Arquivo da tag: salesiana

História de Jesus é contada em forma de mangá

evangeliscapa081927_2(A12.com) A série de revistas em quadrinhos ‘Evangelis’ lançada neste ano conta a história de Jesus Cristo em formato mangá.

 O mangá é um gênero de quadrinhos, um tipo de gibi que foi feito por japoneses.

 A iniciativa da Rede Salesiana de Escolas (RSE) teve como objetivo contar a história do Salvador aos alunos das escolas e obras sociais salesianas.

 O primeiro mangá com o título ‘Nasce a Esperança’ foi o primeiro lançamento, de quatro livretos que compõem a série.

 Neste exemplar são narrados o anúncio e nascimento de João Batista, a anunciação do anjo a Maria, os Reis Magos indo ao encontro do Messias, as maldades de Herodes e outras passagens bíblicas.

 Antonio Boeing, assessor de pastoral da RSE destacou a criatividade do projeto.

 “A razão da aprovação do ‘Projeto Evangelis’ é que ele apresenta a riqueza do mundo bíblico de uma forma atraente e cativante que, sem dúvida, atingirá os alunos da Rede Salesiana de Escolas”.

O autor da revista, Herbert Barbosa, conta que a ideia do projeto surgiu em 2006 após desenhar um ícone de Jesus. Para o cartunista, a revista pretende fazer a aproximação das crianças com a história de Jesus de maneira interessante e prazerosa.

547546_420454934691867_1453122919_n

“Sempre gostei de mangás, assim como muitas crianças, jovens e adultos. O mangá é divertido, atraente, de fácil leitura e compreensão. Utiliza muitas expressões para transmitir a mensagem de uma forma muito legal e diferente”.

 A tiragem inicial de 100 mil exemplares foi distribuída gratuitamente nos meses de julho e agosto desse ano para toda a rede no Brasil.

 O segundo número da série será finalizado em dezembro e terá o título ‘A Boa Notícia’ e deve contar os primeiros milagres de Jesus e o momento em que Ele luta com Satanás no deserto.

A previsão é que no início de 2013 o exemplar chegue às escolas e outros setores da instituição.

Com informações da RSE.

Meninas à venda por 10 euros: a denúncia de uma missionária

Recebi essa matéria por e-mail de um amigo, Júlio Arruda, e resolvi compartilhar com vocês. É importante que denunciemos esse comércio absurdo de pessoas. Em 2014 a Campanha da Fraternidade vai abordar essa realidade brasileira ignorada por muitos e por várias autoridades. Vamos dar um basta. Chega de tráfico de pessoas!

Leia a matéria:

São Gabriel (Agência Fides) – No último mês, 21 denúncias foram apresentadas às autoridades de São Gabriel da Cachoeira, pequena cidade da Amazônia brasileira na fronteira com a Colômbia, por meninas que expuseram por escrito suas declarações sobre as violências sofridas. Segundo revela o jornal “A Folha de São Paulo”, os responsáveis seriam nove homens adultos. As meninas pertencem às etnias tariana, uanana, tucano e barè, e vivem na extrema periferia de São Gabriel da Cachoeira, onde 90% da população é indígena.

A batalha contra este comércio é conduzida por uma missionária salesiana italiana, Irmã Giustina Zanato, que trabalha ao lado dos mais pobres e indefesos da Amazônia desde 1984. A missionária arrisca a vida todos os dias defendendo estas meninas da violência de adultos. Com efeito, uma menina índia de 10 a 12 anos, na Amazônia, vale poucos euros, um pacote de balas ou uma camiseta. Quem compra a inocência destas meninas são quase sempre homens adultos, brancos, ricos e poderosos, certos de ficar impunes. É frequente que a polícia arquive as denúncias de mães de meninas violentadas. Muitas vezes, depois das denúncias, as pequenas vítimas são ameaçadas e algumas delas devem fugir. “Apresentamos numerosas denúncias, mas não obtivemos resultados. É muito triste pensar que quem deve impor o respeito das leis não o faz” – disse a missionária, que desde 2008 coordena o programa Menina Feliz, que assiste as meninas violentadas ou abandonadas, e é também presidente do Conselho Municipal para a Defesa de Crianças e Adolescentes. (CE) (Agência Fides, 13/11/2012)