Padre que cantou paródia da Anitta em formatura pede desculpas

Padre Hewerton de Castro Alves
Padre Hewerton de Castro Alves, pediu desculpas pela escolha do repertório

Um vídeo bombou no Youtube nas últimas semanas e gerou muita polêmica entre os fiéis católicos de todo o país. Esse vídeo é o do padre Hewerton de Castro. No vídeo, ele canta e dança uma versão parodiada da música secular “Show das Poderosas”, hit da cantora de funck Anitta em uma cerimônia ecumênica de formatura do curso de direito na Universidade Católica de Pernambuco. A repercussão foi imediata, não só nas redes sociais mas também na paróquia Santa Luzia, no bairro de Areias, no Recife.

Depois de tamanha repercussão, Padre Hewerton de Castro Alves, pediu desculpas pela escolha do repertório durante uma cerimônia de formatura, no dia 13 de janeiro. No vídeo é possível observar que, Padre Hewerton gesticula, canta a letra com referência a Jesus e faz sinal de “chifrinho” após o verso “quando começo a louvar, eu te enlouqueço, eu sei”. No final, após imitar Anitta com a palma da mão aberta em “pre-pa-ra”, ele manda beijo “para as minhas fãs que estão aqui”.

Veja o vídeo AQUI

Arquidiocese de Olinda e Recife

Mesmo com 50 mil visualizações, a performance do padre não agradou ao fiéis católicos e pelo que parece à Arquidiocese de Olinda e Recife. O problema está no conteúdo sexual da versão original.  Aí foi o motivo que muitos católicos se espantaram. O fato de usar de artifícios do mundo moderno para evangelizar não foi o problema.

De acordo com informações do UOL, assim que o vídeo começou a ser compartilhado, o padre foi chamado para uma conversa com o arcebispo de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido. Logo em seguida, Hewerton divulgou uma nota afirmando que a música é uma versão já conhecida e apresentada durante a Jornada Mundial da Juventude, durante a visita do Papa Francisco, em julho do ano passado.

Isso mesmo, há uma primeira versão feita para divulgar a JMJ.

Segundo o UOL, o arquidiocese não afastou o padre de suas funções.

O pedido

Em nota, o padre se desculpou pelo ocorrido e afirmou que sua intenção não escandalizar.

“Creio que, de fato, não fui feliz em cantá-la em um culto de formatura, mas a intenção sempre, de minha parte, foi de trazer os jovens para mais perto da igreja. A intenção não foi jamais de afrontar ou escandalizar pessoa alguma”. Padre Hewerton de Castro Alves

Com informações do UOL

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s