Uma defesa da vida: Carta de “San Jose” é apresentada no Uruguai

Um documento pró-vida batizado de “San Jose Articles” (www.sanjosearticles.org) está se espalhando por vários países. Também conhecido como a “Carta de San José”, o manifesto foi apresentado recentemente na Itália, nas Filipinas e no Uruguai.

Os artigos contêm uma série de declarações sobre a inviolabilidade da vida humana e insistem na inexistência em âmbito internacional de um suposto “direito” ao aborto. O documento foi concebido como um auxílio para combater as agências e representantes da Organização das Nações Unidas que continuam proclamando a existência de um tal direito.

O documento foi assinado por um grupo de estudiosos de renome internacional, incluindo Robert George, da Universidade de Princeton (EUA), John Haldane, da Universidade de St. Andrews (Escócia), e Finnes John, da Universidade de Oxford (Inglaterra). O texto também tem o apoio de vários políticos importantes, como a europarlamentar Anna Zaborska e a ex-ministra francesa Christine Boutin, candidata às presidenciais de 2012.

De acordo com a última edição do Friday Fax (23 de novembro) do Catholic Family & Human Rights Institute (C-FAM), a Carta foi divulgada recentemente em Cebu, nas Filipinas, durante o Congresso Nacional das Filipinas para a Vida. A reunião contou com a presença do ex-líder da maioria no Senado filipino, Francisco Tatad, e do arcebispo de Cebu, Dom José Serofia Palma.

“Os artigos de San José têm basicamente a função de combater as falsas alegações de um direito internacional ao aborto, mas também constituem um grande incentivo na luta contra a contracepção e a esterilização imposta de fora”, disse Tatad ao Friday Fax.

Friday Fax publica uma lista “impressionante” de personalidades que lançaram recentemente a Carta no parlamento do Uruguai, incluindo desde parlamentar até jogador de futebol famoso.

O texto também foi lançado no mês passado em Madri, Londres e Estrasburgo, e, no início de novembro, em Roma. Entre os apoiadores há personalidades como Giuseppe Benagiano, professor da Universidade La Sapienza e Secretário-Geral da Federação Internacional de Ginecologia e Obstetrícia, e Luca Volontè, líder do Partido Popular Europeu (PPE) na Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa.

Fonte ZENIT.org

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s