POLÊMICA: Padre celebra missa em córrego poluído

padre nelson

Os moradores da região do Jardim Capivari, em Campinas, participaram na manhã deste domingo de uma missa um tanto inusitada. A missa foi celebrada pelo Padre Nelson Ferreira de Campos, da Paróquia de Santa Luzia, dentro do córrego extremamente poluído do Rio Capivari. A solenidade encerrou a Sétima Caminhada Pela Vida, organizada pela paróquia que reúne oito comunidades da região. Centenas de fiéis participaram da caminhada que saiu por volta das 9h30, em frente a igreja de Santo Antônio, no Parque Ipiranga. Eles percorreram cerca de cinco quilômetros até chegarem ao córrego que é tomado por muita sujeira.

Ao longo do caminhada , os fiéis paravam e encenavam por alguns minutos situações do cotidiano que remetiam aos problemas da comunidade. Em uma das paradas adultos e crianças encenaram o descaso do poder público com o setor da saúde . Em uma outra parada os fiéis prestaram uma homenagem aos quatro jovens que foram vitimas em uma chacina que já completou um ano sem nenhuma solução.

O ponto alto da caminhada foi a missa celebrada pelo Padre Nelson dentro do fétido córrego. Segundo o religioso o local foi escolhido como forma de protesto contra o descaso do poder público com a população das periferias da cidade.

Fonte e foto CBN

/////////////////

Opinião

Entendo a necessidade de protestar e defender o meio ambiente, afinal isso implica na defesa da vida como um todo. Não há como defender a vida humana sem preservar o meio em que vivemos. No entanto, é muito estranho levar o Corpo de Cristo, presente na Eucaristia, para o meio do esgoto com intuito de protestar. O sentido da missa não é esse. Ao menos aprendi assim. Se mudou, me informem. Mas não creio.

A missa é a base e o cume de nossa fé. Nela se dá o sacrifício final para nos salvar da morte definitiva e nos garantir a participação na vida eterna. Missa é santa. Não é cartaz de protesto. Não é ato pela defesa do meio ambiente. Missa é a oração perfeita em sintonia com Deus.

Isso que li e vi acima, é algo impertinente, para não dizer outras coisas que me vem à mente, à conduta de qualquer sacerdote e de qualquer fiel. Sei que estou julgando, mas a igreja nos apresenta opções tão lindas de debatermos e lutarmos por essas questões, por que não usá-las? Por que profanar a Santa Eucaristia?

Rezo e continuo a orar por nós fiéis para que realmente sejamos fiéis.

3 comentários em “POLÊMICA: Padre celebra missa em córrego poluído”

  1. Está mais para missa negra mesmo… missa blásfema. O padre poderia também comemorar o aniversário de sua mãezinha ali.

    Curtir

Deixe uma resposta para Alexandre Marcos G. M. da Fonseca Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s