O Papa conquista os meios de comunicação muçulmanos no Twitter

(ACI/EWTN Noticias).- O Papa Francisco conquistou os meios de comunicação e a opinião pública muçulmanos através do Twitter. A notícia provém do simpósio celebrado em Amman, Jordânia, nos dias 10 e 11 de junho pelo Centro de Estudos e Comunicação Católicos, em colaboração com o Pontifício Conselho para as Comunicações Sociais.

“A presença do Papa nos meios é importante, também os muçulmanos querem saber dele, e muitos meios de comunicação se interessam por ele como é o caso do Al Jazeera, Al Arabiya, Abouma.org, Al Harra ou Jordanian Times –alguns dos meios de comunicação mais importantes da imprensa árabe”, explicou o sacerdote Ramsine Hage Moussa, oficial de língua árabe do Pontifício Conselho para as Comunicações Sociais (PCCS).

“Os muçulmanos estão muito interessados. Atualmente o mundo árabe está vivenciando uma revolução, um tempo de mudanças, e os cristãos têm um papel fundamental, e isto é algo que está muito presente”, acrescentou.

O Papa Francisco conta com mais de 64 500 seguidores no seu perfil do Twitter em língua árabe @Pontifex. Muitos deles, explica o Pe. Ramsine, professam a religião muçulmana e seguem o Papa porque “querem saber o que ele diz”, além disso “sua incursão no Twitter em língua árabe teve um impacto absoluto entre a opinião pública”.

O simpósio comemorou o primeiro ano de abertura do centro, e nele participaram mais de 200 jornalistas de diferentes países do Oriente –a maioria deles de religião muçulmana-, assim como religiosos cristãos, muçulmanos, e intelectuais, entre os que figuravam o Patriarca de Jerusalém dos Latinos, Fouad Twal, o Presidente do PCCS, Dom Claudio Maria Celli , o Ministro jordano de Meios e Comunicação, Mohammad Momani, e o Padre Rifat Bader, diretor do Catholic Center fors Studies and Media.

“Os cristãos árabes foram e continuam sendo pioneiros intelectuais em defender a dignidade do ser humano através de suas vidas…”, expressou o Pe. Bader.

O centro teve um grande êxito no relatório das atividades e das iniciativas da Igreja na Jordânia e ao longo de todo o Oriente Médio, e se converteu em um ponto de conexão para o intercâmbio de informação das Igrejas, paróquias, e dos centros pastorais dos diferentes ritos católicos e a rica tradição que faz parte do mosaico formoso e cultural que caracteriza a região.

Por sua parte, Dom Celli falou com os presentes da evangelização e de como usar os meios de comunicação para transmitir a mensagem de Deus e o cristianismo.

“Animo-lhes continuar neste trabalho e estar atentos às novas formas de comunicação, interação e à linguagem dos meios de comunicação”, disse.

O encontro terminou com um chamado à libertação dos dois bispos cristãos sequestrados na Síria.

Uma consideração sobre “O Papa conquista os meios de comunicação muçulmanos no Twitter”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s