A vida nos mostra sempre a sua força: recém-nascido encontrado vivo em tubulação de esgoto

Criança sobrevive a descarga e é encontrada em tubulação de esgoto
Criança sobrevive a descarga e é encontrada em tubulação de esgoto

Na China, a criança acima, foi acidentalmente jogada esgoto abaixo. A queda de um recém-nascido em uma tubulação de esgoto na China foi acidental e a mãe não será indiciada, informaram as autoridades locais nesta quarta-feira, antes de destacar que a criança está com boa saúde.

A mãe, solteira de 22 anos e cujo nome não foi divulgado, admitiu à polícia dois dias depois do resgate que tinha dado à luz o bebê em segredo em um banheiro do condomínio em que vivia. O pai da criança, segundo explicou, não queria assumir a criança e ela não se submeteu a um aborto – bastante comum como método anticoncepcional na China – porque não tinha dinheiro para pagar pelo procedimento. A moça então manteve a gestação em segredo, vestindo roupas largas e apertando a barriga.

Segundo sua versão, a jovem deu à luz de maneira surpreendente quando estava em um vaso de estilo turco no sábado. A criança escorregou e caiu na tubulação. Após tentar tirá-lo, sem sucesso, e com medo de que descobrissem que ela era a mãe, avisou ao dono da casa sobre o bebê e esse, por sua vez, chamou os serviços de emergência.

A polícia de Jinhua, na província oriental de Zhejiang, confirmou que o recém-nascido caiu na tubulação e ficou preso. “Nossas investigações mostram que foi um acidente”, disse à AFP uma fonte policial, que pediu anonimato e confirmou que mãe não será acusada.

O bebê de 2,3 kg – identificado apenas como 59, o número de sua incubadora no hospital – permaneceu preso de duas a três horas na tubulação e sofreu alguns cortes no rosto, pernas e braços. Após encontrarem a criança, os serviços de resgate demoraram mais de uma hora para cortar o trecho da tubulação de 10 cm de diâmetro, utilizando serras e alicates para retirar o recém-nascido.

O bebê foi levado para um hospital e colocada em uma incubadora. O diretor do hospital, Wu Xinhong, disse que a criança está bem e pronta para receber alta. “O estado dele é bom, mas os familiares ainda não vieram buscá-lo”, disse à AFP.

A mãe do recém-nascido, que renunciou à guarda da criança, está em condição grave por complicações durante o parto. As autoridades ainda procuram o pai do bebê.

O fato gerou milhares de comentários nas principais redes sociais do país, entre elas, a Weibo – o Twitter chinês – onde os cidadãos manifestaram seu assombro pelo ocorrido e se multiplicaram as ofertas de ajuda ao bebê.

Com informações das agências EFE e AFP

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s