Arquivo da tag: sacrilégio

Absurdo: mulher dá Eucaristia, Corpo e Sangue de Cristo, para cachorro

No dia 10/08/2014 a comunidade de Santo Expedito e São Francisco de Assis, em Praia Grande, recebeu a “visita” de uma mulher que entrou na fila de comunhão só para realizar uma profanação.

Após ter recebido a Sagrada Comunhão na boca, ela tirou-la e a deu para o seu cachorro comer. Diante de tão horrenda cena, o pe Joseph Thomas Puzhakara anunciou no microfone o ocorrido, gerando assim grande choque entre os fiéis

Mulher dá comunhão para cachorro e ainda possa para foto
Mulher dá comunhão para cachorro e ainda possa para foto

presentes na Missa. Muitos alem de assustados, caíram em lágrimas ao ver tamanha aberração e falta de respeito com o preciosíssimo corpo do Senhor.

Infelizmente os que distribuíam a comunhão não tiveram tempo para nenhuma ação, pois a mulher foi obstinada a fazer tal ato e agiu de maneira rápida.

O que diz a Igreja quanto a isso?

Em meio a tal caos na paróquia, a mulher não se intimidou e não foi embora. Por sua vez, o pároco anunciou que ela estava excomungada, como se pode ler no Código de Direito Canônico (§1367):

“Quem expele por terra as espécies consagradas ––diz o Código que regula a vida da Igreja católica––, ou as leva ou retem com uma finalidade sacrílega, incorre em excomunhão latae sententiae*  reservada a Sé Apostólica”.

Ainda posou para fotos

Não dando-se por satisfeita, a mulher continuou na paróquia até o final da Santa Missa provocando ao sacerdote e os fiéis. Após o termino da missa, ela ainda pousou para fotos.

Apesar de tão evidente profanação, houve quem a defendesse no Facebook. Uma senhora postou:

NOSSA ……TUDO ISSO POR CAUSA DE UM CACHORRO……ELES SÃO OS MELHORES ANJOS DE DEUS DIGNOS DE COMPARTILHAR DE UMA HÓSTIA…….TENHO CERTEZA QUE TINHA MTA GENTE NA IGREJA QUE SE ACHAM ANJOS E QUE SÃO OS PRÓPRIOS DEMÔNIOS. FICO IMAGINANDO O QUE SÃO FRANCISCO DE ASSIS ESTARIA ACHANDO DE TUDO ISSO….TENHO CERTEZA QUE TEM MTA GENTE QUE NÃO MERECIA NEM LAMBER A HÓSTIA ….TAMANHA A FALTA DE AMOR AO PRÓXIMO…….DESNECESSÁRIO TUDO ISSO…….INDIGNADA”

Segundo relatos no Facebook, a mulher não aparenta ter problemas mentais.

Fonte: Fidespress

Artista argentino transforma Barbie e Ken em Jesus e Maria

Sacrilégio, heresia, desrespeito. São adjetivos que podem ser usados nestes caso. Dois artistas argentinos fizeram o que chama de art pop com as imagens de Jesus Cristo, Maria, São Roque e também Buda e Iemanjá estão entre os vários símbolos religiosos. Eles usaram os bonecos Barbie e Ken para retratar em imagens os “personagens religiosos”.  As chamadas obras de arte com jeito de brinquedo fazem parte da série “Barbie – A Religião de Plástico”, dos artistas Pool & Marianella.

Composta por ícones do cristianismo, islamismo, budismo e outras religiões, a coleção será apresentada ao público a partir de outubro em uma exposição no museu e galeria Popa, em Buenos Aires. Muitos religiosos têm criticado o trabalho dos artistas nas redes sociais. Eles apontam para o tom de sátira – e não de homenagem – que as obras carregam.

Na página da dupla no Facebook, eles deixam claro o tom questionador do trabalho. “Em um mundo que nos valoriza por pensar, agir e sentir de forma igual, Marianela e Pool se rebelam, mostrando-se ao mundo de forma diferente. Eles usam o humor para enfatizar a sua desconexão com o universo histórico, político e religioso“, diz a apresentação dos artistas.

Veja algumas fotos dos bonecos:

Fotógrafo e modelos seminus invadem igreja e realizam ensaio fotográfico em Catanduva-SP

Infelizmente tem pessoas que gostam de causar polêmica e se promover em cima da fé cristã e da igreja católica. Esse absurdo aconteceu no Brasil que cada dia mais vive a desmoralização de valores e a falta de respeito as instituições. O mais engraçado é que se essas imagens tivessem sido feitas em outro lugar que não fosse a igreja e se ela se posicionasse contra, choveria palavras de  indignados contra a decisão da igreja. Como foi o contrário, ninguém se move contra.

Como cristão católico não aceito tal ação. O bispo fez correto em perdoar, mas se o fotografo se sentiu perdoado realmente ele nem deveria usar as fotos ultrajantes a Deus, a igreja e a todo nós cristãos.

Leia parte da matéria da Folha de São Paulo.

__________________________________

(Folha de São Paulo) O bispo dom Otacílio Luziano da Silva, perdoou o fotógrafo Márcio Costa pelas imagens de modelos seminus feitas dentro da paróquia de São Domingos, em Catanduva (a 388 km de São Paulo) mesmo chamando a ação de “sacrilégio”.

Um ensaio fotográfico de um homem seminu com asas de anjo gerou polêmica na cidade. Segundo a igreja, modelos “invadiram” o local e imagens com roupas íntimas foram feitas pelo fotógrafo.

Em nota, o bispo afirmou que “não será o ressarcimento em dinheiro decorrente de uma ação judicial que restabelecerá a injustiça praticada contra o sagrado, nem mesmo ação penal, embora seja este o caminho natural dos que se sentem lesados”.

Ainda segundo ele, é preciso que o fotógrafo se arrependa e reconheça o erro. “Tivemos nossa fé ofendida, mas não queremos prejudicá-lo.”

Clique aqui para continuar a ler. 

Saiba mais:

Fotos de ‘anjo’ de sunga em igreja paulista vão parar na Justiça