Igreja Católica condena a idolatria a Nossa Senhora

Meus amados, o título é um tanto quanto apelatório, mas necessário. Sem ele você não estaria lendo esse texto nesta hora. Já falamos em várias postagens que nós católicos não adoramos a Maria e/ou aos santos e santas. Apenas veneramos e por meio desta ação lembramos quem os inspirou a na vida de santidade, Jesus Cristo.

Em um artigo postado pela Church Pop,  temos uma informação relevante e que mostra que desdes os primórdios da Igreja, que sim era católica, havia a condenação a adoração a Nossa Senhora e aos santos e santas. Esse pensamento sempre foi claro. PARA NÓS CATÓLICOS O ÚNICO DIGNO DE ADORAÇÃO É DEUS: PAI, FILHO E ESPÍRITO SANTO. Ninguém mais pode ser adorado, nem sequer a bem-aventurada Mãe de Deus…

Ninguém!

Se é desde o começo conte-nos uma caso sobre isso? Eis aí sua resposta “jovem padawan”.

Então, na história da Igreja se conhece um grupo de “cristãos” que caíram no erro de adorar a Virgem Maria. Esta é a história da sua heresia e de como foram condenados pela Igreja.

As heresias são tão antigas como a própria história do Cristianismo. Por isso, a Igreja tem que atuar diligentemente para denunciá-las e para que o povo de Deus não seja confundido.

No séc. IV apareceu um grupo de autodenominados “cristãos”, conhecidos como Coliridianos, os quais se reuniam num culto de adoração à Virgem Maria. Este estranho culto consistia em oferecer bolos e pastéis à Virgem, como sinal de adoração. Na realidade, eles não eram cristãos, eram uma seita gnóstica integrada majoritariamente por mulheres que tomaram a figura de Maria, mesclando-a com deuses pagãos para confundir os verdadeiros cristãos.

Quando Santo Epifânio, bispo de Salamina, soube desta heresia, não tardou em denunciá-la e condená-la em nome de toda a Igreja Católica. Tal condenação pode ler-se, em sua célebre “Paranión”, em que também denuncia outras heresias da época.

“É ridícula e, na opinião dos sábios, totalmente absurda”, assim Santo Epifanio descrevia a heresia coliridiana, “pois aqueles que, com uma atitude insolente, são suspeitos de fazer estas coisas, prejudicando a mente das pessoas (…) pessoas que se inclinam nesta direção são culpadas de terem feito pior dano”.

Também, Santo Epifânio esclareceu a diferença entre o verdadeiro culto a Deus e a verdadeira devoção à Virgem Maria: “Seja Maria honrada. Sejam Pai, Filho e Espírito Santo adorados, mas ninguém adore à Maria”.

Mais isso não prova que condenam a idolatria aos santos e Nossa Senhora.

O mesmo ensinamento imutado pelo bispo é o que está em nossa doutrina. Veja o Catecismo da Igreja Católica:

“Todas as gerações me chamarão bem-aventurada” (Lc , 48): “A piedade da Igreja para com a Santíssima Virgem é intrínseco ao culto cristão” (MC 56) A Santíssima Virgem “é honrada com razão pela Igreja com um culto especial. E, em afeto, desde os tempos mais antigos, se venera a Virgem Maria com o título de Mãe de Deus”, sob cuja proteção, se achegam os fiéis suplicantes em todos os seus pedidos e necessidades… Este culto (…) também é todo singular, é essencialmente diferente do culto de adoração a Deus, ao Verbo Encarnado, ao Pai e ao Espírito santo, mas o favorece poderosamente”. (LG); encontra sua expressão nas festas litúrgicas dedicadas à Mãe de Deus (cf. SC 103) e na oração mariana, como o Santo Rosário, “síntese de todo evangelho” (Catecismo da Igreja Católica 971).

Ainda tem dúvidas sobre isso? Vamos conversar. Comente e compartilhe.

Paz e bem!

Por Marquione Ban com informações de Church Pop

Anúncios

3 comentários sobre “Igreja Católica condena a idolatria a Nossa Senhora

  1. FLAVIO CARDOSO

    Exatamente! Existem dois tipos de cultos: Latria e Dulia. Latria é um culto de adoração, devido apenas à Deus, em qualquer das três pessoas da Santíssima Trindade. (Pai, Filho, Espírito Santo). Já a Maria, a Igreja ensina que devemos um culto de HIPER-DULIA, a São José PROTO-DULIA e aos demais Santos DULIA. Se algum católico desavisado, esteja prestando culto de LATRIA a algum Santo, é um problema particular dele, e está em dissonância com os ensinamentos da Igreja contido sobretudo no CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA (CIC). Se algum protestante quiser nos acusar de algo que eles acham que é errado, antes, pegue o Catecismo da Igreja e veja qual é o ensinamento oficial da Igreja. Se ainda assim você protestante, ainda estiver em descordância, vá até um teologo católico, ou um padre, e principalmente um bispo e expõe sua opinião e tente debater com ele colocando o seu posicionamento. Mas, antes vai aqui um alerta. É forte a possibilidade de você passar a concordar com a Igreja. Pois ela nao erra, porque é dirigida e inspirada pelo Espírito Santo, por Promessa de Jesus: “O Espírito da verdade, quem o mundo não pode receber, porque não O vê nem O conhece; mas vós O conhecereis, porque FICARÁ convosco e ESTARÁ em vós.” (Jo 14, 16-17)

    Mais adiante lhes disse: “Disse-vos estas coisas, permanecendo convosco. Mas o Consolador, que é o Espírito Santo, a quem o Pai enviará em meu nome, ele vos ensinará todas as coisas e vos fará lembrar tudo o que vos tenho dito” (Jo 14, 25-26)….
    Quando vier o Paráclito, o Espírito da Verdade, ensinar-vos-á toda a verdade, porque não falará por si mesmo, mas dirá o que ouvir, e anunciar-vos-á as coisas que virão. Jo 16,14). E ainda….
    “Eis que estarei convosco todos os dias, até o fim dos tempos.” (Mt 28,20).
    Isto tudo é promessa de Jesus (que é Deus) e será que Deus não cumpre o que promete? Prometeu que iria ensinar a Igreja sempre, que estaria com a Igreja até o fim dos tempos, e será que depois voltou atrás, não cumpriu esta promessa? Será que abandou a Igreja? Quem pensa assim, esta cometendo uma Heresia. Pois, Deus nunca descumpre o que promete. Não podemos duvidar da Palavra de Deus!

    Curtir

Deixe uma resposta para FLAVIO CARDOSO Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s