Vaticano prende Bispo acusado de pedofilia

Ontem, 23, o Vaticano colocou em prisão domiciliária o antigo arcebispo polonês Jozef Wesolowski, acusado de pedofilia. A medida entra para a história da Igreja e do mundo. É o primeiro caso do gênero, informou um porta-voz da Santa Sé, ressaltando que o papa Francisco exigiu uma ação rápida.

Padre Federico Lombardi, porta-voz do Vaticano,  disse que o tribunal criminal da Santa Sé determinou a medida em audiência preliminar.

Josef Wesolowski
O Vaticano anunciou a abertura de um processo penal por pedofilia contra o seu antigo núncio apostólico (embaixador) na República Dominicana (Fotografia © REUTERS/Luis Gomez)

O Bispo

Jozef Wesolowski, o bispo, ex-embaixador da Igreja Católica na República Dominicana, foi deposto em junho deste ano depois de ser condenado por abuso sexual pelo tribunal da Santa Sé.

O processo

De acordo com Padre Federico Lombardi, o processo, que pode se transformar no primeiro processo por pedofilia no Vaticano, foi aberto “de acordo com a vontade expressa pelo papa, para que uma questão tão grave e delicada seja confrontada sem demora, com o rigor justo e necessário”.

Papa Francisco

Desde que assumiu o papado, Francisco tem agido com mãos de ferro contra essa barbaridade. Seu posicionamento é sempre a favor da punição imediata. Além de tornar público as punições da igreja.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s