Três mitos sobre a redução da maioridade penal

ORIENTE MÉDIO: 12 horas de oração pela Paz

JovenRezando_DanielIbanez_ACIPrensa(ACI/EWTN Noticias).- Numerosos grupos de jovens na Itália e em vários outros países se unirão aos jovens de Jerusalém que nesta quinta-feira, 17 de julho, dedicarão doze horas de oração contínua pela paz na Terra Santa.

A agência vaticana Fides assinala que em Roma se reunirão na Basílica de Santa Anastásia al Palatino, para realizar 12 horas de oração contínua pedindo ao Senhor o dom da paz na Terra Santa.

A vigília de oração começará às 18h com uma celebração eucarística presidida pelo reitor da Basílica, Padre Alberto Pacini, e continuará até 6h da sexta-feira, 18 de julho, com a Adoração Eucarística.

Esta vigília de oração será feita como resposta ao forte chamado do Papa Francisco que no dia 13 de julho pediu para continuar “rezando com insistência pela paz na Terra Santa, à luz dos trágicos acontecimentos dos últimos dias”.

Para promover esta iniciativa, indica Fides, os jovens convidaram as comunidades, grupos, movimentos e outras realidades a juntar-se a este momento de silêncio, de adoração e intercessão.

Carnaval com Cristo movimenta Vale do Aço mineiro

Jovens prometem grande participação nos Carnavais com Cristo este ano
Jovens prometem grande participação nos Carnavais com Cristo este ano

As paróquias da Diocese de Itabira- Cel. Fabriciano/MG estão preparadas para o Carnaval. Com o tema “Reunidos num só corpo pela força da cruz” (Ef 2, 16b), a expectativa é de adesão total dos fiéis aos eventos que acontecerão nos dias 1 e 4 de março. São muitas opções para quem procura um novo olhar sobre o carnaval e principalmente momentos marcantes de encontro com Deus.  As programações,  oferecem estilos de bandas diferentes que atenderão a todos os tipos de público, desde o axé, pagode e até rock anos 60. Tudo com a temática cristã.

Bruno Cardoso, 25, é membro do Ministério de Pregação, e estará mais uma vez participando do Anunciai, evento que acontece em Ipatinga-MG. “Participo do Anunciai há sete anos, e durante todo este período pude ver vidas sendo transformadas”, disse enfatizando que “os seminários que acontecem na parte da manhã fazem os jovens viverem o carnaval de uma forma diferente, preparando-se verdadeiramente para a Quaresma”.

A Banda Tempo Sagrado estará novamente na região e vai rodar o Vale do Aço com suas apresentações. O vocalista, compositor e fundador da Banda, Eduardo Rodrigues, informou que eles se apresentarão nos quatro dias de Carnaval. Os shows estão confirmados para as cidades de Timóteo-MG, Ipatinga-MG e  João Monlevade-MG. Fora dos limites da diocese, eles se apresentarão na cidade de Betim-MG.. “O coração se alegra pois, neste carnaval, vamos fazer o que o Senhor nos ordenou, proclamar o novo tempo e anunciar o estabelecimento de um tempo sagrado implantado por Deus através do batismo no Espírito Santo”, disse.

A coordenadora do Ministério de Música e Artes da Renovação Carismática da Diocese de Itabira-Cel. Fabriciano, Tandara Gabriel, diz que é sempre uma alegria muito grande realizar esses eventos durante o carnaval. Tandara Gabriel organiza o Alegrai-vos, na cidade de Timóteo. “Esperamos as pessoas para nos encontrarmos novamente para louvar aquele que é o motivo da nossa alegria, Jesus Cristo!”.

Em Ipatinga 

O Anunciai ao Senhor, este ano será realizado novamente no estacionamento do Ipatingão. A entrada é franca, mas quem for deve levar um quilo de alimento não perecível.

A agressão não pode ser um ato de fé, diz o Papa sobre incidente na catedral argentina

(ACI/EWTN Noticias).- O Papa Francisco recebeu seis membros do Comitê Latino-americano de Líderes Religiosos de Religiões pela Paz, e reiterou sua condenação ao antissemitismo, assinalando que “a agressão não pode ser um ato de fé”, em referência à agressão verbal de um grupo de pessoas identificadas como lefebvristas contra os judeus que em 12 de novembro foram à Catedral de Buenos Aires para comemorar mais um ano da ‘Noite dos Cristais Quebrados’.

“A prédica da intolerância é uma forma de militância que deve ser superada”, acrescentou o Pontífice. Estas palavras foram valorizadas pelo diretor executivo do Congresso Judeu Latino-americano (CJL), Claudio Epelman, que participou do encontro e destacou que “o Papa nunca deixa de nos surpreender com a sua sensibilidade e o profundo interesse que mostra pelos seus interlocutores”.

“Com este encontro, o Papa manifestou, mais uma vez, o seu firme compromisso pessoal para com a construção de pontes entre as religiões e para trabalhar junto a todos nós para assegurar a paz”, destacou.

Além do diretor executivo do CJL, também participaram o Arcebispo de Aparecida (Brasil), Cardeal Raymundo Damasceno; assim como o argentino Mohamad Hallar, da Organização Islâmica para a América Latina; o venezuelano Samuel Olson, da Aliança Evangélica Latino-americana; Felipe Adolf, presidente da Conferência Latino-americana das Igrejas Protestantes; e o peruano Elias Szczytnicki, secretário de Religiões pela Paz.

Em 12 de novembro, um grupo de pessoas identificadas como “lefebvristas” tentou impedir a cerimônia, rezando o Terço e o Pai-nosso aos gritos, com uma atitude provocadora, a comemoração pelos 75 anos do pogrom alemão conhecido como “Kristallnacht”, que deu início à perseguição e extermínio dos judeus no regime nazista.

Saiba mais sobre o incidente AQUI.

Os manifestantes, na sua maioria jovens acompanhados por dois sacerdotes e adultos, também distribuíram folhetos com a frase: “Fora adoradores de deuses falsos do templo santo”.

Logo decidiram abandonar a Catedral para permitir o início da comemoração com a presença do Arcebispo de Buenos Aires, Dom Mario Poli, o rabino Abraham Skorka e representantes de outras confissões cristãs. É preciso lembrar que quando o Papa era cardeal de Buenos Aires não incentivava essa celebração como fazia parte dela.

Opinião

No link acima a  vocês vão leram uma matéria um tanto quanto tendenciosa. Confesso que estou em favor do Santo Padre. E penso que a atitude dos jovens e dos dois sacerdotes são fundamentalista. Não levam à nada. Apenas ao ódio mutuo.

Temos de ter zelo pelo caso de Deus. Sei que muitos a usam de modo profano e para eventos profanos. Mas seria um evento pela paz profano? A presença de judeus também profanariam o templo? Diante estes questionamentos só me pergunto uma coisa, por que Cristo acolheu os samaritanos?

O fundamentalismo nos leva a morte de fé. Quando fundamentamos nossa fé na fé de Jesus Cristo veremos que não está contra ele está a seu favor também.

CNBB lança subsídio virtual do DNJ

“Jovem: levante-se, seja fermento!”. O tema do Dia Nacional da Juventude 2013 chama a juventude à missão. E é com esse horizonte que grupos de jovens de todo o Brasil estão se preparando para o DNJ. Mas até que a celebração aconteça diversas atividades serão realizadas. Para contribuir nesses momentos de celebração a Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude lançou o subsídio de preparação. Além de roteiro para três encontros, o livro traz o histórico do DNJ e uma proposta de celebração missionária.

A data é tradicionalmente celebrada pela Pastoral da Juventude no último final de semana de outubro.

Em muitas dioceses do Brasil é a Pastoral da Juventude quem organiza o evento, que hoje é partilhado também com outros movimentos juvenis da Igreja. O material completo pode ser baixado no link abaixo. Utilize no seu grupo e faça o DNJ acontecer!

CLIQUE AQUI PARA BAIXAR O CARTAZ E O SUBSÍDIO.

 

 

Autor/Fonte: Teias da Comunicação

O Papa chama os jovens a “fazer barulho” e ir contracorrente

(ACI/EWTN Noticias).- Ao completar um mês da Missa final da Jornada Mundial da Juventude celebrada no Rio de Janeiro (Brasil), o Papa Francisco desafiou os jovens a fazerem barulho e irem contra a corrente, com os valores da beleza, bondade e verdade para alcançar grandes ideais.

Assim o indicou ontem, ao receber na Basílica de São Pedro um grupo de 500 peregrinos da diocese de Piacenza-Bobbio, ao norte da Itália, que chegou a Roma com motivo do Ano da Fé.

“Por favor, andem contracorrente. Sejam corajosos, destemidos: andem contracorrente. Quando lhes disserem ‘Não homem, toma isto, toma um pouco de álcool, um pouco de droga, digam não! Caminhem contra esta civilização que está nos fazendo tanto mal. Entenderam? Ir contra a maré significa fazer barulho. Vão em frente, mas sempre com os valores da beleza, bondade e verdade”.

“Desafiem seus maiores ideais, os ideais de fazer um mundo de bondade, beleza e verdade. Vocês podem fazê-lo. Têm o poder de fazer isso. Se não o fizerem é por causa da preguiça: Coragem, avante! Façam barulho, hein? Onde há jovens deve haver barulho. Depois as coisas se equilibram, mas a ilusão de um jovem é fazer barulho sempre”, exortou o Santo Padre.

O Papa Francisco também lhes animou a converter-se em construtores do futuro: “Quando um? jovem me diz: ‘Vivemos tempos ruins Padre, e não se pode fazer nada! Como não se pode fazer nada? pode-se fazer muito! Quando um? jovem me diz: ‘Vivemos tempos ruins Padre, e não se pode fazer nada!’ Eu o mando ao psiquiatra, eh? Porque, é verdade, não se compreende um jovem, um rapaz, uma moça que não queiram fazer coisas grandes, apostar por ideais grandes, grandes para o futuro, não?”.

“Seu Bispo disse que eu fiz um grande gesto, ao vir aqui. Mas… fiz isso por egoísmo, sabem por que? Porque eu gosto de estar com vocês! E isso é egoísmo!”.

O Pontífice explicou que gosta de estar com os jovens porque “têm em seus corações a promessa de esperança. Vocês são portadores de esperança e vivem no presente, mas olhando para o futuro. Vocês são os protagonistas e artesãos do futuro”.

Também lhes animou “a serem artesãos do futuro”, e lhes recordou que em seu interior está o tesouro de desejar grandes coisas.

Em primeiro lugar, disse, o desejo da beleza: a música, o teatro, a pintura. “Em segundo lugar o ser profetas de bondade, amar a bondade e ser bons. E em terceiro, ter sede de verdade: procurar a verdade, a maior –Deus-, algo que não se possa possuir, mas encontrar”.

Por último, o Papa deu a sua bênção apostólica, e convidou a rezar à Virgem, que é a Mãe da beleza, a Mãe da bondade e a Mãe da Verdade, “para pedir-lhe a graça da coragem: porque a Virgem era corajosa. Tinha coragem, esta mulher!”, concluiu.

Papa aos jovens: Não enterrem os talentos!

(ACI/EWTN Noticias).- O Papa Francisco fez hoje uma enérgica exortação aos jovens presentes na Praça de São Pedro e com eles aos do mundo inteiro, alentando-os a não enterrar seus talentos e a sonhar sempre com grandes ideais que alargam o coração.

Refletindo na parábola dos talentos, o Santo Padre disse que hoje em dia, em meio da crise, “é importante não se fechar em si mesmo, enterrando o próprio talento, as próprias riquezas espirituais, intelectuais, materiais, tudo aquilo que o Senhor nos deu, mas abrir-se, ser solidários, ser atentos ao outro”.

“Na Praça, vi que há muitos jovens: é verdade isto? Há muitos jovens? Onde estão? A vocês, que estão no início do caminho da vida, pergunto: já pensaram nos talentos que Deus deu a vocês? Já pensaram em como podem colocá-los a serviços dos outros? Não enterrem os talentos! Apostem em grandes ideais, aqueles ideais que alargam o coração, aqueles ideais de serviço que tornam fecundos os vossos talentos”.

O Papa disse também que “a vida não é dada para que a conservemos para nós mesmos, mas nos é dada para que a doemos. Queridos jovens, tenham uma grande alma! Não tenham medo de sonhar com coisas grandes!”

Isto, acrescentou o Santo Padre, “nos diz que a espera pelo retorno do Senhor é o tempo de ação – nós estamos no tempo de ação – , o tempo no qual colher os frutos dos dons de Deus não para nós mesmos, mas para Ele, para a Igreja, para os outros, o tempo no qual procurar sempre fazer crescer o bem no mundo”.

Jovens organizam 18º Teatro da Paixão de Cristo em Ipatinga-MG

580022_586192218057908_447607884_nPastoral da Juventude de Ipatinga-MG promove a 18º edição do Teatro da Paixão de Cristo. O evento será realizado na sexta-feira santa, 29/03, às 8h. O tradicional teatro começa no Trevo do bairro Jardim Panorama, com a Caminhada da Misericórdia. A encenação ocorre em seguida, no Parque Ipanema. É esperado um público de 30 mil pessoas para esse ano.

Não diferente das edições anteriores, o Teatro é realizado por jovens. São mais de 100 jovens envolvidos desde a encenação  e a organização de bastidores da peça. Esses jovens são membros da Pastoral da Juventude das paróquias da cidade. É necessário lembrar que todo o trabalho é voluntário.

Na última edição houve uma grande surpresa para o público de 25 mil pessoas que prestigiou a encenação. Cristo andou sobre as águas, causando muita emoção. Para este ano a surpresa é guardada a “sete chaves”.

Teatro da Paixão de Cristo de 2011
Teatro da Paixão de Cristo de 2011

GASTOS

Para fazer o Teatro a equipe tem muitos gastos, desde a confecção de roupas, cenário, aluguel de som, transporte e divulgação.  Para isso os jovens estão vendendo rifas de um notebook e dois kits da Jornada Mundial da Juventude. O valor é de R$ 2,00.

As rifas podem ser compradas com lideres comunitários e jovens da cidade. Quem quiser mais informações sobre o Teatro ou até mesmo comprar as rifas como forma de ajudar pode acessar o facebook.com/teatrodapaixãodecristo e deixar um mensagem ou comentário.

Papa recorda a Alegria, o Mistério da Cruz e os Jovens em sua homilia de Domingo de Ramos

(ACI).- Em sua primeira Missa de Domingo de Ramos como Sumo Pontífice o Papa Francisco falou sobre o mistério da cruz e recordou a Jornada Mundial da Juventude, celebrada anualmente em Roma e em outras dioceses do mundo nesta data litúrgica e que a cada 3 ou 2 anos também se realiza em algum país eleito pelo próprio Santo Padre. Francisco falou também sobre a edição do evento que se realiza este ano no Brasil.

Falando inicialmente da multidão que louva Jesus em sua entrada a Jerusalém cantando “Hosana ao Filho de Davi”,  o Papa Francisco afirmou: “No início da Missa, também nós o repetimos. Agitamos os nossos ramos de palmeira e de oliveira. Também nós acolhemos Jesus; também nós expressamos a alegria de acompanhá-Lo, de senti-Lo perto de nós, presente em nós e em meio a nós, como um amigo, como um irmão, também como rei, isto é, como farol luminoso da nossa vida. Jesus é Deus, mas se abaixou para caminhar conosco”.

“É o nosso amigo, o nosso irmão. Quem nos ilumina no caminho. E assim O acolhemos. E esta é a primeira palavra que gostaria de dizer a vocês: alegria! Nunca sejam homens e mulheres tristes: um cristão não pode nunca sê-lo! Não vos deixeis invadir pelo desânimo! A nossa não é uma alegria que nasce do fato de possuirmos muitas coisas, mas de termos encontrado uma Pessoa: Jesus, que está em meio a nós; nasce do saber que com Ele nunca estamos sozinhos, mesmo nos momentos difíceis, mesmo quando o caminho da vida é confrontado com problemas e obstáculos que parecem insuperáveis, e há tantos!”, exortou o Papa.

O Papa recordou aos presentes que “Jesus não entra na Cidade Santa para receber as honras reservadas aos reis terrenos, a quem tem poder, a quem domina; entra para ser flagelado, insultado e ultrajado, como preanuncia Isaías na Primeira Leitura (cf. Is 50, 6); entra para receber uma coroa de espinhos, uma vara, um manto de púrpura, a sua realeza será objeto de escárnio; entra para subir ao Calvário carregado em uma madeira”.

“Jesus entra em Jerusalém para morrer na Cruz”, recalcou o Santo Padre.

“E é precisamente aqui que brilha o seu ser Rei segundo Deus: o seu trono real é o madeiro da Cruz! Penso naquilo que Bento XVI dizia aos Cardeais: vós sois príncipes, mas de um Rei crucificado. Aquele é o trono de Jesus. Jesus toma sobre si… Por que a Cruz? Porque Jesus toma sobre si o mal, a sujeira, o pecado do mundo, também o nosso pecado, de todos nós, e o lava, o lava com o seu sangue, com a misericórdia, com o amor de Deus”, completou.

Francisco recordou também que “há 28 anos o Domingo de Ramos é o Dia da Juventude!”

“Queridos jovens, eu os vi na procissão, quando vocês entraram; imagino-vos fazendo festa ao redor de Jesus, agitando os ramos de oliveira; imagino-vos gritando o seu nome e expressando a vossa alegria por estardes com Ele! Vós tendes uma parte importante na festa da fé! Vós nos trazeis a alegria da fé e nos dizeis que devemos viver a fé com um coração jovem, sempre: um coração jovem, mesmo aos setenta, oitenta anos! Coração jovem! Com Cristo o coração não envelhece nunca!”, disse o Papa aos milhares de jovens presentes na celebração realizada na Praça de São Pedro.

“Entretanto, todos sabemos e vós o sabeis bem, que o Rei que seguimos e que nos acompanha é muito especial: é um Rei que ama até à cruz e nos ensina a servir, a amar. E vós não tendes vergonha da sua Cruz! Antes, abraçam a Cruz, porque compreendem que é na doação de si mesmo, na doação de si mesmo, no sair de si mesmo, que se alcança a verdadeira alegria e que com o amor de Deus Ele venceu o mal. Vós levais a Cruz peregrina por todos os continentes, pelas estradas do mundo! Vocês a levaram respondendo ao convite de Jesus “Ide e fazei discípulos entre todas as nações” (cf. Mt 28, 19), que é o tema da Jornada da Juventude deste ano. Vocês a levam para dizer a todos que, na cruz, Jesus abateu o muro da inimizade, que separa os homens e os povos, e trouxe a reconciliação e a paz”, completou o Papa Francisco ao dirigir-se aos jovens.

Por último, o Papa Francisco falou sobre a Jornada Mundial da Juventude que este ano será celebrada no Rio de Janeiro entre os dias 23 e 28 de julho.

“Olho com alegria para o próximo mês de Julho, no Rio de Janeiro! Vinde! Encontramo-nos naquela grande cidade do Brasil! Preparai-vos bem, sobretudo espiritualmente, nas vossas comunidades, para que este Encontro seja um sinal de fé para o mundo inteiro. Os jovens devem dizer ao mundo: é bom seguir Jesus; é bom caminhar com Jesus; é boa a mensagem de Jesus; é bom sair de si mesmo, às periferias do mundo e da existência para levar Jesus! Três palavras: alegria, cruz, jovens”.

“Peçamos a intercessão da Virgem Maria. Que Ela nos ensine a alegria do encontro com Cristo, o amor com que O devemos contemplar ao pé da cruz, o entusiasmo do coração jovem com que O devemos seguir nesta Semana Santae por toda a nossa vida. Assim seja”, concluiu o Santo Padre.

AIS lança campanha para doar meio milhão de Youcat`s a jovens brasileiros

Com o fim de ajudar os jovens brasileiros a aprofundarem o conhecimento da fé, faltando pouco menos de um ano de preparação para a próxima Jornada Mundial da Juventude no Rio de Janeiro, a Fundação Pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre (AIS) no Brasil lançou a campanha “Meio Milhão de Catecismos para os Jovens”. Esta iniciativa tem por finalidade a publicação de 500 mil exemplares da edição brasileira do YOUCAT, um catecismo elaborado especialmente para a juventude com prefácio escrito por Bento XVI, e a sua distribuição gratuita para jovens de todo o país por meio do Episcopado brasileiro.

Desde 1997, a AIS conta com uma sede no Brasil, onde tem escritórios em São Paulo e no Rio de Janeiro. Anualmente esta associação católica apoia financeiramente cerca de 500 projetos de caráter solidário e pastoral no país, como por exemplo a Fazenda da Esperança, que é um dos programas mais eficazes de recuperação de jovens que caíram no vício das drogas ou do álcool.

Em diálogo com a ACI Digital, o diretor da AIS no Brasil, o Sr. José Lúcio Corrêa, explicou como surgiu a iniciativa de doar os Youcat`s por ocasião da JMJ Rio 2013: “A AIS decidiu iniciar esta campanha para doar meio milhão de catecismos YouCat para jovens porque são muitos os jovens brasileiros que não teriam meios de adquirir um livro como este, que nas livrarias custa cerca de R$ 30,00. E, da nossa parte, desejamos que o maior número possível de jovens brasileiros tenha este livro que os trará mais perto de Deus, ao responder suas principais perguntas sobre a fé”.

Segundo a informação da AIS Brasil, por conta de direitos autorais e outros impostos, a edição no Brasil tornou a obra um tanto cara. Assim, a Fundação elaborou um exemplar mais barato, sem capa dura. Porém, para a realização deste projeto de evangelização da juventude serão necessários dois milhões de Reais; um capital, que, até o momento, a AIS não possui.

“A história da AIS é assim. Aprovamos os projetos sem ter nada. Temos confiança de que, como é uma obra de Deus, Ele irá abençoar e vai tocar a alma das pessoas que vão ver a importância de contribuir”, disse José Lúcio Corrêa.

Segundo a informação oferecida pela Associação, a campanha “só termina quando todo o dinheiro for arrecadado”. Espera-se que os YOUCAT`s comecem a ser enviados a algumas dioceses brasileiras a partir do final de setembro.

“Gostaria que as pessoas tomassem consciência de que estão dando aos jovens o melhor presente que alguém pode lhes dar: a Fé. Além disso, gostaria que todos sensibilizassem outras pessoas. Que esta iniciativa de ajudar os jovens não fique somente em si. O bem é comunicativo. Que a pessoa que recebeu esta graça passe para frente”, expressou o Sr. José Corrêa.

“A AIS espera que a generosidade do povo brasileiro não falhará, pois trata-se de uma campanha importantíssima que visa aproximar os jovens de Deus. Hoje, e cada vez mais, há muitos jovens desorientados, que caem no mundo das drogas, da violência, que não veem sentido algum em suas vidas. Este precioso livro vai responder às suas perguntas básicas sobre a fé. Por isso convocamos os fiéis a realizarem uma doação para que possamos entregar ao maior número possível de jovens este catecismo fantástico”, afirmou o diretor da AIS Brasil a ACI Digital.

Para apoiar a campanha “Meio Milhão de Catecismos para os Jovens” é possível fazer doações através da internet, tornando-se benfeitor ou realizando uma doação on-line, ou ainda pelo 0800 77 099 27 (ligação gratuita).

Para mais informações, visite também o site da AIS Brasil em:
http://www.ais.org.br/info/projetos/item/392-meio-milhao-de-catecismos-para-os-jovens

Cine O Anunciador apresenta: Super Size Me – A dieta do palhaço

Está semana a Pastoral da Juventude propôs uma semana de estudo sobre segurança alimentar. Esse foi o tema abordado durante a tradicional Semana da Cidadania desenvolvida pela PJ no Brasil. Como pjoteiro – jeito carinhoso que nos intitulamos – não poderia deixar passar em branco essa reflexão tão importante para a juventude de hoje, que tanto ama as lanchonetes de comida rápida e seus nada nutritivos lanches.

Para que a data fique marcada aqui no O Anunciador, o “Cine O Anunciador” apresenta o documentário Super Size Me – A Dieta do Palhaço. O filme documenta a história de um homem que resolve passar um mês comendo somente lanches do MC Donalds e as consequências dessa atitude em seu corpo.

Antes de verem o filme é valido ressaltar uma cena muito interessante que acontece no filme. Crianças são apresentadas a personalidades de todo o mundo e entre esses rosto é o do palhaço da marca e até o rosto de Jesus. O incrível é que as crianças não conhecem o rosto de Cristo, mas conhecem o do palhaço.

Vejam:

PAIXÃO DE CRISTO: emoção no parque

I018132.JPG

Ontem aconteceu no Parque Ipanema, em Ipatinga, o tradicional Teatro da Paixão de Cristo. Este ano foi a 17ª edição do evento que conta a participação de mais de 100 jovens católicos da cidade.

Veja a matéria do maior jornal diário de Ipatinga – Diário do Aço:

IPATINGA – Mesmo sob sol forte e o calor do Vale do Aço o público lotou o Parque Ipanema, para assistir a encenação da Paixão de Cristo.   Produzido pelas Paróquias da Igreja Católica de Ipatinga, o evento ocorreu na última sexta-feira (6). Para driblar o tempo quente as populares sombrinhas, geralmente usadas em tempos de chuva, se destacaram em meio à multidão que cercava a lagoa do parque.

A programação da “Sexta-Feira Santa” foi iniciada por volta da 8h30, com caminhada saindo do trevo do bairro Jardim Panorama em direção ao Parque Ipanema. Todos os anos o trajeto é feito antes da encenação em sinal de misericórdia. Para trabalhar o tema da fraternidade 2012 entre os jovens, os fiéis traziam o lema “Vida sim, Drogas não!”.

Com objetivo de enfatizar o lema durante toda a marcha, os participantes faziam declarações e protestos com relação ao abandono dos jovens mergulhados nas drogas. Em seguida após a concentração de atores e expectadores nas proximidades da lagoa, o teatro da Paixão de Cristo foi iniciado. Baseada nos relatos bíblicos, a peça é feita em forma de Via Sacra, que divide a caminhada de Jesus rumo à crucificação em 15 estações.

A ressurreição lembrada neste “Domingo de Páscoa” está prevista para ser apresentada hoje no Santuário São Judas Tadeu, no bairro Canaã, às 19h30. Segundo a coordenação do evento o ator que representa Jesus fará uma levitação de oito metros, usando técnicas da arte, para mostrar a ascensão de Jesus ao céu.

Celebração

O Padre Geraldo Ildeu da Paróquia Sagrado Coração de Jesus destaca que desde o início da sua história, a igreja celebra toda a caminhada do Messias, do seu nascimento até a morte e ressurreição, enfatizando a cruz como encontro de toda burrice e sujeira humana com a infinita misericórdia de Deus. “Então a igreja como mãe e mestra procura incentivar os católicos e cristãos do mundo inteiro a estar por dentro do que aconteceu porque, Jesus venceu, mas sofreu na cruz”, afirmou.

Fonte Diário do Aço

Foto: Wôlmer Ezequiel

A primavera da juventude

Dom Pedro Brito Guimarães,

Arcebispo de Palmas – TO

“Jesus Cristo vai falar, sempre fala com amor. Nas feições da juventude eu te vejo, meu Senhor”. Assim aclamávamos o evangelho na Campanha da Fraternidade de 1992, sobre a juventude, caminho aberto. Este breve poema, da minha autoria, é testemunho da minha declaração de amor à juventude, que não é de hoje, e cada dia aumenta mais. Sou igual a Dom Bosco que dizia que amava os jovens só pelo fato de serem jovens.

O famoso poeta italiano, Giorgio La Pirra disse, certa vez, que “os jovens são como os pássaros, voam sempre em direção da primavera”. E é verdade. Além de estarmos vivendo a estação da primavera, a juventude, no Brasil, está vivendo a verdadeira estação de primavera. E a primavera que está se despontando nos horizontes da Igreja Católica para que a juventude possa alçar vôo são: a CF-2013 e a 27ª JMJ – Rio-2013.

Estes dois eventos propriamente joviais, embora sejam somente em 2013, já começaram. Parece longe, mas não é. É ilusão de ótica. Está perto. É bem aí. O Texto Base da CF está sendo elaborado e a Cruz Peregrina, juntamente com o ícone de Nossa Senhora, estão a caminho do Rio de Janeiro, antes percorrendo as 274 dioceses do Brasil. Aqui, em Palmas, aportarão nos dias cinco a sete de maio de 2012.

Dizia meu velho pároco, de saudosa memória, que “o que cansa não é a caminhada, é a pressa de chegar ou não querer chegar”. Sem pressa para não cansar e com vontade de chegar ao Rio de Janeiro, queremos juntos dar os primeiros passos, aproveitando este Dia Nacional da Juventude (DNJ), para fazer o anúncio e a solene convocação de todas as expressões juvenis, de todas as tribos e idades, para se unirem a nós neste grande mutirão missionário em prol da evangelização da juventude.

O papa Bento XVI disse recentemente que tanto os pais como a Igreja, nossa mãe, devem dar a seus filhos duas coisas: raízes e asas. Raízes para se firmar e asas para voar. As Redes Sociais, verdadeiras máquinas voadoras, estão facilitando estes vôos da juventude rumo ao Rio-2013. Basta utilizar destas máquinas potentes e destes instrumentos eficazes para voar, voar, subir, subir… Nem é preciso criar outras asas. Basta estar conectados a estas Redes Sociais. Os “nativos” – como são chamados os jovens que nasceram na revolução tecnológica- sabem muito bem como utilizá-los. Palavras como “internauta”, “facebook”, “conectar”, “navegar”, “twittar”, “teclar”, “fazer dowloud”, “interatividade” etc fazem parte do vocabulário dos jovens de hoje. Projetos como “Jovens Conectados” (www.jovensconectados.org.br), “Lectionautas” (www.lectionautas.org.br), “Bote Fé” e “Aqui tem jovem” (www.rio2013.com) etc estão aí a desafiar a criatividade, à inteira disposição para tocar os corações e evangelizar e vocacionalizar a juventude.

Peço encarecidamente a todos, sobretudo aos jovens e os padres, que dinamizem o DNJ. Qualquer coisa que se faça é melhor e é diferente do que não fazer nada.

Fé mais firme, esperança mais jubilosa e amor mais ardente são os meus desejos para a primavera da juventude propriamente dita, bem como para a juventude acumulada de todas as épocas e de todas as idades.

Assembleia do Setor Juventude da diocese de Caratinga reflete tema da JMJ-2011

assembleia_setor_jvNo fim de semana, dias 22 a 24, o Setor Juventude da diocese de Caratinga (MG) realizou a sua Assembleia, em Inhapim. O encontro contou com a participação de 26 paróquias e cerca de 80 jovens, representantes dos vários movimentos juvenis existentes na diocese, Pastoral da Juventude, Juventude Missionária, EJC, EAC, Ministério Jovem (RCC), Pastoral de Juventude Rural, entre outros.

Todo o evento aconteceu em sintonia com o tema da Jornada Mundial da Juventude (JMJ-2011), “Enraizados e edificados em Cristo, firmes na fé”, que vai acontecer no próximo mês de agosto, em Madri, Espanha. A assembleia foi assessorada pela religiosa da Congregação das Filhas de Jesus, de Belo Horizonte, que atualmente é também assessora da Pastoral da Juventude (PJ) do Regional Leste 2 da CNBB (Minas Gerais e Espírito Santo), irmã Cléo Mota.

Os jovens tiveram ainda a oportunidade de conhecer a identidade das pastorais e movimentos que trabalham com a juventude na diocese, através de tendas montadas pelos próprios jovens. Segundo o coordenador diocesano do Setor Juventude, Jonas Miranda, a experiência permitiu conhecer a realidade da proposta de evangelização da juventude na diocese. Os jovens também tomaram conhecimento da análise feita pela coordenação diocesana do Setor Juventude nas reuniões feitas nas cinco foranias durante o primeiro semestre de 2011.

À luz do Documento 85 da CNBB, “Evangelização da Juventude”, das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (DGAE) e do Plano de Pastoral da diocese de Caratinga, os jovens aprofundaram os conhecimentos sobre o Setor Juventude, sobre o trabalho pastoral da Igreja no Brasil e na própria diocese.

“Agora é preciso que arregacemos as mangas para continuarmos nossa caminhada na Evangelização da Juventude, pois, unidos na diversidade, que vamos alcançar nossos objetivos”, afirmou esperançoso o coordenador diocesano que será um dos representantes da diocese na JMJ de Madri.

10 conselhos de Bento XVI

1) Conversar com Deus

“Algum de vós poderia talvez identificar-se com a descrição que Edith Stein fez da sua própria adolescência, ela, que viveu depois no Carmelo de Colônia: “Tinha perdido consciente e deliberadamente o costume de rezar”. Durante estes dias (de Jornada Mundial da Juventude) podereis recuperar a experiência vibrante da oração como diálogo com Deus, porque sabemos que nos ama e, a quem, por sua vez, queremos amar”.

2) Contar-lhe as penas e alegrias

“Abri o vosso coração a Deus. Deixai-vos surpreender por Cristo. Dai-lhe o ‘direito de vos falar’ durante estes dias. Abri as portas da vossa liberdade ao seu amor misericordioso. Apresentai as vossas alegrias e as vossas penas a Cristo, deixando que ele ilumine com a sua luz a vossa mente e toque com a sua graça o vosso coração.

3) Não desconfiar de Cristo

“Queridos jovens, a felicidade que buscais, a felicidade que tendes o direito de saborear, tem um nome, um rosto: o de Jesus de Nazaré, oculto na Eucaristia. Só ele dá plenitude de vida à humanidade. Dizei, com Maria, o vosso ‘sim’ ao Deus que quer entregar-se a vós. Repito-vos hoje o que disse no princípio de meu pontificado: Quem deixa entrar Cristo na sua vida não perde nada, nada, absolutamente nada do que faz a vida livre, bela e grande. Não! Só com esta amizade se abrem de par em par as portas da vida. Só com esta amizade se abrem realmente as grandes potencialidades da condição humana. Só com esta amizade experimentamos o que é belo e o que nos liberta. Estai plenamente convencidos: Cristo não tira nada do que há de formoso e grande em vós, mas leva tudo à perfeição para a glória de Deus, a felicidade dos homens e a salvação do mundo”.

4) Estar alegres: querer ser santos

“Para além das vocações de consagração especial, está a vocação própria de todo o batizado: também é esta uma vocação que aponta para um ‘alto grau’ da vida cristã ordinária, expressa na santidade. Quando encontramos Jesus e acolhemos o seu Evangelho, a vida muda e somos impelidos a comunicar aos outros a experiência própria (…). A Igreja necessita de santos. Todos estamos chamados à santidade, e só os santos podem renovar a humanidade. Convido-vos a que vos esforceis nestes dias por servir sem reservas a Cristo, custe o que custar. O encontro com Jesus Cristo vos permitirá apreciar interiormente a alegria da sua presença viva e vivificante, para testemunhá-la depois no vosso ambiente”.

5) Deus: tema de conversa com os amigos

“São tantos os nossos companheiros que ainda não conhecem o amor de Deus, ou procuram encher o coração com sucedâneos insignificantes. Portanto, é urgente ser testemunhos do amor que se contempla em Cristo. Queridos jovens, a Igreja necessita autênticos testemunhos para a nova evangelização: homens e mulheres cuja vida tenha sido transformada pelo encontro com Jesus; homens e mulheres capazes de comunicar esta experiência aos outros”.

6) No Domingo, ir à Missa

“Não vos deixeis dissuadir de participar na Eucaristia dominical e ajudai também os outros a descobri-la. Certamente, para que dela emane a alegria que necessitamos, devemos aprender a compreendê-la cada vez mais profundamente, devemos aprender a amá-la. Comprometamo-nos com isso, vale a pena! Descubramos a íntima riqueza da liturgia da Igreja e a sua verdadeira grandeza: não somos os que fazemos uma festa para nós, mas, pelo contrário, é o próprio Deus vivo que prepara uma festa para nós. Com o amor à Eucaristia redescobrireis também o sacramento da Reconciliação, no qual a bondade misericordiosa de Deus permite sempre que a nossa vida comece novamente”.

7) Demonstrar que Deus não é triste

“Quem descobriu Cristo deve levar os outros para ele. Uma grande alegria não se pode guardar para si mesmo. É necessário transmiti-la. Em numerosas partes do mundo existe hoje um estranho esquecimento de Deus. Parece que tudo anda igualmente sem ele. Mas ao mesmo tempo existe também um sentimento de frustração, de insatisfação de tudo e de todos. Dá vontade de exclamar: Não é possível que a vida seja assim! Verdadeiramente não”.

8) Conhecer a fé

“Ajudai os homens a descobrir a verdadeira estrela que nos indica o caminho: Jesus Cristo. Tratemos, nós mesmos, de conhecê-lo cada vez melhor para poder conduzir também os outros, de modo convincente, a ele. Por isso é tão importante o amor à Sagrada Escritura e, em consequência, conhecer a fé da Igreja que nos mostra o sentido da Escritura”.

9) Ajudar: ser útil

“Se pensarmos e vivermos inseridos na comunhão com Cristo, os nossos olhos se abrem. Não nos conformaremos mais em viver preocupados somente conosco mesmo, mas veremos como e onde somos necessários. Vivendo e atuando assim dar-nos-emos conta rapidamente que é muito mais belo ser úteis e estar à disposição dos outros do que preocupar-nos somente com as comodidades que nos são oferecidas. Eu sei que vós, como jovens, aspirais a coisas grandes, que quereis comprometer-vos com um mundo melhor. Demonstrai-o aos homens, demonstrai-o ao mundo, que espera exatamente este testemunho dos discípulos de Jesus Cristo. Um mundo que, sobretudo mediante o vosso amor, poderá descobrir a estrela que seguimos como crentes”.

10) Ler a Bíblia

“O segredo para ter um ‘coração que entenda’ é edificar um coração capaz de escutar. Isto é possível meditando sem cessar a palavra de Deus e permanecendo enraizados nela, mediante o esforço de conhecê-la sempre melhor. Queridos jovens, exorto-vos a adquirir intimidade com a Bíblia, a tê-la à mão, para que seja para vós como uma bússola que indica o caminho a seguir.Lendo-a, aprendereis a conhecer CristoSão Jerônimo observa a este respeito: ‘O desconhecimento das Escrituras é o desconhecimento de Cristo’”.

Brasil está entre os 10 países com mais inscritos para a Jornada Mundial da Juventude

A informação foi divulgada na tarde de ontem, 7, pela organização da Jornada Mundial da Juventude 2011, em Madri, na Espanha. A JMJ acontece dos dias de 16 a 21 de agosto, com a participação do papa Bento XVI. Até o momento, existem mais de 440 mil inscritos, vindos de 182 países, o que constitui um recorde na história das edições da JMJ, que acontece desde 1985.

Além de Portugal e Brasil estão no grupo dos 10 países com mais inscrições: Espanha, Itália, França, Estados Unidos da América, Alemanha, México, Polônia e Argentina.

A organização da JMJ lançou uma nova campanha de inscrições, através da Internet, pelo site: http://www.madrid11.com.

Universidades Católicas discutem participação nas Campanhas da Fraternidade

representantes_das_universidades_4Reunidos no dia 22, na sede das Edições da CNBB, em Brasília, representantes de Universidades Católicas e da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) debateram como as universidades podem participar mais ativamente nas Campanhas da Fraternidade (CF). Ficou formado um grupo de trabalho, que atuará em conjunto com o Setor Universidades da CNBB e com a Secretaria Executiva da Campanha da Fraternidade tendo em vista a Campanha de 2013, que abordará o tema “Fraternidade e Juventude”.

Os representantes das universidades indicaram propostas em relação à redação do texto base e ao processo de escolha dos cartazes da CF. As propostas serão apresentadas ao secretário geral da CNBB e as discussões deverão continuar com o grupo formado na reunião.

representantes_das_universidades2O grupo defendeu a ideia de trabalhar a Campanha como uma rede. “A CF é uma peça fundamental na ação evangelizadora do Brasil. A ideia de rede é importante para valorizar as instituições com grande capilaridade, proporcionando fazer a diferença neste processo”, disse o representante da PUC-Goiás, Lorenzo Laço.

Já o jovem da Pastoral da Universidade da PUC-Rio, Anderson Ignácio, destacou a necessidade de estreitar a relação entre a CNBB e as Universidades Católicas. “O fato de ajudarmos a CNBB com a Campanha da Fraternidade busca responder ao chamado de Cristo, fortalece a missão de nossas universidades na busca pela verdade e implementação da justiça e da paz”, observou.

Participaram da reunião Adriano Brollo e Vanessa Ruthes, da Pontifícia Universidade Católica do Paraná; Regina Jantke, do Centro Universitário Salesiano de São Paulo; Francisco Borba, do Núcleo de Fé e Cultura da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo; Lorenzo Laço, da Pontifícia Universidade Católica de Goiás; Francine Junqueira, da Associação Nacional de Educação Católica do Brasil (ANEC); Camilo de Lelis, da Pastoral na Universidade da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais; Anderson Ignácio, da Pastoral da Universidade da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro; e os assessores da CNBB, padre Luiz Carlos Dias (CF) e Maria Eugenia Lloris Aguado (Setor Universidades).

Bispos do Brasil aprovam a criação da Comissão de Juventude

Os bispos reunidos na 49º Assembleia Geral da CNBB aprovaram ontem (5) a criação de uma Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude.

Com a decisão, os assuntos de juventude que eram tratos num dos Setores da Comissão para o Laicato ficam sob a responsabilidade da nova Comissão.

A proposta de uma Comissão exclusiva para a Juventude foi um pedido dos bispos referenciais da Juventude nos 17 regionais da CNBB e defendida na Assembleia pelo bispo auxiliar de Campo Grande (MS), Dom Eduardo Pinheiro, atual responsável pelo Setor Juventude da CNBB.

Um dos principais argumentos usados por Dom Eduardo foi a opção da Igreja no Brasil pela urgente evangelização da juventude, expressa no Documento 85 da CNBB ‘Evangelização da Juventude’.

Teatro da Paixão de Cristo reuniu 20 mil pessoas na sexta-feira santa

Teatro reuniu 20 mil pessoas este ano

Na última sexta-feira, dia 22, a Pastoral da Juventude de Ipatinga realizou a 16ª Caminhada da Misericórdia e o tradicional teatro da  Paixão de Cristo. O evento aconteceu no Parque Ipanema e reuniu segundo a Polícia Militar mais de 20 mil pessoas.

Durante a caminhada os fieis puderam refletir sobre o tema proposto pelos jovens “O meu desejo é a minha vida e a vida de meu povo” (Ester 7, 13). Após a caminhada penitencial as pessoas se acomodaram em torno da lagoa no Parque e assistiram a encenação da Paixão de Cristo.

Ao todo participaram do evento mais de 100 jovens voluntários que se distribuíram em equipes de encenação e organização.

Vitor fez o papel de Cristo pela segunda vez