Jovem homossexual francês inventou telefonema do Papa Francisco

 

 (ACI/EWTN Noticias).- O subdiretor do Escritório de Imprensa da Santa Sé, Padre Ciro Benedittini, esclareceu nesta manhã que “não houve absolutamente um telefonema por parte do Papa a um jovem homossexual francês. É mais, não houve nenhuma ligação para a França”, em alusão a uma informação dada por importantes jornais da região.

O Pe. Benedittini explicou que o Papa Francisco desconhece a língua francesa e assim desmentiu as afirmações atribuídas a Christophe Trutino, um jovem de 25 anos de Toulouse que se declara homossexual e católico praticante.

Trutino contatou o jornal ‘Depeche du Midi’ para narrar a sua história e jornais como Le Figaro, um dos mais importantes da França, recolheram a notícia.

Trutino assegurava ter recebido o telefonema do Papa Francisco e narrou que ele lhe falou que a “sua homossexualidade não é grave”, como resposta a uma carta que teria escrito ao Papa.

O jovem disse que recebeu a ligação atribuída ao Papa em 29 de agosto às 2 p.m.. O jovem contou que o Papa lhe disse: “Olá, sou o Papa Francisco. Recebi a carta que me mandaste. É necessário ser corajosos, continuar acreditando, orando, e sendo bons”.

Ao final da ligação, o Papa lhe teria pedido orar por Ele, como costuma fazer, e lhe teria assegurado rezar por ele.

Na suposta carta, o jovem explicaria ao Papa que o debate na França em torno ao matrimônio homossexual o tinha impactado e o tinha levado a duvidar de sua própria fé.

Anúncios

3 comentários sobre “Jovem homossexual francês inventou telefonema do Papa Francisco

  1. Eder

    O Papa como nunca ,aceitara as praticas homossexuais e dira que é aceitavel..porque nao é,mas sempre dira que ama o pecador, como qualquer outro pecador e ora e pede que nos convertamos como qualquer outro pecado,entendam isso,todos os homossexuais.A liberdade que buscam é a prisao para a libertinagem e a entrega total ao pecado…somos todos pecadores,como qualquer outro pecado que nos faça pecadores,mas devemos ter a consciencia e a fe ao nosso lado para mudarmos o nosso pensar e o nosso agir e crer mais e entregar mais ao Nosso bondoso e misericordioso Jesus Cristo.Paz e bem a todos. Eder Ipatinga.

    Curtir

    1. Paz e Bem Eder! Obrigado pelo comentário. Concordo com você. Nunca o Papa ia aceitar o pecado. O pecador sim, afim de orientá-lo a resistir ao pecado da homossexualidade. Oremos contra o lobby gay que a cada dia tenta convencionar que esse ato é natural e normal.

      Curtir

  2. Mentira do rapaz, com certeza!

    Já começa que o Papa Francisco dificilmente se apresenta como “Papa”, preferindo “Bispo de Roma”. Como disseram, realmente o Papa não fala nem nunca foi ouvido ter ele falado francês. Terceiro: a homossexualidade não é pecado, mas uma tentação que leva ao pecado (da sodomia ou qualquer contato libidinoso com pessoas do mesmo sexo), não sendo “grave”, mas perigosa e que exige esforço para superar.

    Tentativa bem chinfrim dessa raça de mentirosos do inferno!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s