Imagem de Nossa Senhora da Piedade é atacada em Belo Oriente-MG

O Jornal Diário do Aço informou na tarde de hoje, 24, que “uma mulher de 48 anos foi presa no município de Belo Oriente, após danificar uma imagem sacra, que fica em frente à Igreja Católica do município. No local, militares flagraram a mulher dando golpes de enxada na imagem, que teve avarias nas laterais e na parte frontal. A enxada utilizada foi apreendida, e a mulher foi encaminhada para a delegacia de polícia.” O repórter não assinou a matéria. Fotos do Jornal.

A paróquia pertence a Diocese de Itabira/Cel. Fabriciano e autoridades eclesiais ainda não se pronunciaram sobre o assunto.

Pela vestuário da agressora é mais um protestante fanática.

Assim que consegui mais informações eu atualizo o post.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Ops! Ainda não podemos chamar o Beato Anchieta de santo

G1 | A canonização do beato José de Anchieta, o Padre Anchieta, inicialmente marcada para esta quarta-feira (2), foi adiada para uma data indefinida, segundo a Rádio Vaticano, veículo oficial da Santa Sé. A informação foi confirmada pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, a CNBB, ao G1 nesta manhã.

A conferência havia divulgado que o Papa Francisco assinaria um decreto esta quarta, em que proclamaria santo o jesuíta que viveu no Brasil no século 16. A Arquidiocese de São Paulo preparou uma série de atividades para celebrar o dia.

De acordo com o Vaticano, “há 99% de chances” de o decreto ser assinado por Francisco nesta quinta-feira (3), já que está marcado um encontro entre o pontífice e o cardeal Angelo Amato, prefeito da Congregação das Causas dos Santos, responsável por todos os processos de beatificação e canonização existentes na Santa Sé.

Santo, mas sem milagres

Quando canonizado, Anchieta se tornará o terceiro santo a ter laços estreitos com o Brasil. A primeira foi Madre Paulina, santa desde 2002. Em seguida, Frei Galvão, brasileiro nascido em Guaratinguetá (SP), proclamado Santo Antônio de Sant’Ana Galvão em 2007.

Entretanto, diferentemente de Paulina e Galvão, Anchieta não teve dois supostos milagres que praticou reconhecidos pelo Vaticano. Relatos de mais de 400 anos apontam que eles aconteceram, mas o tempo longo passado desde então impossibilita sua comprovação, segundo historiadores.

A canonização de Anchieta se dará por seu trabalho missionário feito no Brasil, principalmente pela catequização dos índios no período de colonização, além da fundação de missões jesuítas em diversas províncias do país.

O Apóstolo do Brasil agora é santo: São José de Anchieta

Agora São José de Anchieta
Agora São José de Anchieta

 (ACI).- O Papa Francisco vai presidir no dia 24 de abril uma Missa na igreja de Santo Inácio, em Roma, em ação de graças pela canonização do Beato José de Anchieta (1534-1597), o Apóstolo do Brasil, que foi declarado santo por meio de um decreto pontifício hoje, 2 de abril. O Papa Francisco também vai assinar decretos de canonização equipolente de dois beatos franceses que promoveram a evangelização no Canadá: o bispo François de Montmorency-Laval (1623-1708) e a mística missionária Maria da Encarnação Guyart (1599-1672).

Conheça a história do Apóstolo do Brasil

Nascido em Tenerife, nas Canárias (Espanha), o jesuíta chegou ao Brasil em julho de 1553, onde fundou juntamente com o padre português Manuel da Nóbrega um colégio em Piratininga, deu origem à cidade de São Paulo. José de Anchieta foi a Portugal aos 14 anos para estudar das Artes e Humanidades, em Coimbra, confiado aos jesuítas, anexo à Universidade local. Ali entrou no noviciado da Companhia de Jesus, e foi logo destinado à missão do Brasil.

Segundo a Rádio Vaticano, O Papa Francisco também vai assinar decretos de canonização equipolente de dois beatos franceses que promoveram a evangelização no Canadá: o bispo François de Montmorency-Laval (1623-1708) e a mística missionária Maria da Encarnação Guyart (1599-1672).

Os três futuros santos foram beatificados por João Paulo II a 22 de junho de 1980, com outras duas figuras da Igreja Católica na América, Pedro de Betancour (1626-1667) e Catarina Tekakwitha (1656-1680), entretanto canonizados.

A ‘canonização equipolente’, explica a Agência Ecclesia do Episcopado português, é um processo instituído no século XVIII por Bento XIV, através do qual o Papa “vincula a Igreja como um todo para que observe a veneração de um Servo de Deus ainda não canonizado pela inserção de sua festividade no calendário litúrgico da Igreja universal, com Missa e Ofício Divino”.

Outros casos

Francisco já recordou a este procedimento em outubro, com a Beata Ângela de Foligno (1248-1309), e em dezembro, com o jesuíta Pedro Fabro (1506-1546).

Igreja celebra memória litúrgica de João Paulo II, futuro santo

João Paulo II faleceu aos 84 anos e foi beatificado seis anos após sua morte
João Paulo II faleceu aos 84 anos e foi beatificado seis anos após sua morte

Nesta terça-feira, 22, a Igreja celebra a memória litúrgica do beato João Paulo II. A data coincide com o início de seu ministério petrino, em 22 de outubro de 1978. Neste ano, a celebração ganhou um tom especial, já que fiéis em todo o mundo vivem a expectativa pela canonização do beato, que será em 27 de abril de 2014.

Karol Jozef Wojtyla foi eleito Papa em 16 de outubro de 1978. Com um dos pontificados mais longo da história – quase 27 anos como Sucessor de Pedro – o Papa polaco cativou fiéis em todo o mundo com sua simpatia.

Seu pontificado foi marcado por intensas atividades. Pode-se citar a conclusão da redação do Código de Direito Canônico, reformulado com base no Concílio Vaticano II, e a redação e promulgação do Catecismo da Igreja Católica (CIC). Em termos de número, visitou 129 países, escreveu 14 encíclicas, proclamou 476 santos e 1.318 beatos.

Uma atenção especial foi dedicada por João Paulo II à juventude. Em 1984, no Encontro Internacional da Juventude com o Papa, na Praça São Pedro, ele entregou aos jovens a Cruz, que seria um dos principais símbolos da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), instituída por ele mesmo em 1985.

O Pontífice também enfrentou momentos difíceis. Em 13 de maio de 1981, foi vítima de um atentado na Praça São Pedro. O tiro que o atingiu submeteu-o a uma delicada cirurgia com extração de parte do intestino. Em julho de 1992, precisou de uma nova internação hospitalar, desta vez para retirar um pequeno tumor também no intestino. Em 1994, em consequência de uma queda, fraturou o fêmur.

Após 84 anos de vida e quase 27 à frente da Igreja católica, João Paulo II morreu em 2 de abril de 2005. Ele foi beatificado em 1º de maio de 2011 em cerimônia presidida pelo então Papa Bento XVI na Praça São Pedro.

Texto Canção Nova

O Papa: Por que João é santo e sem pecado? Porque nunca tomou uma verdade como própria

(ACI/EWTN Noticias).- Hoje, dia em que aIgreja celebra o nascimento de São João Batista, o papa Francisco iniciou sua homilia na missa celebrada na Casa Santa Marta, felicitando a todas aquelas pessoas que se chamam João.

A figura de João Batista, disse o Papa, nem sempre é fácil de entender. “Quando pensamos em sua vida, ele é um profeta”, um “grande homem que logo termina como um homem pobre”. Portanto, quem é João? Ele mesmo, acrescentou, explica-o: “Eu sou uma voz, uma voz no deserto”, mas “é uma voz sem Palavra, porque a Palavra não é Ele, é Outro”.

Aqui está, pois, o que é o mistério de João: “Nunca se apodera da Palavra”, João “é o que significa, o que assinala”. O “sentido da vida de João é indicar outro”. Francisco disse que lhe chama muito a atenção que a “Igreja escolha para a festa de João”, um período em que os dias são os mais longos do ano, “que têm mais luz”.

E realmente João “era o homem da luz, levava a luz, mas não era sua própria luz, era uma luz refletida”. João é “como uma lua”, e quando Jesus começou a pregar, a luz de João “começou a declinar”. “Voz, não Palavra –afirmou-, luz, mas não própria”:

“João parece ser nada. Essa é a vocação de João, anular-se. E quando contemplamos a vida deste homem, tão grande, tão poderoso – todos acreditavam que ele era o Messias -, quando contemplamos essa vida, como se anula até a escuridão de uma prisão, contemplamos um grande mistério. Nós não sabemos como foram os últimos dias de João. Não sabemos. Sabemos apenas que ele foi morto, a sua cabeça colocada em uma bandeja, como grande presente para uma dançarina e uma adúltera. Eu acho que mais do que isso ele não podia se rebaixar, anular-se. Esse foi o fim de João”.

Na prisão, continuou o Santo Padre, João teve dúvidas, teve uma angústia e chamou seus discípulos para que fossem até Jesus para perguntar-lhe: “É Você, ou devemos esperar outro?”. Esta foi “justamente a escuridão, a dor de sua vida”. Nem sequer disto “salvou-se João”, continuou o Papa: “a figura de João me faz pensar muito na Igreja”:

“A Igreja existe para anunciar, para ser a voz da Palavra, de seu esposo, que é a Palavra. E a Igreja existe para anunciar esta Palavra até o martírio. Martírio precisamente nas mãos dos soberbos, dos mais soberbos da Terra. João poderia tornar-se importante, poderia dizer algo a respeito de si mesmo. ‘Mas eu conto’ somente isso: indicava, sentia-se voz, não Palavra. É o segredo de João. Por que João é santo e sem pecado? Porque nunca tomou uma verdade como própria. Não queria ser um ideólogo. Era o homem que negou a si mesmo para que a Palavra crescesse. E nós, como Igreja, podemos pedir hoje a graça de não nos tornarmos uma Igreja ideologizada…”.

A Igreja, acrescentou, deve ouvir a Palavra de Jesus e fazer-se sua voz, proclamá-la com coragem. “Esta é uma Igreja sem ideologias, sem vida própria: a Igreja que é o mysterium lunae, que tem a luz de seu Esposo e deve diminuir, para que Ele cresça”.

“Este é o modelo que João nos oferece hoje, para nós e para a Igreja. Uma Igreja que esteja sempre a serviço da Palavra. Uma Igreja que nunca tome nada para si mesma. Hoje na oração pedimos a graça da alegria, pedimos ao Senhor para animar esta Igreja no serviço à Palavra, de ser a voz desta Palavra, pregar esta Palavra”.

“Peçamos a graça de imitar a João, sem ideias próprias, sem um Evangelho tomado como propriedade, apenas Igreja-voz que assinala a Palavra, e isto até o martírio”.

O Beato João Paulo II pode ser canonizado ainda este ano

Do blog Eclesia Una uma ótima notícia para nós católicos.

Por Andrea Tornielli – Tradução: Ecclesia Una | “Santo subito!”: a canonização do Papa Wojtyla caminha a passos largos e poderia ser celebrada já no próximo mês de outubro. Papa João Paulo IIDe fato, nos últimos dias, a Comissão Médica da Congregação para as Causas dos Santos reconheceu que é inexplicável uma cura atribuída ao beato João Paulo II. Um suposto “milagre” que, se aprovado também pelos teólogos e cardeais – o que é muito provável –, fará com que o Pontífice polaco, que morreu em 2005, obtenha a auréola de santo em um tempo recorde, apenas oito anos depois de sua morte.

Tudo aconteceu em grande segredo, com a máxima discrição. Em janeiro, o postulador da causa, mons. Slawomir Oder, apresentou uma possível cura milagrosa à Congregação vaticana para os santos, para uma opinião preliminar. Como é sabido, depois da aprovação de um milagre para a proclamação de um beato, o procedimento canônico prevê o reconhecimento de um segundo milagre que deve acontecer depois da cerimônia de beatificação.

Dois médicos da comissão vaticana examinaram previamente este novo caso, e ambos deram um ditame favorável. O dossiê com os registros médicos e os testemunhos foi então apresentado oficialmente ao dicastério, que imediatamente o incluiu em sua agenda, para ser examinado. Nos últimos dias, o tema foi discutido por uma comissão de sete médicos, presidida pelo doutor Patrizio Polisca, cardiologista de João Paulo II, médico pessoal de Bento XVI e, agora, do Papa Francisco. A comissão médica também deu um parecer favorável, a primeira via livre oficial por parte do Vaticano, definindo como inexplicável a cura atribuída à intercessão do beato Karol Wojtyla.

Trata-se da superação do primeiro obstáculo fundamental, já que o suposto milagre terá agora que ser aprovado pelos teólogos e logo pelos cardeais e bispos da Congregação, antes de ser submetido ao Papa para o “sim” definitivo. Mas, de todo modo, o trâmite da comissão é considerado o passo mais importante: nem os teólogos nem os cardeais entram de fato nas valorações clínicas relativas ao caso.

Fica evidente, pelos passos que já foram dados, a vontade da Congregação para as Causas dos Santos de proceder de maneira rápida, como aconteceu com a beatificação de João Paulo II, celebrada por seu sucessor Bento XVI, em 1º de maio de 2011. Esta larga estrada que segue aberta para Wojtyla indica que também o Papa Francisco está a favor da canonização do Pontífice polaco.

Todavia, é prematuro falar de datas para a canonização, mas a rapidez com a qual está acontecendo o processo do milagre deixa aberta a possibilidade de que se celebre no domingo, dia 20 de outubro, aproveitando a festa litúrgica assinalada para o bem-aventurado Wojtyla, fixada em 22 de outubro.

A canonização tornará João Paulo II o segundo Papa santo do último século, depois de Pio X. Outros dois Papas beatificados mas não declarados santos são Pio IX e João XXIII. Outro Pontífice que está vendo chegar sua beatificação é Paulo VI: depois da conclusão do processo já foi apresentado à Congregação para as Causas dos Santos um milagre atribuído a sua intercessão. Espera-se, por outro lado, a indicação de um milagre para a causa de Pio XII. Enquanto isso, o processo do Papa Luciani já se encontra em fase avançada. Como se vê, a história do papado do século XX está cheia de auréolas.

5º dia da novena de São Sebastião

História

Sebastião foi executado então com pauladas e boladas de chumbo, sendo açoitado até a morte, no dia 20 de janeiro de 288. Os algozes cumpriram a ordem e, para evitar a sua veneração, foi jogado numa fossa, de onde a piedosa cristã Santa Luciana o tirou, para sepulta-lo junto de São Pedro e São Paulo.

ORAÇÃO PARA TODOS OS DIAS

São Sebastião rogai por nós!!

São Sebastião, Rogai por Nós!

São Sebastião, Rogai por Nós!

São Sebastião, Rogai por Nós!

Oh! Glorioso Mártir São Sebastião, vós que derramastes vosso sangue, e destes vossa vida  em testemunho da fé em Nosso Senhor Jesus Cristo.

Oh! Glorioso Mártir São Sebastião, alcançai deste mesmo Senhor, a graça de sermos vencedores dos nossos verdadeiros inimigos: o ter, o poder e o prazer.

Oh! Glorioso Mártir São Sebastião, protegei com a vossa intercessão, livrai-nos de todo o mal, de toda a epidemia corporal, moral e espiritual. Fazei que se convertam para Jesus àqueles que se perderam na fé, ajudai que o justo persevere até o fim na fé.

Oh! Deus e eterno, que pela intercessão de São Sebastião Vosso Glorioso Mártir, encorajastes os cristãos encarcerados e livrastes cidades inteiras do contágio da peste.

Atendei hoje, nossas súplicas que confiantes vos apresentamos.

Socorrei-nos em nossas necessidades, alivie-nos nas nossas angústias, livre das enchentes, proteja os agricultores, guarde as lavouras.

Pedimos também: Oh! Glorioso São Sebastião, curai os doentes e livrai-nos do contágio.

São Sebastião, Rogai por Nós!

São Sebastião, Rogai por Nós!

São Sebastião, Rogai por Nós!

Amém.

PEDIDO

Hoje nós continuaremos a rezar pelo viciados em drogas e pediremos novamente pelos desabrigados na região sudeste, em especial os de Minas Gerais e Rio de Janeiro. Pedimos a São Sebastião que peça a Deus as bençãos para as vitimas das chuvas destes mês. Pedimos ainda que Deus conceda a paz e a alegria da vida àqueles que sobreviveram a essa tragédia. Faça seu pedido também.

ORAÇÃO FINAL

Oração a São Sebastião

Deus onipotente, que conheceis a nossa enfermidade, fraqueza, agonia ,ânsia e tribulações desta vida, fazei que a todos nos valha a intercessão de São Sebastião seu glorioso mártir e protetor dos cristãos. São Sebastião, meu intercessor ,vós que sofrestes os ferimentos e recebestes no corpo as flechas da indiferença e da vingança ,sofrendo vil e infamante processo, pela gloria de Nosso Senhor Jesus Cristo, dignai-vos a interceder para que possa obter do Altíssimo a graça de (citar aqui a graça desejada), e ainda a graça da salvação da minha alma para vossa maior gloria. Honra e gloria vos renderei em todos os dias de minha vida Amém.

Glorioso São Sebastião, rogai por nós! Amém.

Você sabe como uma pessoa se torna santo? Veja as etapas do processo de santificação

Antigamente somente o Papa podia promover uma causa de canonização, mas hoje em dia, os bispos têm autoridade para isso. Portanto em qualquer diocese do mundo pode-se iniciar uma causa de canonização.

Para cada causa é escolhido pelo bispo um postulador, espécie de advogado, que tem a tarefa de investigar detalhadamente a vida do candidato para conhecer sua fama de santidade.

Quando a causa é iniciada, o candidato recebe o título de Servo de Deus. O primeiro processo é o das virtudes ou martírio. Este é o passo mais demorado porque o postulador deve investigar minuciosamente a vida do Servo de Deus. Em se tratando de um mártir, devem ser estudadas as circunstâncias que envolveram sua morte para comprovar se houve realmente o martírio. Ao terminar este processo, a pessoa é considerada Venerável.

O segundo processo é o milagre da beatificação. Para se tornar beato é necessário comprovar um milagre ocorrido por sua intercessão. No caso dos mártires, não é necessária a comprovação de milagre. Irmã Lindalva passou a ser Venerável em 16 de dezembro de 2006, quando o decreto do seu martírio como serva de Deus foi promulgado. Agora é aguardada a cerimônia da beatificação, já que ela é dispensada de milagre.

O terceiro e último processo é o milagre para a canonização. Este tem que ter ocorrido após a beatificação. Comprovado este milagre o beato é canonizado e o novo Santo passa a ser cultuado universalmente.

Fonte Canção Nova

Comercial da Red Bull: ataque a fé cristã?

O comercial da Red Bull vem causando indignação entres os cristãs. Protestos nas redes sócias dizendo que não gostam ou não apoiam a ideia da publicidade se espalharam durante  a semana passada e podem até aumentar ou simplesmente cair no esquecimento durante  essa semana. Contudo o assunto merece ser debatido. Afinal deixa algumas perguntas no ar.

A primeira que me faço é se a marca ao publicar o comercial está atacando a fé cristã. Dúvida esta que me faz lembrar dos meus tempos de faculdades ao lado de amigos publicitários e jornalistas. Me faz lembrar também dos ensinamentos sobre as palavras e aulas de semiótica. Disciplina que auxilia-nos no conhecimento para direcionarmos cores, palavras e seus significados para o leitor, mesmo que de forma subliminar.

Sobre o texto e imagens do comercial podemos inferir várias coisas a respeito, afinal as palavras quando bem usadas falam alem de sua real significância. Está entre linhas, como costumamos dizer.  As imagens nos ajudam ainda mais a compreender o que realmente está sendo dito.

 No caso da publicidade da Red Bull, eu, enquanto comunicador vejo que a ideia foi brilhante do ponto de vista publicitário, afinal falem bem ou falem mal, falem de mim. Isso faz com o vídeo se torne viral, meme (moda na internet). Desta forma a marca sempre será lembrada, pois gera polêmica. Contudo eles ainda ficaram receosos de atribuir a caminhada de Jesus a asas da bebida sempre divulgadas em suas peças.

Opinando sobre a parte que realmente cabe a este post, a religião cristã, é obvio que os texto e imagens falam muito mais do que realmente quer dizer. Não sei se foi feito com essa intenção, mas como comunicador tenho de admitir que não fazemos nada sem intenção. Tudo tem propósito. O vídeo tem os seu. Vender e colocar a marca mais ainda em evidência. As entre linhas do texto e das imagens mostram realmente desfragmentam a doutrina cristã. Desmente a bíblia. Vai de encontro a fé propagada pela Igreja no mundo.

Quando os apóstolos perguntam como Jesus anda sobre as águas e ele responde que é só olhar onde há pedras, o texto coloca um Cristo esperto e não santo. Portanto desmistifica a figura divina de Jesus. O apresenta como um homem inteligente. Posso dizer mais ainda, o texto junto a imagem coloca Jesus em situação que os cristãos nunca o viram e nunca o verão, de fraude.

Dizer que Jesus apenas olhou onde havia pedras para andar sobre as águas é o mesmo que dizer que sua divindade não existiu e portanto seus ensinamentos são mentiras, pois sua sabedoria não provém do Pai.

Outras dúvidas existem a cerca deste vídeo publicitário. Onde é o limite de um comunicador? Dá para fazer campanhas publicitárias legais sem atacar as crenças, raças, gêneros da sociedade? Nós cristãos devemos censurar? Para mim o limite é aquele ditado antigo que “onde termina o meu começa o seu”. Temos é que descobrir onde começa o do outro, para isso é fácil, basta respeitar a opinião de cada um e lembrar Paulo que dizia que tudo me é permitido, mas nem tudo me convém. Quanto as peças publicitárias sem atacar credos, raças, gêneros e outras é possível sim. Exemplo disso são os Pôneis Malditos da Nissan, que viraram febre sem atacar ninguém.

Quanto a censura, vou responder mais claramente a primeira: o vídeo é um ataque a fé cristã? Eu penso que sim. Pode não ter sido a ideia principal, mas ficou claro no texto a desmistificação de Jesus como Filho de Deus. Quanto a censura, penso que não devemos nos preocupar com isso, afinal nossa fé deve ser maior que qualquer coisa que nos ataque e ataque a nossa crença. Para concluir essa ideia lembro a vocês a única bem-aventurança do Evangelho de João. Não  me lembro agora o capítulo e versículo mas lembro o que está lá. “Felizes os que creem sem terem visto” e só isso me basta. Acredito que Jesus é Filho de Deus e nossa salvador e não há comercial ou pessoas que afaste deste pensamento e de minha fé em Cristo Santo, Santo, Santo.

por Marquione Ban

5º dia da novena de São Sebastião

História

Sebastião foi executado então com pauladas e boladas de chumbo, sendo açoitado até a morte, no dia 20 de janeiro de 288. Os algozes cumpriram a ordem e, para evitar a sua veneração, foi jogado numa fossa, de onde a piedosa cristã Santa Luciana o tirou, para sepulta-lo junto de São Pedro e São Paulo.

ORAÇÃO PARA TODOS OS DIAS

São Sebastião rogai por nós!!

São Sebastião, Rogai por Nós!

São Sebastião, Rogai por Nós!

São Sebastião, Rogai por Nós!

Oh! Glorioso Mártir São Sebastião, vós que derramastes vosso sangue, e destes vossa vida  em testemunho da fé em Nosso Senhor Jesus Cristo.

Oh! Glorioso Mártir São Sebastião, alcançai deste mesmo Senhor, a graça de sermos vencedores dos nossos verdadeiros inimigos: o ter, o poder e o prazer.

Oh! Glorioso Mártir São Sebastião, protegei com a vossa intercessão, livrai-nos de todo o mal, de toda a epidemia corporal, moral e espiritual. Fazei que se convertam para Jesus àqueles que se perderam na fé, ajudai que o justo persevere até o fim na fé.

Oh! Deus e eterno, que pela intercessão de São Sebastião Vosso Glorioso Mártir, encorajastes os cristãos encarcerados e livrastes cidades inteiras do contágio da peste.

Atendei hoje, nossas súplicas que confiantes vos apresentamos.

Socorrei-nos em nossas necessidades, alivie-nos nas nossas angústias, livre das enchentes, proteja os agricultores, guarde as lavouras.

Pedimos também: Oh! Glorioso São Sebastião, curai os doentes e livrai-nos do contágio.

São Sebastião, Rogai por Nós!

São Sebastião, Rogai por Nós!

São Sebastião, Rogai por Nós!

Amém.

PEDIDO

Hoje nós continuaremos a rezar pelo viciados em drogas e pediremos novamente pelos desabrigados na região sudeste, em especial os de Minas Gerais e Rio de Janeiro. Pedimos a São Sebastião que peça a Deus as bençãos para as vitimas das chuvas destes mês. Pedimos ainda que Deus conceda a paz e a alegria da vida àqueles que sobreviveram a essa tragédia. Faça seu pedido também.

ORAÇÃO FINAL

Oração a São Sebastião

Deus onipotente, que conheceis a nossa enfermidade, fraqueza, agonia ,ânsia e tribulações desta vida, fazei que a todos nos valha a intercessão de São Sebastião seu glorioso mártir e protetor dos cristãos. São Sebastião, meu intercessor ,vós que sofrestes os ferimentos e recebestes no corpo as flechas da indiferença e da vingança ,sofrendo vil e infamante processo, pela gloria de Nosso Senhor Jesus Cristo, dignai-vos a interceder para que possa obter do Altíssimo a graça de (citar aqui a graça desejada), e ainda a graça da salvação da minha alma para vossa maior gloria. Honra e gloria vos renderei em todos os dias de minha vida Amém.

Glorioso São Sebastião, rogai por nós! Amém.

Santo, somente Santo e totalmente Santo

“Em primeiro lugar, não hesito em dizer que o horizonte para que deve tender todo o caminho pastoral é a santidade” (João Paulo II, Novo Millennio Ineunte, 30).

Quando eu ainda era seminarista, em Roma, assisti a uma palestra de Dom Hérder Câmara, que nunca me esqueci. Dizia ele com aquela sua forma peculiar de ser profeta-poeta-atorl: “tem gente que tem jeito de santo, mas santo não é; tem cara de santo, mas santo não é; tem gosto de santo, mas santo não é; tem cheiro de santo, mas santo não é…” Aquela frase, pronunciada repetidamente e completada por nós estudantes, foi tomando forma de ladainha: mas santo não é, mas santo não é, mas santo não é…

Santidade é a totalidade dos dons e carismas do Espírito. Santidade é a plenitude do amor, da fé, da graça e dos outros bens da salvação. Santo é um atributo e uma definição do próprio Deus. Santo, somente Santo e totalmente Santo é Deus Pai. Santo, somente Santo e totalmente Santo é o Espírito Santo. Santo, somente Santo e totalmente Santo é Jesus que, além do mais, é fonte de toda santidade. Ele é três vezes Santo, mil vezes Santo.

A santidade é também a vontade e o desejo de Deus (ITs 4,3) para conosco: “sede santos como eu sou Santo”. Desta sua santidade todos nós participamos. A nossa é uma vocação à santidade. O cristão é o contrário de uma árvore. Enquanto a árvore tem suas raízes fincadas no chão e cresce para cima, o cristão ao contrário, tem suas raízes no céu e seus ramos voltados para a terra para santificá-la, pois, como diz Paulo, a “nossa pátria é o céu” (Fil 3,20) Certamente uma árvore estranha esta árvore cristã. Mas vale pela analogia.

Pela proximidade da festa, com a qual a Igreja presta homenagem a todos os santos e as santas de Deus, se colocarmos, como pede o papa, acima citado, a santidade como horizonte de todo projeto pastoral podemos ter a certeza de que alcançaríamos este desejo do Senhor. Um dos frutos do cristianismo é produzir santo e santa. O Evangelho só produz santo. A nossa é a Igreja dos santos. Celebrar a festa de um único santo já é uma graça, imagine celebrar todos os santos e todas santas de Deus juntos e num único dia: todos os carismas, todas as graças e todos os dons de santidade juntos.

Creio na comunhão dos santos porque os santos são nossos meus amigos e meus irmãos na fé. São Pedro é meu amigo e meu irmão. São Paulo é meu amigo e meu irmão. Francisco, Antonio, Raimundo são meus amigos e meus irmãos. Maria, Teresa, Clara, Catarina, Teresinha… são minhas amigas e minhas irmãs: rogam por mim, intercedem por mim, oram por mim. Quando eu vejo pregadores, curandeiros, milagreiros, pastores, apóstolos, “bispos” e “bispas”, com jeitos, caras, gostos, cheiros de santos, fazendo milagres, curando, mudando a sorte das pessoas, eu penso nos meus amigos e irmãos santos e santas. Porque se eles podem fazer obrar milagres, muito mais podem os santos que estão mais próximos de Deus. Estas pessoas estão ocupando o lugar dos santos, fazendo papeis de santos. Para nós católicos estes poderes miraculosos são reservados somente aos santos e às santas de Deus. Se um comedor de feijão pode fazer milagre, um santo também pode e deve.

Por fim, o meu pedido ao Pai Santo, a Jesus Santo e o Espírito Santo, na festa de todos os santos, é que a Igreja e a sua missão sejam santas; é que o clero, os consagrados e o povo sejam santos; é que a vida, a fé e o amor sejam santos.

Daí a minha conclusão: creio, amo, venero e quero ser santo, somente santo e totalmente santo. Amém!

5º dia da novena de São Sebastião

História

Sebastião foi executado então com pauladas e boladas de chumbo, sendo açoitado até a morte, no dia 20 de janeiro de 288. Os algozes cumpriram a ordem e, para evitar a sua veneração, foi jogado numa fossa, de onde a piedosa cristã Santa Luciana o tirou, para sepulta-lo junto de São Pedro e São Paulo
.

ORAÇÃO PARA TODOS OS DIAS

São Sebastião rogai por nós!!

São Sebastião, Rogai por Nós!

São Sebastião, Rogai por Nós!

São Sebastião, Rogai por Nós!

Oh! Glorioso Mártir São Sebastião, vós que derramastes vosso sangue, e destes vossa vida  em testemunho da fé em Nosso Senhor Jesus Cristo.

Oh! Glorioso Mártir São Sebastião, alcançai deste mesmo Senhor, a graça de sermos vencedores dos nossos verdadeiros inimigos: o ter, o poder e o prazer.

Oh! Glorioso Mártir São Sebastião, protegei com a vossa intercessão, livrai-nos de todo o mal, de toda a epidemia corporal, moral e espiritual. Fazei que se convertam para Jesus àqueles que se perderam na fé, ajudai que o justo persevere até o fim na fé.

Oh! Deus e eterno, que pela intercessão de São Sebastião Vosso Glorioso Mártir, encorajastes os cristãos encarcerados e livrastes cidades inteiras do contágio da peste.

Atendei hoje, nossas súplicas que confiantes vos apresentamos.

Socorrei-nos em nossas necessidades, alivie-nos nas nossas angústias, livre das enchentes, proteja os agricultores, guarde as lavouras.

Pedimos também: Oh! Glorioso São Sebastião, curai os doentes e livrai-nos do contágio.

São Sebastião, Rogai por Nós!

São Sebastião, Rogai por Nós!

São Sebastião, Rogai por Nós!

Amém.

PEDIDO

Hoje nós continuaremos a rezar pelo viciados em drogas e pediremos novamente pelos desabrigados na região sudeste, em especial os da região serrana no Rio de Janeiro. Pedimos a São Sebastião que peça a Deus as bençãos para as vitimas das chuvas destes dias e que não mais chova assim. Pedimos ainda que Deus conceda a paz e a alegria da vida àqueles que sobreviveram a essa tragédia. Faça seu pedido também.

ORAÇÃO FINAL

Oração a São Sebastião

Deus onipotente, que conheceis a nossa enfermidade, fraqueza, agonia ,ânsia e tribulações desta vida, fazei que a todos nos valha a intercessão de São Sebastião seu glorioso mártir e protetor dos cristãos. São Sebastião, meu intercessor ,vós que sofrestes os ferimentos e recebestes no corpo as flechas da indiferença e da vingança ,sofrendo vil e infamante processo, pela gloria de Nosso Senhor Jesus Cristo, dignai-vos a interceder para que possa obter do Altíssimo a graça de (citar aqui a graça desejada), e ainda a graça da salvação da minha alma para vossa maior gloria. Honra e gloria vos renderei em todos os dias de minha vida Amém.

Glorioso São Sebastião, rogai por nós! Amém.