Arquivo da tag: o jornal

Declarações de apoio às manifestações supostamente dadas pelo Papa não são verdadeiras

(ACI/EWTN Noticias).-  O Diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, Padre Federico Lombardi, desmentiu o jornal espanhol El País, de forte tendência anticatólica, que assegurou hoje que o Papa Francisco “considera os protestos do Brasil justos e de acordo com o Evangelho” e se referirá a elas durante a próxima Jornada Mundial da juventude (JMJ) Rio 2013.

Com os protestos do Brasil, um importante número de cidadãos expressou seu desacordo com o aumento de tarifas no transporte público, e pedem também que cesse a corrupção no governo. Os manifestantes também criticam os elevados gastos que se realizam em vistas à Copa do Mundo de Futebol de 2014 e pedem maior investimento em saúde e educação.

Em uma nota publicada em 24 de junho, os Bispos do Brasil expressaram sua “solidariedade e apoio às manifestações”, sempre e quando estas sejam pacíficas.

Os Prelados reconheceram em seu comunicado que estes protestos são “um fenômeno que envolve o povo brasileiro e despertam uma nova consciência”. “Requer atenção e compreensão para identificar seus valores e limites, sempre com o objetivo de construir a sociedade justa e solidária que desejamos”, assinalaram.

O jornal El País, em um artigo publicado hoje, afirmou que o Papa Francisco, “no discurso que dirigirá aos mais de um milhão de jovens que se concentrarão no Rio de Janeiro com motivo da Jornada Mundial da Juventude (JMJ)” fará alusão “às manifestações, segundo informações de fonte fidedigna recebidas por este correspondente”.

O meio espanhol assegurou também que os Bispos do Brasil não teriam escrito nem publicado seu comunicado de fins de junho “se não tivessem estado antes concordado com o papa Francisco, que está por chegar ao Brasil”.

Entretanto, em comunicação com o grupo ACI, o Padre Federico Lombardi esclareceu que “o jornal El País não é a fonte dos discursos do Papa”.

Consultado pelo suposto discurso a favor das manifestações no Brasil ao que faz menção o jornal espanhol, Lombardi assinalou que “não me consta. Não vi nada a respeito”.

Erros e desinformação no El País

Já em 2006, El País inventou um suposto apoio do Papa Bento XVI às negociações iniciadas pelo governo da Espanha, com José Luis Rodríguez Zapatero, do Partido Socialista Obrero Español (PSOE) à cabeça, com o grupo terrorista ETA.

Nessa ocasião, o então delegado diocesano de Meios de Comunicação da Arquidiocese de Madri, Pe. Manuel Bru, desmentiu terminantemente as conjeturas de El País, assinalando que este atribuiu “falsamente ao Santo Padre Bento XVI um apoio explícito ao mal chamado processo de paz”.

Em 24 de janeiro deste ano, o jornal espanhol teve que deter a circulação de toda a edição do dia, depois de fazer-se público que a foto de sua capa, em que aparecia Hugo Chávez Frías entubado, era falsa.

Aprovado 2º milagre do Beato João Paulo II

1003422_687147661300299_1891759118_nOs cardeais e bispos da Congregação para a Causa dos Santos aprovaram o segundo milagre atribuído ao papa João Paulo II, morto em 2005, segundo informaram fontes do Vaticano nesta terça-feira, 2. Agora, falta a aprovação do papa Francisco, que deverá assinar um decreto após reunião de cardeais, ainda sem data definida, para que ele seja declarado santo.

A expectativa é de que a canonização ocorra ainda neste ano, entre outubro e dezembro. Segundo fontes do Vaticano, João Paulo II pode se tornar santo juntamente com o papa João XXIII. A regra canônica prevê a necessidade do reconhecimento de um milagre para que um beato ou um mártir seja declarado santo. Karol Wojtyla havia sido beatificado em 1.º de maio de 2011.

A decisão da Congregação é um dos últimos passos em direção à canonização de João Paulo II. Antes, uma comissão médica e outra teológica haviam examinado o segundo milagre atribuído a Karol Wojtyla, atestando a cura considerada inexplicável e ocorrido efetivamente por meio da intercessão do papa polonês. De acordo com o jornal Corriere della Sera, o milagre atribuído a Wojtyla aconteceu na noite em que ele foi beatificado.

O mundo de cabeça para baixo: corte holandesa aprova Associação de Pedófilos

Martijn Uittenbogaard, presidente da associação Martijn
Martijn Uittenbogaard, presidente da associação Martijn

Estamos mesmo próximos do fim. Só pode. O mundo todo aprovando ideologias satânicas, não há outra palavra para explicar sem ser essa. Hoje a Holanda, amanhã outro país e até que os “maria vão com as outras” de  nosso Brasil resolvam seguir o exemplo.

Irmãos, oremos. Vigiemos e nos comprometamos com a vida. A cultura de morte está sendo disseminada como se fosse natural e normal.

Leia a matéria:

(ACI/EWTN Noticias).- Em uma decisão controvertida, um Tribunal de recurso na Holanda aprovou a existência de uma associação de pedófilos, que, em primeira instância, havia sido dissolvido no ano passado, considerando que esta não seria “uma ameaça para a desintegração da sociedade”.

De acordo com o jornal ABC de Madri, a associação Martijn, que defende o sexo consensual entre crianças e adultos, poderá continuar suas funções, uma vez que o Tribunal de apelação de Arnhem, Leeuwarden, salientou que “o trabalho da associação é contrário à ordem pública, mas não há uma ameaça de desintegração da sociedade”.

Apelando para a “liberdade de expressão”, o Presidente da Associação Martijn Uittenbogaard, apelou a decisão de um tribunal em Assen, que ordenou a dissolução do grupo de pedófilos em junho de 2012.

Fundada em 1982, a associação Martijn, cuja sede era no distrito judicial de Arnhem, Leeuwarden, diz que ele é a favor da aceitação do sexo consentido entre adultos e crianças, mas indica que eles são contra qualquer tipo de abuso sexual.

O recurso levantado contra a associação afirmava que os antecedentes criminais de alguns membros do abuso sexual poderiam estar relacionados com a associação, mas que eles nunca haviam cometido um crime tipificado como pedofilia.

“O texto e imagens publicadas no site de Martijn são legais e nunca estimularam adultos a terem relações sexuais com crianças”, acrescenta o Tribunal que proferiu a controvertida decisão.

O Tribunal porém assinalou que a associação é contrária a certos princípios da lei dos Países Baixos, porque “banaliza os perigos do contato sexual com crianças e fala bem destes contatos”.

Por sua parte, o Presidente da associação, através de sua conta no Twitter, escreveu que “ainda existem sábios juízes, felizmente”.

No dia 21 de novembro de 2011, o Tribunal de Leeuwarden rejeitou abrir um processo contra a associação. No entanto, o ex-presidente do mesma entidade, Ad van den Berg, foi condenado em 18 de outubro de 2011 na cidade de Haarlem a três anos de prisão, por posse de fotografias, filmes e revistas de pornografia infantil.

Vaticano divulga foto do Papa pagando a conta no check-out

G1 – Uma imagem divulgada nesta sexta-feira (15) pelo ‘L’Osservatore Romano’, o jornal doVaticano, mostra o momento em que o Papa Francisco foi acertar a conta e fazer o check-out da residência onde estava hospedado como cardeal para participar do conclave, em Roma.

Apesar de o local ser de posse da Santa Sé, agora comandada pelo próprio Papa Jorge Mario Bergoglio, ele insistiu em pagar pela hospedagem, segundo o Vaticano, para “dar um bom exemplo”.

Foto do 'Osservatore Romano' mostra o Papa Francisco fazendo o check-out da residência onde se hospedou, em Roma (Foto: Reuters/Osservatore Romano)

 

“Peço um favor a vocês: antes que o bispo abençoe o povo, peço que rezem ao Senhor para que me abençoe,” diz Francisco I

papafranciscoAs primeiras palavras do Papa Francisco I na loggia de São Pedro: “Vocês sabem que o dever do Conclave era de dar um bispo para Roma.; parece que meus irmãos foram buscá-lo no fim do mundo. Mas, estamos aqui. Obrigado pela acolhida. Rezemos todos juntos pelo bispo de Roma”.

Segundo o jornal Avvenire, de Roma, o novo Papa fez uma referência afetuoso ao Papa emérito Bento XVI , depois recitou a “Ave Maria” e o “Glória”. “Agora começamos este caminho, bispo e povo, um caminho de fraternidade, de amor, de confiança entre nós. Rezemos sempre por nós, um pelo outro, por todo mundo, para que seja uma grande fraternidade. Desejo que esse caminho da Igreja que hoje começamos seja frutuoso para a evangelização desta bela cidade. Peço um favor a vocês: antes que o bispo abençoe o povo, peço que rezem ao Senhor para que me abençoe. Em silêncio, façam esta oração sobre mim”. Depois da bênção “Urbi et Orbi” ainda voltou a pedir: “ Rezem por mim . Nós veremos logo. Amanhã, quero ir rezar para pedir à Nossa Senhora para que proteja toda Roma. Bom repouso”.

Imprensa italiana afirma que cotação de Dom Odilo Scherer para suceder Bento XVI cresce

G1 – O jornal italiano “La Stampa” afirmou no sábado (2) que cresce a cotação do cardeal brasileiro dom Odilo Scherer para se tornar o novo Papa, sucedendo ao agora Papa Emérito Bento XVI.

A articulação incluiria eleger um secretário de Estado do Vaticano italiano, ou argentino de origem italiana.

Por trás da iniciativa, segundo o jornal, estaria o decano do Colégio Cardinalício, Angelo Sodano, e o cardeal italiano Giovanni Battista Re, além de outros cardeais italianos.

A argumentação a favor de Dom Odilo, segundo o jornal, é que ele é um latino-americano bem considerado, fala bem italiano e tem um sobrenome alemão e “modos medidos” que o fazem parecer “pouco latino”.

dom-odilo-scherer2
Dom Odilo Scherer (Foto: Vanessa Fajardo/ G1)

Meninas à venda por 10 euros: a denúncia de uma missionária

Recebi essa matéria por e-mail de um amigo, Júlio Arruda, e resolvi compartilhar com vocês. É importante que denunciemos esse comércio absurdo de pessoas. Em 2014 a Campanha da Fraternidade vai abordar essa realidade brasileira ignorada por muitos e por várias autoridades. Vamos dar um basta. Chega de tráfico de pessoas!

Leia a matéria:

São Gabriel (Agência Fides) – No último mês, 21 denúncias foram apresentadas às autoridades de São Gabriel da Cachoeira, pequena cidade da Amazônia brasileira na fronteira com a Colômbia, por meninas que expuseram por escrito suas declarações sobre as violências sofridas. Segundo revela o jornal “A Folha de São Paulo”, os responsáveis seriam nove homens adultos. As meninas pertencem às etnias tariana, uanana, tucano e barè, e vivem na extrema periferia de São Gabriel da Cachoeira, onde 90% da população é indígena.

A batalha contra este comércio é conduzida por uma missionária salesiana italiana, Irmã Giustina Zanato, que trabalha ao lado dos mais pobres e indefesos da Amazônia desde 1984. A missionária arrisca a vida todos os dias defendendo estas meninas da violência de adultos. Com efeito, uma menina índia de 10 a 12 anos, na Amazônia, vale poucos euros, um pacote de balas ou uma camiseta. Quem compra a inocência destas meninas são quase sempre homens adultos, brancos, ricos e poderosos, certos de ficar impunes. É frequente que a polícia arquive as denúncias de mães de meninas violentadas. Muitas vezes, depois das denúncias, as pequenas vítimas são ameaçadas e algumas delas devem fugir. “Apresentamos numerosas denúncias, mas não obtivemos resultados. É muito triste pensar que quem deve impor o respeito das leis não o faz” – disse a missionária, que desde 2008 coordena o programa Menina Feliz, que assiste as meninas violentadas ou abandonadas, e é também presidente do Conselho Municipal para a Defesa de Crianças e Adolescentes. (CE) (Agência Fides, 13/11/2012)

Papa comemora aniversário ao lado de irmão

Numa pequena capela, dois anciãos sentados, lado a lado, recolhidos em oração. Esta é a imagem publicada pelo jornal vaticano L’Osservatore Romano, nesse domingo, 15, para documentar os irmãos Ratzinger, fotografados de costas no sábado, 14, enquanto rezam as laudes depois de celebrar a Missa da manhã.

Na simplicidade da oração cotidiana, o L’Osservatore Romano se une a seus leitores e aos homens e mulheres de todas as convicções religiosas que desejam ao Papa um Feliz Aniversário. “Quem crê nunca está sozinho”, costuma repetir Bento XVI, que sente o carinho de tantas pessoas, próximas e distantes, além da amizade dos santos, frisou o jornal da Santa Sé.

O L’Osservatore recorda que o Papa “retornou de Castel Gandolfo, onde se encontrava desde a tarde do Domingo de Páscoa, para acolher o irmão, monsenhor Georg Ratzinger, que passará com ele os próximos dias, marcados por recorrências especiais: o 85º aniversário, segunda-feira, o sétimo ano da eleição a sucessor do Apóstolo Pedro, quinta-feira, 19, e do solene início de Pontificado, terça, 24”.

O artigo se encerra com felicitações em latim: “ad multos annos, beatissime pater, ad multos et felicissimos annos!”.