”.

Subsidio para estudar e baixar sobre a Campanha da Fraternidade 2013

O Anunciador já está se preparando para a Campanha da Fraternidade do ano que vem. No último final de semana, dias 10 e 11, eu estive reunido na cidade de João Monlevade junto a outros irmãos da Diocese de Itabira para estudarmos o tema da CF 2013. O encontro foi assessorado pelo assessor para Campanha da Fraternidade Pe. Luiz Carlos.

Como nossa missão aqui é evangelizar, criamos uma página especial para a CF 2013. Lá estão disponíveis subsídios para serem baixados e /ou estudados de forma online. O hino também pode ser baixado em mp3. Tudo gratuito, para que você se informe e se torne um multiplicar em sua comunidade, paróquia, diocese, nas redes sociais e outros.

Para acessar a página, basta passar o mouse sobre o menu Campanha da Fraternidade e depois clicar em CF 2013. Para ficar mais fácil ainda e não ter desculpas para acessar a página no clique no cartaz da campanha ao lado ou no link abaixo.

ESTUDO DA CF 2013 AQUI

Domingo de Ramos: dia da Coleta Nacional da Solidariedade

cf2012_-_cartazNo próximo domingo, dia 1º de abril, dioceses, paróquias e comunidades de todo país celebrarão o Domingo de Ramos, dia em que os cristãos de todo o mundo fazem memória a entrada de Jesus em Jerusalém. É nesta data que a Igreja realiza a Coleta Nacional da Solidariedade, gesto concreto da Campanha da Fraternidade, em que todas as doações financeiras realizadas pelos fiéis farão parte dos Fundos Nacional e Diocesano de Solidariedade.

Voltado para o apoio a projetos sociais, os fundos são compostos da seguinte maneira: 60% do total da coleta permanecem na diocese de origem e compõe o Fundo Diocesano de Solidariedade e 40% são destinados para o Fundo Nacional de Solidariedade. O resultado integral da coleta da Campanha da Fraternidade de todas as celebrações do Domingo de Ramos será encaminhado à respectiva diocese.

Em 2012, com o tema “Fraternidade e Saúde Pública”, a Campanha da Fraternidade (CF) reflete junto aos seus fiéis temas como a atual situação do Sistema Único de Saúde (SUS). De acordo com o texto base da CF 2012, dados do IBGE mostram que enquanto os mais ricos usam a maior parte de seu orçamento com saúde no pagamento de planos privados, os mais pobres têm os remédios como item de maior consumo de seus gastos com saúde.

Veja alguns gráficos da Coleta Nacional de Solidariedade no site da Cáritas Brasileira.

CF 2011: “A criação geme em dores de parto”

 

Cartaz oficial da CF 2011

A Campanha da Fraternidade deste ano será sobre o meio ambiente. O tema é “Fraternidade e a Vida no Planeta”, enquanto o lema, um pouco mais incisivo, é “A Criação Geme em Dores de Parto”.

Dom Dimas Lara Barbosa, secretário geral da CNBB, explicou que “a Campanha da Fraternidade” de 2011 reflete a questão ecológica, com foco, sobretudo, nas mudanças climáticas. “Ela se coloca em sintonia com uma cultura que está se expandindo cada vez mais, em todo o mundo, que é a de respeito pelo meio ambiente e pelo lugar em que Deus nos coloca, não só para vivermos e convivermos, mas também para fazer deste o paraíso com o qual tanto sonhamos”, diz.

A Campanha da Fraternidade terá início na Quarta-feira de Cinzas, 9 de março de 2011, desenvolvendo-se durante todo o período de Quaresma.

por Marquione Ban

imagem da Internet