“A mãe do meu Senhor vem me visitar”

Minha cidade está comemorando 50 anos de emancipação. Parabéns Ipatinga-MG!

Para comemorar, “a mãe de meu Senhor vem me visitar”.

Visita 01

Há 50 anos, o mundo “perdia” o Papa Bom

Cidade do Vaticano (RV) – No dia 3 de junho de 50 anos atrás, em 1963, morreu João XXIII, o “Papa Bom”.

Angelo Giuseppe Roncalli nasceu em Sotto il Monte, na Província de Bergamo, norte da Itália, em 25 de novembro de 1881. Foi eleito o 261° Papa em 28 de outubro de 1958, sucedendo Pio XII.

Desde o início, João XXIII revelou um estilo que refletia a sua personalidade humana e sacerdotal amadurecida através de inúmeras experiências: foi professor, capelão militar e teve uma longa carreira diplomática.

Preocupou-se com o aspecto pastoral do seu ministério, ressaltando sua natureza episcopal enquanto Bispo de Roma. Multiplicou o contato com os fiéis por meio de visitas a paróquias, hospitais e cárceres. Sua maior contribuição, todavia, foi a convocação do Concílio Vaticano II – cujo anúncio foi feito na Basílica de S. Paulo em 25 de abril de 1959. Tratou-se de uma decisão pessoal de João XXIII, depois de colóquios com seus colaboradores e com o Secretário de Estado, Cardeal Tardini. A finalidade deste evento, detalhada no discurso de abertura em 11 de outubro de 1962, era original: não se tratava de definir novas verdades, mas de repropor a doutrina tradicional de maneira mais apta à sensibilidade moderna.

Na perspectiva de uma atualização de toda a vida da Igreja, João XXIII convidava a privilegiar a misericórdia e o diálogo com o mundo, numa consciência renovada de que a missão eclesial abraça todos os homens. Nesta abertura universal, não podiam ficar de fora as várias confissões cristãs, convidadas também elas a participarem do Concílio para dar início a um caminho de aproximação. No decorrer da primeira fase, pôde-se constatar que João XXIII queria um Concílio realmente deliberativo, do qual respeitou as decisões depois que todos tiveram modo de se expressar e de se confrontar.

O “Papa Bom” assumiu a Igreja no auge da “guerra fria” entre as democracias ocidentais e os países do bloco comunista – situação que rechaçava de maneira amável, mas enérgica.

Na primavera de 1963, lhe foi conferido o Prêmio “Balzan”, que testemunhava seu empenho em favor da paz com a publicação das Encíclicas Mater et Magistra (1961) e Pacem in terris(1963).

Nelas, estão indicados as tarefas e os deveres da Igreja Católica no mundo contemporâneo, e os itinerários e as metas de natureza política que devem levar o mundo da “coexistência” sempre mais precária entre os Estados à “convivência” entre regimes contrapostos e etnias diferentes.

João XXIII não somente pregava que tudo isso deve ser feito, mas que pode ser feito. Sua grande popularidade deriva de sua capacidade singular de comunicar esperança a todos, de indicar o caminho de uma paz que não é somente ausência de conflitos armados, mas orientada sobretudo ao ser humano.

Morreu na noite de 3 de junho de 1963 e foi beatificado por João Paulo II em 3 de setembro de 2000.

Para marcar esta data, a Diocese de Bergamo organizou uma peregrinação ao Vaticano, que se concluirá esta tarde com a celebração da Santa Missa na Basílica de S. Pedro. No final da celebração, o Papa Francisco irá até a Basílica e pronunciará um breve discurso.
(BF)

Paróquia São Sebastião de Timóteo-MG lança sele comemorativo de seus 50 anos

Selo comemorativo do jubileu de ouro da paróquia São Sebastião.
Selo comemorativo do jubileu de ouro da paróquia São Sebastião.

Continuando às comemorações dos 50 Anos de instalação da paróquia de São Sebastião de Timóteo, será lançado Selo Comemorativo alusivo à data, hoje à noite (18), às 19h, na Matriz de São Sebastião, localizada no bairro Centro Sul, em Timóteo, na saída para a localidade de Cava Grande.

A noite de comemorações será iniciada com Missa, às 19h, na Matriz de São Sebastião, presidida pelo padre Nilso Motta, da Associação do Senhor Jesus (ASJ), mantenedora da emissora católica TV Século 21, e divulgador da Novena “das Mãos Ensanguentadas de Jesus”.

Ao final da celebração eucarística, acontece o lançamento oficial do Selo Comemorativo dos 50 Anos da Paróquia de São Sebastião de Timóteo em cerimonial conduzido pela equipe dos Correios.

O selo tem como base a logomarca concebida para as comemorações dos 50 Anos da paróquia de São Sebastião de Timóteo.

Informações podem ser fornecidas pela secretaria paroquial que funciona em horário comercial atrás da Igreja Matriz ou pelo telefone 3847-1192.

HISTÓRIA DA DEVOÇÃO DAS MÃOS ENSANGUENTADAS DE JESUS

Testemunhos de cura e milagres são revelados a cada dia pela Oração das Mãos Ensanguentadas de Jesus, que foi enviada, pela primeira vez, em setembro de 2002, para os sócios da Associação do Senhor Jesus (ASJ). Em 2006, os sócios passaram a receber, também, a Novena das Mãos Ensanguentadas de Jesus.

A partir de novembro de 2011, na Missa de Cura e Libertação, celebrada toda segunda sexta-feira do mês, nos estúdios da Rede Século 21, foi introduzida a oração das Mãos Ensanguentadas de Jesus, cujos frutos não deixaram dúvidas de seu grande poder.

Com a participação dos fiéis, e o testemunho das graças alcançadas, a Missa das Mãos Ensanguentadas de Jesus passou a ser celebrada e transmitida pela Rede Século 21, a partir de janeiro de 2012, todas às segundas sextas-feiras do mês.

Diariamente, também, desde o dia 02 de agosto de 2010, o telespectador da Rede Século 21 acompanha a Novena das Mãos Ensanguentadas de Jesus com Padre Eduardo, às 08h30, com reprises durante todo o dia.

Muitos fiéis que acompanham a missa pela TV e fazem sua oração e novena em casa, com o material enviado pela ASJ,  pediram que a Missa das  Mãos Ensanguentadas de Jesus fosse celebrada em suas paróquias e comunidades. Então, em janeiro de 2012, aconteceu a primeira Missa itinerante na Paróquia Santa Terezinha, em Sumaré/SP.

 Desde então foram celebradas dezenas de missas com a Equipe Missionária da ASJ em várias regiões do Brasil. A equipe é composta por padres e comunicadores da Rede Século 21. Os padres são: Pe. Adilson Ulprist, da Diocese de Campo Limpo – SP; Pe. Agnaldo, da  Diocese São João da Boa Vista – SP; Pe. Nilso Aparecido Motta, da Diocese de Osasco – SP, que vem a Timóteo nesta quinta (18); e Pe. Rafael André, da Diocese de Santo Amaro – SP.

 Na ocasião da Missa das Mãos Ensanguentadas de Jesus, realizadas em diferentes cidades do Brasil, a Equipe de Missionários da Associação do Senhor Jesus realiza entrevistas com os sócios e fieis presentes na celebração e filma toda missa. A reportagem vai ao ar no programa “Amigos visitam Amigos”, “Você pode ser Feliz”, “Sócios na Fé” e “Missa das Mãos Ensanguentadas de Jesus”.

 Um Ícone das Mãos Ensanguentadas de Jesus peregrina junto à equipe da missa itinerante. A cada visita, o sinal concreto de que “pelo poder de Suas Mãos ensanguentadas, curas, libertações, bênçãos e milagres acontecerão em sua vida e na vida daqueles que convivem com você”.

Show da cantora católica Adriana Arydes encerra novena em Timóteo-MG

As comemorações dos 50 Anos de instalação da paróquia de São Sebastião de Timóteo têm seu grande momento neste sábado (20). A missa de encerramento da novena em honra a São Sebastião, padroeiro da paróquia, acontece às 19h e depois haverá o show da cantora Adriana Arydes na Praça 29 de Abril, em Timóteo-MG.

A missa de encerramento da Novena será presidida pelos padres Elinei Eustáquio, de Antônio Dias; e Ronaldo Tôrre, de Coronel Fabriciano. De acordo com a organização da festa a expectativa é de um público de aproximadamente oito mil pessoas.

Para as caravanas que vierem, a Secretaria Paroquial pede para fazer contato pelo telefone 3847-1192, pois todo o trânsito nas imediações da Praça 29 de Abril será interditado pela Prefeitura Municipal.

ADRIANA ARYDES

namidia_1082A história da Adriana com a música católica surgiu ainda na infância, aos 7 anos de idade onde ela participava do coral da paróquia que frequentava no interior de São Paulo.

O amor pela arte continuou ao longo do tempo, onde fez parte da banda Canção Nova. Seu primeiro trabalho solo foi consolidado em 1998, e hoje traz consigo uma bagagem com oito CDs e um DVD.

A trajetória da cantora ganhou espaço no cenário da música católica e hoje sua presença é confirmada em vários eventos por todo território nacional e agora também vem ganhando espaço no cenário internacional, onde por meio da música e do seu testemunho, leva a palavra de DEUS a todos.

Um dos momentos mais marcantes em sua carreira foi em 2007, quando foi convidada para cantar para nosso Papa Bento VXI na sua vinda ao Brasil, fazendo com que sua voz chegasse a milhões de irmãos e fiéis.

O seu último CD lançado (outubro de 2011) intitulado ”Coisas que Vivi” tem um tom intimista e muito particular, porque traduz experiências da cantora nos últimos anos – de perdas pessoais a restituições, de desalentos a esperanças. “Muitas pessoas vão se identificar com as letras, pois tratam de temas bastante humanos. Algumas coisas que vivi muitas mulheres passaram por isso”.

PARÓQUIA DE SÃO SEBASTIÃO DE TIMÓTEO/MG COMEMORA 50 ANOS

São Sebastião

A paróquia de São Sebastião, de Timóteo-MG, completa no próximo dia 21 de abril 50 Anos de sua instalação. Para a comemoração da data os fiéis programaram missas, bailes, shows e sorteio de prêmios.

Hoje, sexta-feira (12), tem início a Novena dedicada a São Sebastião, com missas todos os dias, às 19h, na Igreja Matriz. Devido as festas do jubileu de ouro, a tradicional novena realizada em janeiro foi transferida para abril. Também no dia 12, será realizado o Baile dos 50 Anos, às 21h, no Clube SESI, no bairro Timirim, em Timóteo.

Na quinta-feira (18), às 19h, na Matriz de São Sebastião, será lançado Selo Comemorativo dos 50 Anos. Neste dia, a comunidade paroquial recebe os padres da Associação do Senhor Jesus (ASJ), mantenedora da emissora católica TV Século XXI e divulgadores da Novena das Mãos Ensanguentadas de Jesus.

O grande acontecimento fica para o sábado (20), quando haverá o show “Coisas que vivi” com a cantora Adriana Arydes, às 21h, na Praça 29 de Abril, quando são esperadas cerca de oito mil pessoas. Ainda serão entregues os prêmios, um Fusca 77 e uma bicicleta, da “Ação entre Amigos” realizada para custear os eventos.

No domingo (21), às 19h, na Igreja Matriz, padre Sérgio Henrique, responsável pela paróquia, preside a Santa Missa de 50 Anos da Paróquia de São Sebastião de Timóteo com a participação do Coral da Fundação APERAM, regido pelo maestro Luciano Mendes.

Informações sobre toda a organização do evento podem ser conhecidas ao ligar para a Secretaria Paroquial no (31) 3847-1192, em horário comercial.

A Palavra de Deus na Vida e Missão da Igreja: tema da 50ª Assembleia Geral da CNBB

APARECIDA, 17 Abr. 12 / 10:16 am (ACI)

A partir desta quarta-feira, 18, até a quinta-feira, 26 de abril, os bispos brasileiros se reunirão no recém construído Centro de Eventos Padre Vitor Coelho, no Santuário Nacional, em Aparecida, para a 50ª Assembleia Geral da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) que este ano refletirá sobre a Palavra de Deus na Vida e na Missão da Igreja.

Segundo informou o Portal A12 do Santuário Nacional de Aparecida, cerca de 350 bispos devem participar do encontro desse ano.

Por sua parte, o Cardeal Arcebispo de Aparecida e presidente da CNBB, Dom Raymundo Damasceno Assis, afirmou que o tema trata da renovação do convite para retomar as meditações da assembléia de 2010.

“O aprofundamento desse tema nos conduzirá naturalmente a uma volta as grandes orientações recebidas no Sínodo dos Bispos de 2008 e da exortação apostólica pós-sinodal Verbum Domini – A Palavra de Deus – que nos foi dirigida pelo Papa Bento XVI em 30 de dezembro de 2010. No documento, o Santo Padre nos lembra que nos vemos colocados diante do mistério de Deus, que comunica a Si Mesmo por meio do dom da Sua Palavra. Esta Palavra que permanece eternamente”, explicou.

Dom Damasceno explicou que a reflexão do tema central resultará em um documento final, oficial da CNBB, com o propósito de ajudar as comunidades a conhecer melhor a Palavra de Deus.
“É preciso fazer da Palavra de Deus a rocha sobre a qual deve se fundamentar todo o nosso trabalho pastoral e evangelizador”, afirmou o Arcebispo

A assembléia se desenvolverá em duas sessões solenes. A primeira para comemorar o Jubileu de Ouro (50 anos) das assembleias da CNBB e os 60 anos da criação da Conferência dos Bispos do Brasil. A data de criação da CNBB é 14 de outubro, mas a celebração será antecipada.

A segunda sessão solene vai relembrar os 50 anos do início do Concílio Vaticano II, cuja inauguração deu-se em 11 de outubro de 1962. “As celebrações oficiais serão realizadas em Roma, no mês de outubro, com a realização do Sínodo dos Bispos”, explicou o presidente da CNBB nas declarações reunidas pelo portal A12.

Durante a assembléia serão eleitos quarto representantes e dois suplentes brasileiros para o Sínodo dos Bispos, que terá como tema ‘A nova Evangelização para a transmissão da Fé Cristã’.

Dom Damasceno também informou que durante a assembleia deverão ser feitos pronunciamentos sobre as Eleições Municipais e outros assuntos de interesse da Igreja no Brasil.

Durante os dias da Assembleia Geral da CNBB os bispos e sacerdotes participantes terão Missa diária no Santuário Nacional às 7h30h, aberta também aos fiéis leigos que queiram acompanhá-los na celebração.